Imagem da matéria: Reguladores dos EUA afirmam que Solana, Polygon e Cardano são valores mobiliários
Foto: Shutterstock

A Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC) divulgou um processo de grandes repercussões contra a Binance na segunda-feira (5), mas uma série de altcoins como Solana (SOL), Cardano (ADA) e Polygon (MATIC) também entraram na mira da agência.

A Binance e seu CEO, Changpeng “CZ” Zhao, foram alvos por 13 acusações, acusados de condutas como misturar fundos de clientes com receitas da empresa e tentar burlar as leis de valores mobiliários dos EUA com “controles falsos” para determinar quem pode fazer negócios com a empresa.

Publicidade

Mas a SEC também alegou no processo que Solana, Polygon, Cardano e várias outras criptomoedas são valores mobiliários. Quase todos eles estão entre os maiores do mercado cripto, com valores de mercado de bilhões de dólares, enquanto outros pertencem a projetos mais iniciantes e centrados em jogos.

As moedas em questão incluem o token BNB da Binance, a stablecoin da corretora, BUSD e 10 outros tokens: Solana (SOL), Cardano (ADA), Polygon (MATIC), Filecoin (FIL), Cosmos Hub (ATOM), The Sandbox (SAND ), Decentraland (MANA), Algorand (ALGO), Axie Infinity  (AXS) e COTI (COTI).

Enquanto muitos tokens caíram imediatamente após a divulgação do processo da SEC, a Solana estava entre os mais atingidos. A moeda caiu mais de 6% em uma hora, para US$ 20,14, de acordo com o CoinGecko.

Algorand, uma moeda sobre a qual o presidente da SEC, Gary Gensler, falou positivamente no passado, caiu 9,9% nas últimas 24 horas para cerca de US$ 0,13. Polygon e Polkadot também registraram quedas significativas, caindo 7% e 6,9% nas últimas 24 horas, respectivamente.

Publicidade

As acusações contra a Binance

Um pilar central das acusações da SEC contra a Binance e a BAM Trading — a operadora da Binance.US, que a Binance diz ser uma empresa separada — é que as duas operavam como exchanges sem registro na SEC, além de serem corretoras e agências de compensação.

Em conexão com essas reivindicações, certas criptomoedas foram oferecidas e vendidas como títulos na bolsa internacional da Binance e na Binance.US, afirma a SEC.

“A Binance e a BAM Trading se envolveram ilegalmente em ofertas não registradas e vendas de títulos de criptoativos”, afirma o processo. “Ao fazer isso, eles privaram os investidores de informações relevantes, incluindo os riscos e tendências que afetam a empresa e o investimento nesses títulos.”

* Traduzido e editado com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Comércio pré-mercado de Hamster Kombat expande à medida que o lançamento se aproxima

Comércio pré-mercado de Hamster Kombat expande à medida que o lançamento se aproxima

Bybit é a mais recente exchange a entrar na disputa, permitindo a negociação de pontos do jogo antes do lançamento do token on-chain
Imagem da matéria: Memecoins inspiradas em Trump saltam após decisão da Suprema Corte dos EUA

Memecoins inspiradas em Trump saltam após decisão da Suprema Corte dos EUA

Suprema Corte decidiu que Trump não pode ser processado e julgado por atos que cometeu enquanto era presidente dos EUA
Imagem da matéria: Robinhood planeja lançar contratos futuros de criptomoedas, diz Bloomberg

Robinhood planeja lançar contratos futuros de criptomoedas, diz Bloomberg

Produtos seriam lançados para mercado dos Estados Unidos e Europa em 2025 por meio das licenças da Bitstamp, comprada em junho
Imagem da matéria: Justin Sun se oferece para comprar US$ 2,3 bilhões em Bitcoin do governo da Alemanha

Justin Sun se oferece para comprar US$ 2,3 bilhões em Bitcoin do governo da Alemanha

O criador da Tron disse que está disposto a comprar as reservas de Bitcoin para reduzir o impacto da venda pela governo alemão no preço da criptomoeda