Imagem da matéria: Quem são os bilionários das criptomoedas que invadiram a lista da Forbes
(Foto: Shutterstock)

O empresário sino-canadense Changpeng “CZ” Zhao, fundador e CEO da Binance, é destaque entre os players do setor de criptomoedas mais ricos do mundo na lista anual de bilionários da Forbes, publicada na quarta-feira (06).

No ranking geral, Elon Musk, dono da Tesla e SpaceX, figura na publicação como o indivíduo mais rico do planeta, com US$ 219 bilhões em patrimônio, seguido por Jeff Bezos, fundador da Amazon, com fortuna avaliada em US$ 171 bilhões. Nesta semana, Musk gerou polêmica — mais uma — após de tornar o principal acionista individual do Twitter e anunciar sua entrada no conselho de administração da empresa .

Publicidade

O avanço do universo cripto gera a cada ano novos milionários, sejam eles fundadores de empresas de blockchain, corretoras ou simplesmente investidores. Desta forma, os players mais ricos dentro do segmento de criptomoedas se aproximam a cada ano do topo da lista da Forbes. Veja quem são os bilionários do setor cripto que ‘invadiram’ a publicação.

Changpeng “CZ” Zhao

Changpeng Zhao, que lidera a exchange de criptomoedas Binance, é a 19ª pessoa mais rica do mundo, segundo a Forbes, com uma fortuna avaliada em US$ 65 bilhões. Para se ter uma ideia da posição de CZ, ele está colado na lista com Rob Walton, herdeiro do grupo Walmart.

A ascensão patrimonial do empresário ressalta a velocidade do avanço: em 2021, ele figurou na mesma lista como a 1.664ª pessoa mais rica com um patrimônio líquido de US$ 1,9 bilhão; em 2019, ele havia sido o 1.818º com US$ 1,2 bilhão.

Veja quem são os demais players do setor cripto que figuram na lista da Forbes.

Sam Bankman-Fried

O fundador e CEO da corretora FTX Sam Bankman-Fried é o segundo player do mercado cripto mais rico do mundo. Na lista geral, ele aparece em 60º lugar, com patrimônio líquido avaliado em US$ 24 bilhões.

Publicidade

Brian Armstrong

Terceiro player cripto mais rico com fortuna de US$ 6,6 bilhões, Brian Armstrong, CEO da Coinbase, maior corretora cripto dos EUA, ficou na 375ª posição da lista.

O quarto mais rico do setor cripto também vem da FTX. Trata-se do diretor da companhia, o americano Gary Wang, que tem um patrimônio de US$ 5,9 bilhões.

Chris Larsen

Chris Larsen fecha a lista dos cinco mais ricos players do mercado de criptomoedas. A fortuna do fundador da Ripple foi avaliada pela Forbes em US$ 4,3 bilhões. Na lista geral, Larsen ocupa a 665ª posição.

Do 6º ao 19º lugar da lista cripto da Forbes

Cameron Winklevoss e Tyler Winklevoss (Gemini) — US$ 4 bilhões cada; na lista geral da Forbes, 728º

Song Chi Hyung (UpBit) — US$ 3,7 bilhões; 801º

Barry Silbert (Digital Currency Group) — US$ 3,2 bilhões; 951º

Jed McCaleb (Ripple/Stellar) — US$ 2,5 bilhões; 1238º

Nikil Viswanathan e Joseph Lau (Alchemy) — US$ 2,4 bilhões cada; 1292º

Devin Finzer and Alex Atallah (Opensea) — US$ 2, 2 bilhões; 1397º

Fred Ehrsam (Coinbase) — US$ 2,1 bilhões; 1445º

Kim Hyoung-nyon (UpBit) —  US$ 1,9 bilhão; 1579º

Michael Saylor (MicroStrategy) — US$ 1,6 bilhão;1 818º

Matthew Roszak (investidor) — US$ 1,4 bilhão; 2076º

Tim Draper (investidor) — US$ 1,2 bilhão; 2324º

Brasileiros na lista da Forbes

O empresário Jorge Paulo Lemannm, a pessoa mais rica do Brasil, aparece na lista da Forbes na 117ª posição total, com 15,4 bilhões em patrimônio (cerca de R$ 73 bilhões).

Publicidade

Eduardo Saverin, cofundador do Facebook, é o 185ª da lista com US$ 10,6 bilhões (cerca de R$ 50 bilhões), seguido de Marcel Hermann Telles, em 1920º, com US$ 10,3 bilhões (R$ 49 bilhões).

Eles fecham o grupo de brasileiros com fortunas acima de US$ 10 bilhões (R$ 47,5 bilhão).

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Reguladores afirmam que Coinbase não pode obrigá-los a criar regras “do zero” para setor de criptomoedas

Reguladores afirmam que Coinbase não pode obrigá-los a criar regras “do zero” para setor de criptomoedas

Em um processo judicial, a SEC argumentou que a Coinbase não pode exigir que o regulador escreva novas regras para o setor cripto
Imagem da matéria: Grayscale desiste de lançar um ETF de futuros de Ethereum nos EUA

Grayscale desiste de lançar um ETF de futuros de Ethereum nos EUA

A gestora parece ter recuado da estratégia de levar a SEC aos tribunais para forçar a eventual aprovação de um ETF de Ethereum à vista
Fachada da GameStop em Tyler no Texas

Memecoin da rede Solana com tema GameStop sobe 1.900% e desperta febre do GME

A memecoin GME decolou na segunda-feira (13), entregando retornos consideráveis, superando os das ações da GameStop
sob notas de dólares estão moedas de bitcoin, ethereum, ao lado de celular com logo FTX

FTX apresenta proposta para devolver aos clientes 118% dos fundos perdidos

Empresa afirma que caso o plano seja aprovado pela corte, os pagamentos serão feitos em até 60 dias