Imagem da matéria: Projeto de lei quer que salários sejam pagos em bitcoin no Brasil
Deputado Luizão Goulart diz que PL pode ajudar problema de caixa (Foto: Divulgação/Câmara dos Deputados)

O deputado federal Luizão Goulart (Republicanos/PR) apresentou nesta sexta-feira (5) para a Mesa Diretora da Câmara dos Deputados um projeto de lei que prevê a possibilidade de que parte dos salários dos trabalhadores brasileiros seja pago em criptomoedas.

Segundo dispõe o PL 3908/2021, poderão optar por esta modalidade de pagamento os trabalhadores da iniciativa privada e servidores públicos das três esferas governamentais.

Publicidade

O limite do percentual de pagamento em criptomoedas será de livre escolha do trabalhador, “vedada qualquer imposição por parte do empregador”.

Na justificativa para o projeto, o deputado diz que as criptomoedas usam o sistema descentralizado e, por isso, não são controladas por uma só pessoa ou entidade central.

“Nossa proposição vem ao encontro dessa modernidade, estabelecendo que de forma opcional o trabalhador possa receber parte de sua remuneração em qualquer tipo de criptomoedas vigente no Mercado Financeiro”, diz.

Mas o legislador afirma que o principal motivo para a proposta é fato de que irá “colaborar na resolução do problema de ‘caixa’ dos Governos Federal, Estaduais e Municipais, dando alternativas na forma de pagamento do servidor público em geral e ao mesmo tempo movimentando uma gigantesca Economia de Mercado que se avizinha”.

Publicidade

Luizão finaliza com entusiasmo: “A Quarta Revolução Digital já é uma realidade Global. Cabe tão somente a nós se adaptar, reinventar e progredir nesse maravilhoso caminho da Modernidade visando estabelecer uma Economia Global que facilite o dia a dia do cidadão e principalmente proporcione uma boa qualidade de vida a todos”.

VOCÊ PODE GOSTAR
simbolo do dolar formado em numeros

Faculdade de Direito da USP recebe evento da CVM sobre democratização dos mercados de capitais

Centro de Regulação e Inovação Aplicada (CRIA) da CVM vai a “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil” com transmissão ao vivo no Youtube
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns
Nathalia Arcuri falando em evento

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria de conteúdo via blockchain

Mercado Bitcoin e Nathalia Arcuri firmam parceria via blockchain e promovem educação financeira de criptoeconomia gratuita