Imagem da matéria: Presidente da SEC diz que a indústria cripto está repleta de 'criminosos e golpistas'
Foto: Shutterstock

O presidente da SEC, Gary Gensler, não está com medo de falar o que pensa.

Antes da Conferência Global Exchange & Fintech de Piper Sandler nesta semana, ele novamente criticou a indústria de criptomoedas por seus “muitos problemas”, pedindo mais proteção aos investidores.

Publicidade

“Com um descumprimento generalizado das regulamentações, francamente, não é surpreendente que tenhamos visto muitos problemas nestes mercados”. Gensler disse: “Já vimos esta história antes. É uma reminiscência do que aconteceu na década de 1920, antes da criação das leis federais de valores mobiliários. Vendedores ambulantes. Fraudadores. Golpistas profissionais. Esquemas de Ponzi. O público era deixado na fila do tribunal de falências”.

As falas vieram em meio às batalhas legais que a SEC promoveu contra a Binance, Coinbase e outras empresas de cripto como parte de uma investida mais agressiva contra a indústria de criptoativos.

Gensler destacou casos importantes nos quais exchanges ofereceram — de forma inadequada — títulos não registrados na SEC, explicando o porquê disso ser um problema para os investidores.

“Estas supostas falhas privam os investidores de proteções fundamentais, incluindo regras que previnem a fraude e a manipulação, divulgações adequadas, separação dos ativos dos clientes, salvaguardas contra conflitos de interesses, supervisão por uma organização autorreguladora e inspecção de rotina pela SEC”, afirmou o presidente da SEC.

Ele destacou o caso contra a Binance, alegando que a Sigma Chain — uma afiliada da Binance controlada pelo fundador da Binance, Changpeng Zhao — “se envolveu em negociações manipuladoras e conduziu negociações de lavagem” para inflar fraudulentamente os volumes de negociação.

Publicidade

O presidente da SEC continuou a destacar as principais áreas em que vê infrações no setor, mas parou por uma questão de tempo.

“Eu poderia continuar, mas em um mercado repleto de fraudes, abusos e descumprimentos de regras, há muitos casos para enumerar”. Ele continuou: “Também vimos inúmeras empresas — antes e depois da FTX — explodirem, prejudicando inúmeros investidores no caminho. Como resultado das falências da BlockFi, Celsius, FTX, Genesis e outras empresas de criptomoedas, os investidores muitas vezes são deixados na fila do tribunal.”

Frustração com a SEC

No mesmo evento, o CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, afirmou que a sua empresa está planejando acelerar os seus planos de mudança de localização da sede, devido a um “impasse legislativo” nos EUA.

“Empresas como a nossa estão a analisar a rapidez com que podem transferir pessoas para fora do país”, afirmou. “O ambiente regulatório tornou a indústria cripto institucional um lugar difícil de se estar.”

Publicidade

A Galaxy Digital também não é a única empresa cripto frustrada com o ambiente regulatório confuso.

No último mês, a Coinbase acusou a SEC de deliberadamente ignorar “sua petição para regulamentações”, que tinham como foco fornecer “clareza e confiabilidade em relação ao tratamento regulatório dos títulos de ativos digitais.”

Ainda assim, a Coinbase planeja  se manter paciente com relação ao processo da SEC e vai tentar manter os “negócios rodando normalmente.”

A Ripple também está incomodada com a SEC, alegando que as regulamentações “confusas” nos EUA levarão as empresas cripto para fora do país.

“Francamente, é por isso que você está vendo o empreendedorismo e o investimento fluindo para outras jurisdições — e certamente a Europa tem se beneficiado dessa confusão que existe nos EUA”, disse o CEO da Ripple em maio.

A repressão da SEC às criptomoedas causou inquietação em todo o setor, resultando em empresas considerando opções além das fronteiras da América.

Publicidade

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Ethereum surpreende e cai 3,6% após aprovação dos ETFs

Manhã Cripto: Ethereum surpreende e cai 3,6% após aprovação dos ETFs

Embora esteja em queda nesta sexta, o Ethereum ainda registra ganhos de mais de 21% na semana
máquinas de mineração de criptomoedas apreenidas em

Polícia apreende 396 mineradoras de Bitcoin em casa de ex-deputado paraguaio

Miguel Cuevas, que já foi preso por enriquecimento ilícito, agora pode também ser investigado por furto de energia
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”
Bob Burnquist

Bob Burnquist e sua cruzada para empoderar os artistas por meio da Web3

O skatista é membro ativo de duas DAOs e participou do Ethereum Rio para falar sobre como as comunidades estão se tornando um novo meio de conexão para os artistas