Imagem da matéria: Reguladores no Japão Colocarão Exchanges sob Vigilância

O regulador financeiro do Japão acompanhará e examinará minuciosamente as exchanges de bitcoins no país a partir de outubro.

As exchanges japonesas de bitcoin estarão sob “vigilância total” pela Agência de Serviços Financeiros (FSA), pelo regulador financeiro e pelo órgão de fiscalização do Japão. De acordo com o Japan Times, a FSA aumentará o seu escrutínio das exchanges de câmbio digital, examinando seus sistemas internos, inclusive aqueles para proteger os ativos dos clientes.

Publicidade

Leia Também: 260 Mil Lojas no Japão Começam a Aceitar Bitcoin

Em março de 2016, o gabinete japonês passou projetos de lei para reconhecer as moedas digitais como bitcoin como o equivalente ao dinheiro. Esses projetos foram aprovados em abril deste ano, quando Bitcoin foi classificado como um método legal de pagamento. Em julho, foi posto formalmente um fim à taxa de imposto de consumo de 8% nas transações de bitcoin compradas através das exchanges.

O aumento da popularidade e a adoção do bitcoin no país fez o regulador financeiro do país, aplicar diretrizes regulatórias ao mesmo tempo que promove o crescimento do setor.

O relatório japonês do Japan Times cita um executivo da FSA afirmando:

Nós buscamos o fomento do mercado e a aplicação da regulamentação … Nosso objetivo é o bom desenvolvimento do mercado.

De acordo com as novas regras, as casas de câmbio japonesas são obrigados a registrar-se na FSA antes do mês de setembro, cumprindo a lei de serviços de pagamento recentemente revisada, antes de solicitar licenças para operar como exchanges reguladas.

A FSA também estabeleceu uma equipe de 30 membros especificamente para realizar a vigilância das casas de câmbio virtuais no país.

Leia Também: Gigante do Varejo de Eletrônicos no Japão Começou a Aceitar Bitcoin

VOCÊ PODE GOSTAR
Pessoa olha para scanner da Worldcoin

Worldcoin (WLD) sobe 40% após estender bloqueio de tokens por mais 2 anos

Parte dos tokens foi bloqueada para permitir que o protocolo amadurecesse, explicou a empresa
CEO da Messari Ryan Selkis

CEO da Messari renuncia após apoio extremista a Trump gerar reações negativas

Ryan Selkis disse a um usuário não americano do Crypto Twitter que ele deveria ser deportado do país por suas “visões esquerdistas”
Imagem da matéria: Mercado Bitcoin deixa ABcripto por diferença de valores e possível entrada futura da Binance

Mercado Bitcoin deixa ABcripto por diferença de valores e possível entrada futura da Binance

“Não queremos estar lá quando a Binance estiver associada, porque estamos no espectro totalmente oposto”, diz CEO Reinaldo Rabelo
hamster kombat jogo telegram

Hackers tentam roubar criptomoedas de jogadores do Hamster Kombat

Os golpistas têm anunciado falsos airdrops e pré-venda do token que ainda não existe