Shiba
Shutterstock

As principais criptomoedas subiram no início desta semana mas depois mergulharam com o aumento das taxas de juros nos EUA. DOGE foi o token mais atingido.

Com Sam Bankman-Fried atrás das grades e a implosão do FTX começando a desaparecer (muito levemente) no espelho retrovisor, durante esta semana os preços das criptomoedas finalmente começaram a agir normalmente. E isso significa: de forma tão turbulento quanto o mercado de ações.

Publicidade

Bitcoin (BTC) e Ethereum (ETH) se moveram em sintonia com Wall Street. Atingiram o pico na quarta-feira, em antecipação a uma atualização positiva da taxa de juros dos EUA, após notícias de que a inflação americana caiu para 7,1% em novembro.

Em seu ponto alto na quarta-feira, o BTC saltou acima de US$ 18 mil pela primeira vez desde o colapso espetacular da FTX em meados de novembro.

As duas principais criptomoedas caíram imediatamente após o anúncio no mesmo dia do BC americano, o Fed, de que ele planeja continuar aumentando as taxas de juros até 2023 para combater a inflação.

No fechamento da semana, o Bitcoin caiu 2,6% nos acumulado dos últimos sete dias, enquanto o Ethereum se saiu ainda pior, recuando 6,6% nesse período.

Publicidade

Dogecoin é a maior perdedora da semana

Mas o maior perdedor da semana entre as dez principais criptomoedas é o token Dogecoin (DOGE), com uma queda de 20% na semana. A memecoin começou a semana com uma nota difícil, perdendo 9% durante a segunda-feira. O resto da semana não melhorou, pois a moeda dobrou suas perdas, caindo mais 11% durante o período.

DOGE havia disparado no final de novembro com as especulações de que Elon Musk planejava incorporá-lo ao Twitter como método de pagamento. Já o ciclo de notícias desta semana, quando o Twitter dominou, foi menos positivo, centrado no banimento feito por Musk de vários jornalistas da plataforma de mídia social.

Para vencer durante esta semana parecia ser preciso mais do que aproveitar os ventos das forças do mercado. TON, o token nativo do aplicativo de mensagens Telegram, subiu 29,8% com o anúncio do Telegram de que os usuários não precisam mais do SIM Card para usar o aplicativo.

Os usuários agora podem comprar números de telefone anônimos do Telegram com TON, um movimento que diferencia o aplicativo de privacidade de concorrentes como Signal e WhatsApp, que ainda exigem que os usuários se inscrevam com números de celular reais.

Publicidade

*Traduzido com autorização do Decrypt

Participe da comunidade de criptomoedas que mais cresce no Brasil. Clique aqui e venha conversar no Discord com os principais especialistas do país.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Dogwifhat cai 15% e lidera perdas de memecoins em meio à lentidão da Solana

Dogwifhat cai 15% e lidera perdas de memecoins em meio à lentidão da Solana

As memecoins da Solana caíram da noite para o dia, enquanto os devs correm para consertar os problemas de congestionamento da rede
Uniswap, venture, criptomoedas, investimentos, web3

Manhã Cripto: Token da Uniswap despenca 17% após alerta de processo da SEC e Bitcoin recupera os US$ 70 mil

CEO da Uniswap, Hayden Adams, disse não estar surpreso, “apenas irritado, desapontado e pronto para lutar”
moedas diversas caindo do céu

Binance lista duas criptomoedas que vão distribuir milhões em airdrop

As listagens de Ethena (ENA) e Wormhole (W) ocorrem entre hoje e amanhã; veja detalhes
Imagem da matéria: PUPS sobe 81% em meio à briga por título de "primeira memecoin" do Bitcoin

PUPS sobe 81% em meio à briga por título de “primeira memecoin” do Bitcoin

A memecoin PUPS se vendeu como a primeira memecoin baseada na rede do Bitcoin, mas nem todos concordam