Imagem da matéria: Projeto DeFi é hackeado pela terceira vez e perde mais de US$ 130 milhões
Foto: Shutterstock

O Cream Finance foi hackeado nesta quarta-feira (27), perdendo mais de US$ 130 milhões. Esta é a terceira vez que o protocolo de Finanças Descentralizadas (DeFi) é hackeado. Cream Finance é um protocolo de concessão e tomada de empréstimos que opera na rede Ethereum.

O recente ataque via empréstimo-relâmpago (identificado pela PeckShield Inc.) resultou no roubo de grande parte de tokens CREAM.

Publicidade

Em fevereiro, hackers haviam roubado US$ 37,5 milhões em um ataque de empréstimo-relâmpago, fazendo o preço do CREAM despencar 30% em apenas uma hora.

Em agosto, Cream foi novamente hackeado em uma invasão multimilionária, que resultou no roubo de mais de 418 milhões em AMP (token nativo da Flexa Network) e aproximadamente 1,3 mil ETH.

A criptomoeda CREAM sofreu uma queda de 28% após o ataque de hoje. Neste momento, o token está sendo negociado por volta de US$ 115, de acordo com o CoinGecko.

Cream Finance entra para a lista dos hacks cripto

Embora o Cream Finance tenha sido atingido diversas vezes, está longe de ser a única plataforma DeFi a sofrer esse destino.

Em agosto, o protocolo de interoperabilidade Poly Network foi invadido por um hacker que roubou US$ 600 milhões em fundos. Esse é considerado o maior hack do setor DeFi (e cripto).

Publicidade

Hacks frequentes fazem com que pessoas peçam por uma maior proteção aos participantes da indústria DeFi, incluindo Gary Gensler, presidente da Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC).

Em entrevista ao Yahoo Finance All Markets Summit esta semana, Gensler disse que o setor DeFi não terminará bem a menos que proteções robustas a consumidores sejam implementadas.

“Existe muito empréstimo acontecendo. Existe muita negociação acontecendo. Sem proteções, receio que isso terminará mal”, disse.

Anteriormente, Gensler também havia descrito o termo DeFi como um “eufemismo”, sugerindo que muitos tokens do setor podem ser valores mobiliários não registrados.

*Traduzido e editado por Daniela Pereira do Nascimento com autorização da Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Tom Brady é ridicularizado por ligação com FTX em especial da Netflix

Tom Brady é ridicularizado por ligação com FTX em especial da Netflix

Brady e sua ex-esposa, Gisele Bündchen, adquiriram uma participação acionária na falida FTX em 2021
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024
Imagem da matéria: Bitcoin atinge um bilhão de transações processadas desde o lançamento

Bitcoin atinge um bilhão de transações processadas desde o lançamento

Bitcoin demorou mais de 15 anos para atingir a marca de um bilhão de transações
Imagem da matéria: Binance demitiu funcionário que descobriu manipulação milionária de cliente da corretora, diz jornal

Binance demitiu funcionário que descobriu manipulação milionária de cliente da corretora, diz jornal

Uma semana antes da demissão, o funcionário produziu um relatório afirmando que a DWF Labs lucrou milhões através da manipulação de mercado de seis tokens