Imagem da matéria: Queda do bitcoin causa liquidação de US$ 2,4 bilhões de traders em 24 horas
Foto: Shutterstock

A queda no preço do Bitcoin (BTC) e das demais criptomoedas causou a liquidação de US$ 2,4 bilhões (R$ 13,5 bilhões) nas últimas 24 horas, conforme aponta o CryptoDiffer, no Twitter. A plataforma utilizou os dados da corretora Bybt para realizar a apuração.

A Binance foi a exchange que viu o maior volume de liquidações, com 40% do total, seguida da bybit, da Huobi e da OKEx.

Publicidade

Cerca de 178,6 mil investidores tiveram as suas posições liquidadas, de acordo com a publicação. A posição mais significativa a sofrer prejuízo ocorreu na Huobi, onde uma ordem de US$ 18,94 milhões (R$ 106 milhões) foi liquidada.

O prejuízo dos investidores aconteceu devido à desvalorização generalizada no mercado das criptomoedas. O Bitcoin viu uma queda de US$ 6 mil (R$ 34 mil) nesta segunda-feira (15), puxando consigo o Ethereum (ETH), a Binance Coin (BNB) e outros ativos.

Liquidações chegam a US$ 1,2 bilhão em uma hora

Seguindo a tendência de baixa, os investidores que estavam apostando na alta do mercado “perderam” US$ 1,2 bilhão (R$ 6,7 bilhões) em apenas uma hora, de acordo com a publicação do Bloqport, também baseada nos dados da Bybt.

Investidores que apostavam na alta do Bitcoin foram liquidados (Bloqport/Twitter)

Contudo, o valor total de liquidação dos investidores não é reflexo do prejuízo real sofrido por eles. Grande parte do mercado opera alavancado. Na prática, isso significa que o dinheiro investido é multiplicado por um fator, nas corretoras de mercado futuro, com o objetivo de obter um lucro mais elevado.

Publicidade

No mais, o Bitcoin chegou a bater o próprio recorde de preços durante o final de semana, quando passou dos US$ 61 mil. Entretanto, na segunda-feira, houve um recuo significativo do mercado.

Investidores ficaram com medo?

A razão para a queda, de acordo com o analista Willy Woo, pode ser o pânico do mercado ao saber que US$ 1 bilhão (R$ 5,61 bilhões) em Bitcoin haviam sido depositados na corretora Gemini.

A glassnode esclareceu que a movimentação foi interna. Logo, não houve depósito em massa de criptomoedas na Gemini.

Outra razão que pode explicar o fenômeno é a realização de lucros dos investidores de Bitcoin. Além disso, a queda pode simbolizar uma mera consolidação do mercado, após um período de valorização de vários criptoativos.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Toncoin (TON) valoriza  40% na semana e ameaça ultrapassar Dogecoin

Toncoin (TON) valoriza 40% na semana e ameaça ultrapassar Dogecoin

Uma possível IPO do Telegram contribuiu para o recente aumento no preço do TON, fortalecendo sua posição entre os maiores tokens do mercado
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin ganha força à espera de dados de emprego nos EUA; Paraguai propõe suspender mineração cripto

Manhã Cripto: Bitcoin ganha força à espera de dados de emprego nos EUA; Paraguai propõe suspender mineração cripto

Bitcoin e Ethereum vão em direções opostas nesta sexta-feira (5), com investidores globais atentos aos dados do mercado de trabalho nos EUA
Imagem da matéria: Core Network (CORE): Token baseado no Bitcoin dispara 218% na semana

Core Network (CORE): Token baseado no Bitcoin dispara 218% na semana

CORE é o token da Core Network, uma blockchain compatível com Bitcoin e a Ethereum Virtual Machine (EVM)
Imagem da matéria: Conheça o dispositivo que pode guardar Bitcoin, jogar e ganhar airdrops enquanto você dorme

Conheça o dispositivo que pode guardar Bitcoin, jogar e ganhar airdrops enquanto você dorme

O BitBoy One, semelhante ao Game Boy, é um dispositivo portátil para permite jogar e armazenar Bitcoin