Imagem da matéria: Presidente da Genbit, empresa alvo do Ministério Público, pede perdão a investidores
Responsáveis pelas empresas Gensa: Nivaldo Gonzaga (e) e o filho, Gabriel Tomaz Barbosa. (Foto: reprodução)

O presidente da Genbit, Nivaldo Gonzaga, divulgou um comunicado no qual “pede desculpas” aos investidores pelos problemas envolvendo a empresa nos últimos meses.

O texto de Gonzaga, obtido pelo portal Livecoins, se refere à ação civil pública movida pelo Ministério Público de São Paulo no valor de R$ 1 bilhão contra a Gensa Serviços Digitais – empresa que representa o Grupo Tree Part, ao qual pertence a Genbit.

Publicidade

“Compreendo que todas as turbulências passadas vêm causando muitos aborrecimentos aos senhores, muito embora nunca foi essa minha intenção, todavia reconheço e peço-lhes perdão”, falou o empresário.

Gonzaga diz ainda no texto que o processo aberto pelo Ministério Público paulista será uma “oportunidade” para o grupo empresarial.

“Essa ação do MP servirá para o bem, pois podemos provar de uma vez por todas aos órgãos estaduais e federais que o Grupo Tree Part/GenBit sempre trabalhou dentro das leis brasileiras”.

Segundo a ação do MP, o grupo do qual a Genbit faz parte fazia propaganda por meio de redes sociais como YouTube e Facebook. As plataformas ofereciam um contrato de investimento coletivo num modelo de negócio sem transparência e com promessa de rendimentos de até 15% ao mês.

Publicidade

Pagamentos atrasados e ação do MP

Apesar do pedido de desculpas de Gonzaga, a Genbit já está há quatro meses sem pagar seus afiliados – estimados em 45 mil.

Diante do calote, a empresa abandonou as operações com bitcoin e lançou uma criptomoeda própria, a Treep Token (TPK) – tática semelhante à adotada por Minerworld e Unick Forex, dois esquemas que também lesaram milhares de pessoas.

A empresa afirmou ainda que pretende fazer os pagamentos em dez vezes, a partir de março de 2020 – prazo no qual espera que a TPK se valorize.

O calote nos investidores é um dos motivadores da ação do Ministério Público paulista contra a Gensa. O valor de R$ 1 bilhão se refere ao prejuízo estimado que as empresas do grupo geraram junto aos 45 mil investidores.

Publicidade

O MP pediu ainda a condenação dos envolvidos. Outras cinco empresas estão incluídas na ação.

Junto com outros braços da Gensa, como a Zero10Club, a Genbit foi denunciada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM) por oferta irregular de investimentos. Na prática, esse alerta significa o reconhecimento do negócio como esquema de pirâmide financeira.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Usuários da 99Pay têm chaves PIX vazadas, alerta Banco Central

Usuários da 99Pay têm chaves PIX vazadas, alerta Banco Central

Também foram potencialmente expostos dados como nome do usuário, CPF com máscara, instituição de relacionamento, agência e número da conta
Imagem da matéria: Real completa 30 anos com desvalorização de mais de 40% no período

Real completa 30 anos com desvalorização de mais de 40% no período

Lançado em julho de 1994, o real já chegou a valer mais que o dólar quando havia paridade cambial