Imagem da matéria: Primeiro fundo de DeFi é lançado no Brasil e exige investimento inicial de R$ 5 mil
Foto: Shutterstock

O portfólio da Vitreo passa a contar, a partir desta quinta-feira (8), com um fundo de investimento focado em ativos de finanças descentralizadas, o chamado DeFi (sigla de ‘Descentralized Finance’). O lançamento está disponível na plataforma da Vitreo, mas não é possível saber quais são o projetos que compõem o fundo.

O produto é voltado para investidores qualificados, tem investimento inicial de R$ 5 mil, taxa de administração total de 1,5% ao ano e taxa de performance de 20% sobre o que exceder o ICE US Treasury Short Bond Index TR + mais 2% (em Reais). A carteira do fundo é inspirada nas ideias do relatório “Ações Exponenciais” da Empiricus.

Publicidade

A chegada do Vitreo Cripto DeFi FICFIM IE ao portfólio da gestora do grupo coincide com o crescimento do número de investidores com recursos alocados nesse tipo de ativo.

“O DeFi é uma classe de investimentos, dentre as criptomoedas, também ancorada em sistemas como empréstimos, seguros e pagamentos. O que difere do modelo tradicional é que todas essas transações são feitas por criptoativos distribuídos em plataformas de blockchain e não estão vinculadas a bancos e seguradoras”, explicou em nota à imprensa George Wachsmann, sócio e chefe de gestão da Vitreo.

Fundada no final de 2018, a Vitreo tem mais de R$ 10 bilhões sob custódia e mais de 60 fundos próprios.

VOCÊ PODE GOSTAR
Joe Biden posa para foto

Biden vira sobre Kamala: mercados de criptomoedas esperam que o presidente seja indicado

Apostadores de criptomoedas no popular mercado de previsões Polymarket novamente favorecem Joe Biden como candidato dos democratas
Ilustração de moeda NOT dourada com logotipo do jogo Notcoin do Telegram

Notcoin cai 14% após novo projeto desagradar comunidade

Jogo viral do Telegram, Notcoin sofre um grande golpe à medida que o “recomeço” anunciado pelos criadores não surtiu efeito na comunidade
Imagem da matéria: Mt. Gox: relembre a ascensão e queda da exchange que vai distribuir bilhões em Bitcoin

Mt. Gox: relembre a ascensão e queda da exchange que vai distribuir bilhões em Bitcoin

Mais de uma década após a maior exchange de Bitcoin do mundo ser hackeada, os credores da Mt. Gox finalmente receberão seus reembolsos; aqui está o que aconteceu
Imagem da matéria: Jovem executiva usa tokenização para financiar MBA de R$ 570 mil na França

Jovem executiva usa tokenização para financiar MBA de R$ 570 mil na França

Yasmin Hund conseguiu toda a verba necessária para passar um ano na França fazendo MBA, tudo graças à tecnologia blockchain