Imagem da matéria: 4 Bilhões de Dólares: Russo é Preso por Esquema de Lavagem de Dinheiro com Bitcoin - BTC-e

Autoridades norte-americanas e gregas acreditam que um homem russo está por trás de um esquema de lavagem de dinheiro orquestrado através de transações bitcoin que já acontecia a anos.

De acordo com a Associated Press, o indivíduo até agora sem nome foi preso na Grécia, com equipamentos eletrônicos sendo confiscados no momento.

Publicidade

Enquanto os detalhes sobre o indivíduo são escassos, a AP informa que a pessoa em questão tem 38 anos e, citando a polícia grega, esteve envolvida no gerenciamento de “um dos maiores sites de crimes cibernéticos do mundo”.

Leia Também: Hacker diz ter Roubado mais de R$ 130 Milhões em Bitcoin

Sequestradores pedem resgate em criptomoedas no Brasil

A pessoa foi acusada de lavagem de US $ 4 bilhões desde 2011 usando bitcoin. Neste momento, não está claro como os fundos foram obtidos ou o tipo de site de que a pessoa acusada operava.

O indivíduo em questão é procurado nos EUA e pode ser extraditado para responder por seus crimes.

Algumas pessoas, principalmente no reddit, estão suspeitando da relação dele com a famosa exchange BTC-e, que saiu do ar hoje e até agora não se tem muitas explicações. Segundo o site, eles estão em manutenção e pedem desculpas pelo transtorno.

Assim que novidades forem descobertas, informaremos aqui.

Update: Segundo a Reuters, fontes confirmam ligação dele com a BTC-e.

Update 2: Ao que parece, a BTC-e estava ligada ao roubo da MtGox.

Update 3: Btc-e posta no twitter avisando que estão trabalhando para retomar os serviços e esperam voltar dentro de 5 a 10 dias.

VOCÊ PODE GOSTAR
miniaturas de homens e moedas de bitcoin em cima de bandeira da Alemanha

Governo alemão movimenta mais US$ 362 milhões em Bitcoin

Movimentação ocorre um dia após o governo transferir mais de US$ 900 milhões em BTC
Imagem da matéria: Criador da pirâmide BlueBenx, Roberto Cardassi é preso em Portugal

Criador da pirâmide BlueBenx, Roberto Cardassi é preso em Portugal

Cardassi e a BlueBenx pararam de pagar os milhares de clientes em 2022, deixando um prejuízo estimado em R$ 160 milhões
antonio neto e fabricia campos braiscompany

Diretor do Procon explica como clientes da Braiscompany vão recuperar dinheiro

Segundo o promotor Romualdo Tadeu, já existe um processo coletivo contra a Braiscompany, mas clientes poderão pedir indenizações individualmente
Donald Trump posa para foto em evento político nos EUA

Manhã Cripto: Trump vai participar da maior conferência de Bitcoin do mundo

Donald Trump estará na Bitcoin Conference 2024, que acontece em Nashville no final deste mês