algema se detaca à frente de fundo esboçado do logo da FTX
Shutterstock

Menos de um dia depois de receber uma sentença de 7 anos e meio de prisão por seu papel no histórico colapso da exchange de criptomoedas FTX em 2022, Ryan Salame — um ex-tenente de Sam Bankman-Fried — seguiu os passos de seu ex-chefe explodindo seus pensamentos sobre o assunto altamente delicado no X.  

“É uma pena que se eu tivesse acabado de vender minha pilha de criptomoedas como faria, em vez de ouvir vários advogados e pegar emprestado da Alameda contra isso, provavelmente não iria para a prisão por sete anos e meio”, escreveu o ex-co-CEO da subsidiária da FTX nas Bahamas na manhã de quarta-feira (29). 

Publicidade

Poucas horas depois de receber ontem uma sentença de prisão inesperadamente dura — os promotores haviam solicitado apenas cinco a sete anos para o executivo —, Salame estava postando ativamente na rede social.

“Com quem devo fazer a primeira entrevista pública? O mais votado vence”, escreveu ele. 

Quando um usuário do X sugeriu, brincando, que ele deveria conversar com o Departamento de Justiça, Salame pareceu fazer pouco caso — respondendo que havia acabado de receber os resultados sobre a entrevista. 

Poucas semanas antes do início do julgamento criminal do fundador da FTX, Sam Bankman-Fried, Salame se declarou culpado de violar a lei de financiamento de campanha e de operar um negócio de transmissão de dinheiro não licenciado.

Bankman-Fried, que se declarou inocente de sete acusações de fraude, lavagem de dinheiro e conspiração, foi posteriormente considerado culpado e condenado a 25 anos de prisão em março. 

Publicidade

Não está claro se Salame estaria em uma posição muito melhor hoje se tivesse navegado de forma diferente no colapso da FTX.

A maior parte das acusações feitas contra o executivo dizia respeito à forma como ele ajudou a operar a FTX durante um período de vários anos — incluindo doações ilegais a candidatos políticos a pedido de Bankman-Fried, a fim de evitar requisitos federais de divulgação.

O Decrypt entrou em contato com Salame por meio de seus advogados, mas não obteve resposta imediata. De acordo com o The New York Times, Salame deve se render por sua sentença de prisão em 29 de agosto. 

O executivo começou a twittar imediatamente após sua sentença ontem. Isso marcou a primeira vez que ele postou em um site de rede social desde o colapso da FTX em novembro de 2022. 

Publicidade

Entre outros comentários, Salame escreveu ontem que “não tinha ideia” sobre um empréstimo pessoal de US$ 55 milhões que recebeu da FTX — uma revelação que ocorreu durante o processo inicial de falência da exchange. 

Salame não abordou outras ações financeiras que ele tomou conscientemente em meio ao colapso da FTX, no entanto, incluindo a retirada de mais de US$ 5 milhões em criptomoedas da exchange pouco antes de ela declarar falência e fechar. 

Em resposta à postagem de Salame, um usuário do X acusou o executivo de fazer “papel de vítima”.

“Não sou e nunca seria uma vítima”, respondeu Salame. “Vou compartilhar lentamente o que realmente aconteceu. Muitos ainda não são públicos”.

*Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
notcoin jogo cripto telegram

Notcoin dispara 50% em 24 horas e fica em 4º lugar em volume negociado

Menos de um mês após seu lançamento, o Notcoin já superou US$ 2 bilhões de valor de mercado e se aproxima do grupo das 50 maiores criptomoedas do mundo
cão e sapo que representam memecoins

Hype das memecoins em Solana impulsiona receita da Pump.fun acima de US$ 30 milhões

A plataforma de criação de tokens de baixo custo chegou a arrecadar US$ 1,48 milhão em um dia, impulsionada por projetos de moedas que incluem celebridades
Imagem da matéria: Redes de segunda camada Ethereum estão arrecadando milhões – com a Base na liderança

Redes de segunda camada Ethereum estão arrecadando milhões – com a Base na liderança

A Base, da Coinbase, acumulou mais de US$ 6 milhões em lucros on-chain em maio no ecossistema de segunda camada Ethereum, com a Blast bem atrás em segundo
notcoin jogo cripto telegram

Manhã Cripto: Bitcoin entra em compasso de espera, mas Notcoin dispara 5%

Notcoin, um jogo Play-to-Earn no Telegram, anunciou que sua base total de jogadores agora é de 40 milhões