Imagem da matéria: Satsconf reúne cerca de 700 entusiastas de Bitcoin em SP e confirma 3ª edição em 2024
Satsconf 2023 (Foto: Divulgação)

A Satsconf, primeiro evento 100% focado em Bitcoin no Brasil, ocorreu de 2 a 5 de novembro, em São Paulo, e reuniu quase 700 entusiastas de Bitcoin. Palestrantes internacionais como Tadge Dryja, (Lightning Network), Conor Okus (Spiral), Ryan Gentry (Lightning Labs) e Peter Todd elevaram ainda mais o nível do conteúdo técnico. 

“Ficamos muito felizes com o sucesso de mais uma Satsconf. Em 2024, queremos fazer uma edição ainda melhor para a comunidade, que sempre marca presença em peso”, comenta Lucas Ferreira, um dos organizadores do evento. O evento contou com dois palcos com palestras e painéis, uma sala para workshops práticos, uma área com exposição de artes e jogos, um área descontraída para networking e a área de patrocinadores, food trucks e lojas. 

Publicidade

“Estamos felizes e orgulhosos com o sucesso de mais uma Satsconf. Nos esforçamos para trazer conteúdos ricos e palestrantes extremamente relevantes para a comunidade brasileira do Bitcoin, além de um evento completo com pagamento apenas via Lightning Network”, comenta Lucas. 

Durante o evento, foram feitos mais de 1,8 mil pagamentos em Bitcoin, totalizando 26.90 milhões de satoshis (0.269 BTC ou ~ R$ 46,2 mil) distribuídos entre diferentes comércios vendendo de coxinha ou espetinho à hardware wallets e camisetas. 

Um dos destaques foi o painel “Do All-in ao DCA: O Bitcoin no seu Portfólio de Investimentos”, no Palco Hal Finney, moderado por Huberto Leal com a participação de Bernardo Braga, Diego Kolling e Rapha Zagury. Foi discutida a importância do estudo em Bitcoin para entender a política monetária deflacionária e saber lidar melhor em momentos como o bear market. Também trouxeram para o debate outros temas relacionados, como a relevância da alocação de Bitcoin em qualquer portfólio.

O evento também contou com workshops mais práticos que ensinavam os participantes a fazer a própria custódia de seus bitcoins com diferentes tipos de carteiras, técnicas de privacidade e segurança na internet, e como qualquer um pode ser o banco de seus familiares e amigos na Lightning.

Publicidade

“Queríamos proporcionar um ambiente de trocas e aprendizado em que as pessoas pudessem sair da experiência sabendo usar e guardar Bitcoin com segurança” disse Carol Souza, fundadora da Area Bitcoin e co-organizadora do evento. 

Além disso, nos dias 3 e 4 de novembro ocorreu o SatsHack, hackathon que teve como campeã a solução da MiniMaxis, que propôs uma Inteligência Artificial especialista em miniscript e interpretação de contrato inteligente com fluxogramas.

O projeto vencedor foi anunciado no final do evento principal, no último sábado, 5. O hackathon contou com apresentações de 16 times totalizando mais de 70 participantes, dentre eles desenvolvedores experientes da indústria, mas também estudantes universitários do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Universidade de São Paulo (USP) e Inteli. 

“Os contratos inteligentes de Bitcoin são a nova fronteira a ser vencida e democratizada e espero que consigamos superar essa barreira”, comemora Breno Brito, responsável pelo MiniMaxis. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Desenvolvedor da Solana rouba R$ 1,6 milhão de investidores para apostar em jogos de azar

Desenvolvedor da Solana rouba R$ 1,6 milhão de investidores para apostar em jogos de azar

“O que vier a seguir está nas mãos de Deus”, disse o dev após assumir o roubo
Ilustração de bandeira do Brasil dentro moeda de Bitcoin

Novo estudo do LAPIN apresenta melhores práticas para regulação de criptomoedas no Brasil

White paper feito pelo LAPIN com apoio da Ripple traz diversos pontos e dados para ajudar na regulação do setor de criptomoedas brasileiro
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

Aprovação do ETF de Ethereum pode acontecer antes do esperado, diz Coinbase

Maior exchange de criptomoedas dos EUA, a Coinbase está confiante de que a SEC aprovará ETFs de Ethereum à vista muito em breve, apesar do pessimismo mais amplo
Imagem da matéria: BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

BNDES planeja lançar em agosto o piloto da Rede Blockchain Brasil

Blockchain deve chegar com casos de uso: diploma digital pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e uma cadeia de custódia de provas