Imagem da matéria: Quem é o analista da CVM? Onde vive? O que come? Como se reproduz?
(Foto: Shutterstock)

Sempre me fazem algumas perguntas sobre o Analista de Mercado de Capitais da Comissão de Valores Mobiliários (que eu vou chamar de “Analista da CVM” daqui por diante). Vou tentar esclarecer as principais dúvidas neste artigo, que são:

  • Quem é o Analista da CVM?
  • O Analista da CVM possui alguma certificação de mercado financeiro?
  • O que faz um Analista da CVM no dia a dia?
  • Qual é o plano de carreira de um Analista da CVM?
  • Há previsão de novo concurso para Analista da CVM?

Vamos lá!

Publicidade

1.Quem é o Analista da CVM?

O Analista da CVM é um servidor público federal que foi aprovado em concurso público. O último concurso para o cargo, que foi o que eu fiz para ingressar na CVM, ocorreu em dezembro de 2010.

Para assumir a vaga em caso de aprovação, era necessário ter nível superior completo em qualquer área. A concorrência foi de 253 inscritos por vaga para os candidatos a vagas em São Paulo e 124 inscritos por vaga para candidatos a trabalhar no Rio de Janeiro.

As disciplinas cobradas na prova foram:

  • Língua Portuguesa
  • Língua Inglesa
  • Matemática Financeira
  • Estrutura do Mercado de Valores Mobiliários
  • Contabilidade
  • Auditoria
  • Funcionamento do Mercado de Valores Mobiliários
  • Economia

2. O Analista da CVM possui alguma certificação de mercado financeiro?

Não é necessário possuir nenhuma certificação do mercado financeiro, como CPA-10, CPA-20, CEA, CGA, CFP ou CFA, para se tornar um Analista da CVM. Como eu disse no item anterior, basta ser aprovado em prova de concurso público.

Contudo, várias pessoas que se arriscam no concurso da CVM já possuem alguma(s) daquelas certificações. Sem dúvidas, há muito conteúdo em comum entre as provas de certificação e a prova de ingresso na CVM.

Mas é bom não subestimar a dificuldade do concurso da CVM, já que menos de 1% dos candidatos são aprovados (há mais de 100 candidatos para cada vaga, vide item anterior).

Publicidade

Somente como comparação, a certificação CFA, considerada a mais difícil de se obter no mercado financeiro, tem uma taxa de aprovação muito superior, mesmo se considerarmos que a aprovação é necessária em três níveis, vide quadro a seguir:

3. O que faz um Analista da CVM no dia a dia?

A maioria dos analistas da CVM trabalha com a análise de processos administrativos envolvendo os diversos regulados da CVM no mercado de capitais, como companhias abertas, fundos de investimentos, corretoras, agentes autônomos de investimentos, consultores, analistas e administradores de carteiras de valores mobiliários, auditores, entre outros.

Eu, por exemplo, trabalho em uma das áreas que analisa processos administrativos.

Geralmente aqueles processos administrativos são abertos por conta de reclamações e denúncias de investidores e de outros agentes do mercado.

Além disso, no âmbito da sua supervisão baseada em risco, a CVM instaura automaticamente processos para acompanhar eventos considerados de maior risco, como as operações societárias envolvendo companhias abertas (fusão, cisão, incorporação, etc.).

Publicidade

Há, no entanto, analistas que não trabalham com análise de processos administrativos. A atuação na área de educação financeira da CVM é um exemplo disso. O analista que lá atua se dedica a elaborar material e a organizar iniciativas de educação aos investidores e demais agentes de mercado.

Quando estive alocado na área de educação financeira, por exemplo, elaborei o Caderno CVM sobre Uso Indevido de Informação Privilegiada (Insider Trading) e revisei a 2ª edição do Guia CVM de Fundos de Investimento Imobiliário.

4. Qual é o plano de carreira de um Analista da CVM?

O plano de carreira de um Analista da CVM tem 13 níveis, sendo que a promoção de nível ocorre, em regra, anualmente. Segundo informação constante no website do Governo Federal, o salário inicial é de R$ 19,1 mil, e do teto da carreira é de R$ 27,3 mil.

Verticalmente, há a possibilidade de se tornar Gerente e, posteriormente, Superintendente de alguma área na Autarquia.

Na prática, muitos servidores consideram que o estímulo para crescer não é alto, tendo em vista que o aumento de responsabilidade por ocupar aqueles cargos parece muito maior do que o aumento salarial correspondente.

Não há regime de dedicação exclusiva, o que significa que os servidores da CVM podem exercer outras atividades remuneradas, desde que não haja conflito de interesses ou de horário com a atuação na Autarquia. Assim, muitos analistas optam por dar aulas em universidades, cursos preparatórios para concursos públicos e exames de certificação, entre outras atividades.

Publicidade

5. Há previsão de novo concurso para Analista da CVM?

O último concurso para selecionar Analistas da CVM ocorreu em dezembro de 2010, sendo que os aprovados foram convocados a partir de janeiro de 2012, que foi quando eu tomei posse na Autarquia.

Desde então, muitos servidores deixaram a CVM pelos mais diversos motivos: aposentadoria, mudança para o exterior, pedido de exoneração para assumir outro cargo público, retorno à iniciativa privada, etc.

Assim, podemos dizer que o quadro de pessoal se encontra com muitas vagas abertas.

Contudo, recentemente foi divulgada a notícia de que a CVM deverá receber, em breve, cerca de 50 funcionários cedidos temporariamente pelo BNDES. A ideia inicial é que essa cessão seja por 2 anos, prorrogável pelo mesmo período.

Outro ponto contrário à realização de novo concurso público diz respeito à postura do atual Governo e sua ideia de realizar uma reforma administrativa.

Assim, um novo concurso para Analista da CVM pode demorar algum tempo para ser realizado e, quando ocorrer, poderá ser realizado com alterações substanciais para os novos ingressantes na carreira.

Bom, acho que é isso. Se houver mais alguma dúvida, estou a disposição.

Sobre o autor

Davi Batista é formado em Engenharia de Controle e Automação pela Unicamp e possui mestrado em Economia e Administração de Empresas. Passou pela consultoria Roland Berger e pelo IBGE. Hoje, o especialista em finanças atua como Analista de Mercado de Capitais na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

VOCÊ PODE GOSTAR
Gustavo Scarpa em um campo de futebol usando o uniforme do Atlético Mineiro

Scarpa x Bigode: Pedras preciosas não valem como garantia em processo contra pirâmide cripto, diz PF

Um laudo das pedras de alexandrita apreendidas da suposta pirâmide Xland foi avaliado por um juiz, que determinou que elas não têm valor significativo
Pizza em uma mão moeda de bitcoin na outra

Bitcoin Pizza Day: Corretoras comemoram data histórica do Bitcoin com promoções; confira

Semana tem pizza grátis, cashback, joguinho e descontos em comemoração à primeira transação comercial com o Bitcoin realizada há 14 anos
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Estudo mostra que 61% dos investidores brasileiros não pretendem vender Bitcoin

Pesquisa realizada pela Bitget releva otimismo pós-halving do Bitcoin
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve