Imagem da matéria: Projeto DeFi perde US$ 611 milhões após maior ataque a endereços na Ethereum, Binance Smart Chain e Polygon
Foto: Shutterstock

O protocolo Poly Network foi alvo de uma grave exploração na manhã desta terça-feira (10). Hackers conseguiram roubar US$ 611 milhões de três endereços do projeto na rede Ethereum, Polygon e Binance Smart Chain.

Essa é de longe a maior quantia já roubada de um projeto de finanças descentralizada (DeFi). De acordo com a lista Rekt, o prejuízo do Poly Network foi 11 vezes maior do que o hack de US$ 59 milhões que o EasyFi sofreu em abril, considerado até então a maior ofensiva do setor. 

Publicidade

A equipe do Poly Network confirmou a exploração no Twitter e divulgou o endereço do hacker nas três redes. De acordo com os dados de cada uma, foram US$ 273 milhões roubados em tokens no Ethereum, US$ 253 milhões em tokens na Binance Smart Chain e US$ 85 milhões em USDC na rede Polygon

A equipe do protocolo pediu que as corretoras bloqueassem qualquer transação relacionada aos endereços vinculados ao ataque. O pedido se estendeu aos mineradores das criptomoedas roubadas, como USDT, DAI, UNI, SHIB, FEI, wBTC, wETH, RenBTC.

A Tether, emissora da maior stablecoin do mundo, colocou na lista negra os US$ 33 milhões em USDT que foram roubados na rede Ethereum, impedindo que a quantia seja movimentada na blockchain.

No entanto, outras redes descentralizadas não conseguem fazer esse tipo de congelamento, conforme relembrou o CZ, fundador da Binance: “Embora ninguém controle a Binance Smart Chain (ou ETH), estamos coordenando com todos os nossos parceiros de segurança para ajudar de forma proativa, mas não há garantias”.

Publicidade

Mesmo que as exchanges e mineradores impeçam a transação dos fundos, não significa que eles tenham o poder de recuperá-los. Ainda não está claro quantos usuários foram prejudicados pelo ataque.

Poly Network

Poly Network é um protocolo de interoperabilidade criado para facilitar a troca de tokens entre diferente blockchains. O projeto surgiu através de uma aliança formada entre as equipes de várias plataformas, como Neo, Ontology e Switcheo.

Os desenvolvedores ainda não divulgaram detalhes sobre como aconteceu o ataque. O analista Igor Igamberdiev, do The Block, especula que a causa do hack foi um problema de criptografia, algo que foge do padrão. Segundo ele, pode ter sido semelhante ao ataque de US$ 7,8 milhões que o protocolo Anyswap sofreu quando um invasor inverteu a chave privada do contrato inteligente.

O pool de negociação O3, que utiliza os serviços do Poly Network, precisou suspender suas operações. Conforme divulgou no Twitter o perfil @bigmagicdao, um usuário havia publicado em maio um alerta no Weibo sobre um problema no código do O3 que poderia colocar em risco os fundos dos usuários.

VOCÊ PODE GOSTAR
bitcoin

Manhã Cripto: Bitcoin recua 2,2% apesar da queda da inflação nos EUA

Embora os dados macroeconômicos atuais sejam positivos, o Bitcoin ainda busca estabilidade em meio às preocupações pontuais dos investidores
Imagem da matéria: Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code deste domingo (21)

Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code deste domingo (21)

Procurando o combo diário e o código cifrado de domingo, 21 de julho? Aqui está o que você precisa para ganhar moedas no jogo Hamster Kombat do Telegram
Imagem da matéria: Anbima anuncia novas regras para fundos de criptomoedas

Anbima anuncia novas regras para fundos de criptomoedas

Pelas novas regras da Anbima, gestores terão de descrever os controles de gestão das criptomoedas e apresentar a metodologia de precificação dos ativos
Donald Trump é fotografado em comício nos EUA

Manhã Cripto: Bitcoin salta 4,4% após atentado fracassado reforçar candidatura de Trump

Investidores de criptomoedas antecipam condições regulatórias mais favoráveis se Trump vencer a eleição