Imagem da matéria: Receita aumentou 40% após inteligência artificial entrar nas carteiras de investimento, diz executivo da Avenue
Reinaldo Rabelo (esquerda), CEO do Mercado Bitcoin, Gustavo Araújo (centro), CEO da Distrito, Leonard Colusso (direita), head da Avenue (Foto: Portal do Bitcoin)

As carteiras de investimento feitas pela Avenue tiveram um aumento de ticket médio de 30% a 40% após esses produtos passarem a ser feitos por Inteligência Artificial. A informação é de Leonard Colusso, head de produtos da empresa, e foi mencionada na edição de fevereiro do Digital Horizons, evento organizado mensalmente pelo Portal do Bitcoin no hub digital Distrito, na cidade de São Paulo. 

“Quando você abre uma conta na Avenue e vai na aba de investimentos, a gente já tem a carteira sugerida que usamos IA. Essa carteira sugerida tem um ticket maior, o cliente fica mais satisfeito. É ‘no brainer’ [expressão em inglês para ‘decisão fácil’]: já valeu a pena”, disse Colusso no evento que ocorreu na quinta-feira (29). 

Publicidade

O executivo aponta que no curto e médio prazo, a meta é desenvolver produtos e comunicação que faça todos os clientes confiarem na Inteligência Artificial, já que uma classe importante de investidores ainda faz questão que sua estratégia seja elaborada por um analista.

“É o ser humano. Ter o cara físico, que te conhece, sabe seu nome, lembra o aniversário do seu cachorro, ele consegue te passar a segurança máxima”, afirmou Colusso. 

Reinaldo Rabelo, CEO do Mercado Bitcoin, participou do debate e traçou a meta que imagina ser possível alcançar no mercado financeiro com a IA: “No longo prazo, o que eu espero é a eliminação do app. Acredito que vamos chegar lá. Ainda está longe, mas vamos usar a Inteligência Artificial para não ter que ir no aplicativo executar uma função. Se eu quero comprar Bitcoin, eu quero apenas falar para a IA: ‘Compre Bitcoin no melhor preço’. Não quero ter que fazer todas as etapas de logar, acessar o ambiente, fazer a compra”. 

Também participou do debate Gustavo Araújo, CEO da Distrito, que afirmou que a Inteligência Artificial força que os empreendedores analisem se o produto deles continua fazendo sentido. 

Publicidade

“Para e repensa se o seu produto existe após essa onde de novas tecnologias. A gente tem aqui um produto Crypto As a Service, pequeno, com 15 mil usuários, corporativo. Quando veio todos os LLM um tempo atrás, tivemos que parar e repensar, porque as possibilidades agora são outras”, disse Araújo. 

O CEO da Distrito também recomendou que os empreendedores olhem para lugares que não tenham players gigantes que podem tomar controle de uma hora para outra: “Não adianta fazer uma aplicação ótima em CRM com IA. Porque a Salesforce vai em qualquer momento chegar e fazer a dela, sendo que já domina o mercado em todos os aspectos, e vai acabar com o seu produto”. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Tela de celular mostra logo da Comissão de Valores Mobiliários do Brasil CVM

CVM ganhou R$ 832 milhões com multas aplicadas em 2023, um aumento de 1.791%

A autarquia também registrou o maior número de casos julgados desde 2019
homem segura com duas mãos uma piramide de dinheiro

Polícia do RJ investiga grupo acusado de roubar R$ 30 milhões com pirâmide financeira

Para ganhar a confiança dos investidores, a empresa fraudulenta fazia convites para assistir jogos de futebol em camarote do Maracanã