Imagem da matéria: Rússia abandona planos de uma exchange estatal de criptomoedas
(Foto: Shutterstock)

Os legisladores russos decidiram encerrar os planos para a criação de uma exchange estatal de criptomoedas, planejando, em vez disso, estabelecer regras e regulamentos para empresas já existentes, segundo uma agência de notícias russa relatou no domingo. 

Colin Wu da Wu Blockchain deu a manchete no Twitter na manhã da segunda-feira (29). Ele linkou uma tradução de uma agência de notícias russa a qual explicava que o novo foco do país seria permitir que empresas privadas construíssem exchanges de criptomoedas.

Publicidade

De acordo com a reportagem, Ivan Chebeskov, diretor do Departamento de Política Financeira do Ministério das Finanças da Federação Russa, disse: “O [Ministério] não apoiou o estabelecimento de uma exchange nacional de criptoativos.” A ideia, em vez disso, é “regulamentar legalmente a possibilidade de criar tais sites por empresas.”

Anatoly Aksakov, chefe do Comitê de mercados financeiros da câmara baixa da Rússia, acrescentou: “em vez de criar uma exchange nacional de ativos digitais, o plano é estabelecer regras para o estabelecimento e operação de tais infraestruturas.”

Ele acrescentou que as exchanges cripto poderão facilitar os pagamentos transfronteiriços, embora ele não tenha especificado quais, e reconheceu que provavelmente enfrentariam novas restrições. 

Izvestiaa agência russa que publicou a matéria, informou que o Banco Central “provavelmente” regulará o trabalho dessas plataformas e que a instituição administrará os acordos internacionais dentro do quadro regulatório do país. 

Publicidade

Vários dos operadores privados de criptomoedas dentro da Federação Russa foram encorajados pelas notícias. 

“Isso ajudará a minimizar os riscos de sanções, ciberataques à infraestrutura e eliminará possíveis monopólios de mercado”, Oleg Ogienko, da BitRiver, uma operação de mineração de criptomoeda que opera na Rússia, disse a Izvestia. Reforçando essa visão, o diretor comercial da GIS Mining, Ivan Gostev, disse que isso “permitiria o desenvolvimento de empresas mais competitivas e inovadoras.”

A opinião positiva do setor privado não é uma surpresa, uma vez que a Rússia ocupa o 137º lugar na lista de 180 países no Índice Global de Corrupções de 2022, sugerindo a necessidade de cautela em seus empreendimentos imponentes. 

As autoridades russas têm estado em choque com o universo de ativos digitais há anos. No início do ano passado, o Banco da Rússia propôs uma proibição total de pagamentos com criptoativos e, um mês depois, o Ministério das Finanças apresentou uma proposta de regulamentação do Bitcoin. Mais tarde, Vladimir Putin assinou uma lei para proibir pagamentos em ativos digitais, apenas para o país investigar stablecoins como forma de contornar as sanções. 

As notícias de hoje chegam em meio às sanções financeiras do Ocidente impostas  contra a Rússia após a invasão da Ucrânia. Apesar dos sinais mistos do governo quanto às criptomoedas, hoje é uma data significativa que marca um novo capítulo na relação da Rússia com os ativos digitais.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Joe Biden promete vetar resolução que visa frear política anticripto da SEC

Joe Biden promete vetar resolução que visa frear política anticripto da SEC

A Casa Branca disse que vetaria uma resolução aprovada hoje pela Câmara dos EUA “para impedir a tomada de poder regulatório da SEC”
Imagem da matéria: Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

Bitcoin salta 6% e supera US$ 66 mil conforme a inflação desacelera nos EUA

“Os números do CPI dos EUA desencadearam uma ruptura na faixa de ativos de risco”, disse a empresa de Cingapura QCP Capital sobre a alta do Bitcoin
Moeda de Bitcoi sob mapa da América comd estaque para Venezuela

Venezuela quer desativar todas as fazendas de mineração de criptomoedas do país

O governador do estado de Carabobo afirmou que o governo está prestes a publicar um decreto que irá proibir a mineração de criptomoedas
Ilustração de uma lâmpada flamejando B de bitcoin

Parceria em tokenização entre Mercado Bitcoin e Bolt Energy democratiza acesso ao setor de energia

A parceria entre as empresas teve início em 2022