Imagem da matéria: Prefeito de Miami propõe pagar funcionários públicos com bitcoin
Prefeito de Miami, Francis Suarez (Foto: Divulgação)

O prefeito de Miami (EUA), Francis Suarez, anunciou na quinta-feira (11) por meio de sua conta no Twitter que a Comissão da Cidade de Miami — espécie de órgão que avalia novas resoluções municipais — aprovou a proposta de adoção do bitcoin no funcionalismo público.

A proposta prevê que funcionários do governo tenham a opção de receber o salário com a criptomoeda. Autoriza também a prefeitura a investir parte do tesouro público em BTC, bem como receber o pagamento de taxas e impostos por meio da moeda.

Publicidade

“É maravilho sermos uma cidade avançada em relação aos criptoativos. Quero agradecer aos meus colegas da Comissão por permitir que isso aconteça”, disse o prefeito.

Apesar de a proposta ter sido aprovada, os membros da Comissão agora estão buscando intermediários que possam realizar a operação. Só depois dessa segunda etapa é que o projeto começará a funcionar.

Desejo antigo

Com essa aprovação, o prefeito de Miami efetiva uma ideia que já nutre há algum tempo. Recentemente, numa entrevista para a Forbes, ele afirmou que deseja que os cidadãos da cidade tirem o máximo proveito das criptomoedas:

“Estamos trabalhando para garantir que nossos incentivos estejam em vigor e que nossa legislação promova cripto e blockchain e seja inovadora. Queremos fazer um esforço holístico e abrangente para que cada cidadão em nossa cidade tenha a oportunidade de ter sucesso e prosperar na economia que inevitavelmente acontecerá no futuro”.

Publicidade

Na mesma entrevista, o prefeito falou que pretende transformar Miami em um “hub de inovação tecnológica” para atrair investidores. Disse ainda que quer ter leis mais inovadoras em relação a criptomoedas do que outras regiões dos Estados Unidos:

“Nós estamos olhando para outros estados, como Wyoming, para ter a certeza de que teremos as leis mais progressivas sobre os criptoativos. Olhamos também para o ambiente regulatório de Nova York”.

Wyoming, por exemplo, elegeu uma senadora pró-bitcoin nas eleições americanas de 2020. O estado é um dos mais favoráveis às criptomoedas dos Estados Unidos.

Proposta é recebida com críticas e elogios

O anúncio da prefeitura de Miami causou diversas reações no Twitter. Em tom de brincadeira, o prefeito da cidade de Jackson, Mayor Scott Conger, perguntou por que o prefeito, em vez de bitcoin, não optou pela criptomoedas dogecoin.

Publicidade

O político Nathan Schneider, que foi candidato ao Congresso dos EUA, criticou a iniciativa. “Provavelmente não tem nada a ver com o fato de que você recebeu milhares de dólares das empresas de tecnologia. Você é apenas mais um republicano corrupto e sem ética”, escreveu.

Já o usuário Elijah Leavens, morador da Califórnia, disse que, por causa do anúncio, quer se mudar para Miami. “Não vou mentir, você realmente está me fazendo querer me mudar para Miami! Bem feito!”.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Ex-diretor da FTX é condenado a 7,5 anos de prisão — mas poderá ficar com seu Porsche

Ex-diretor da FTX é condenado a 7,5 anos de prisão — mas poderá ficar com seu Porsche

Ryan Salame, o ex-colaborador da FTX de Sam Bankman-Fried, foi condenado a 90 meses de prisão nesta terça-feira
Hacker com capuz sorri no escuro

“Fizemos besteira”: Gala Games confirma hack de de R$ 1,2 bilhão

Um invasor usou um exploit para cunhar e roubar 5 bilhões de tokens da Gala Games (GALA)
Silhueta de pessoa jogando videogame À frente de TV

Os maiores tokens de jogos lançados em 2024 – até agora

O Notcoin aparece na lista dos maiores tokens de jogos deste ano, ao lado de Pixels, Portal, Saga e muito mais
Imagem da matéria: Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Gnosis (GNO) dispara 20% após lançamento de plano para reviver o token

Um programa de crescimento com aporte milionário de fundo cripto está sendo votado neste momento pelos usuários do GNO