Mão sob foguete de brinquedo com uma moeda de Bitcoin (BTC), sugerindo alta no preço da criptomoeda
Shutterstock

Os analistas da provedora de serviços de criptomoedas Matrixport publicaram nesta quinta-feira (26) um novo relatório sobre o preço futuro do Bitcoin, considerando desta vez o que chamaram de 5º bull market do BTC. Pelos sinais observados, a equipe estima que a maior criptomoeda do mundo poderia atingir US$ 125 mil até dezembro de 2024.

A análise da Matrixport apontou que o quinto mercado altista do Bitcoin começou oficialmente em 22 de junho de 2023, impulsionado principalmente pelas expectativas de adoção institucional do Bitcoin, em meio também à crise econômica dos EUA.

Publicidade

O primeiro mercado de alta do BTC, segundo a análise, teria ocorrido em 2011, alimentado pelo surgimento da criptomoeda como um novo meio de pagamento.

“O segundo mercado altista foi impulsionado pela China, com o BTC ganhando reconhecimento como uma forma alternativa de dinheiro. O terceiro ciclo foi marcado pela ascensão das ofertas iniciais de moedas (ICOs) como uma forma singular para criar e financiar empresas. O quarto ciclo foi caracterizado pela ascensão DeFi, seguido pelo hype dos NFTs”, diz a Matrixport no relatório compartilhado pela Bit Exchange (BIT).

Por que o preço do Bitcoin pode quadruplicar

Seguindo a lógica dos mercados altistas do BTC, a empresa diz que, historicamente, esses sinais fazem o Bitcoin entregar, “em média, retornos de +310%”. Portanto, considerando o preço atual da criptomoeda (US$ 34,1 mil), a empresa estima que “o Bitcoin poderia atingir US$ 125 mil até dezembro de 2024”.

Projeção da Matrixport sugere que Bitcoin pode chegar a US$ 125 mil ano que vem (Fonte: Matrixport)
Projeção da Matrixport sugere que Bitcoin pode chegar a US$ 125 mil ano que vem (Fonte: Matrixport)

A Matrixport estimou ainda o que seria o ponto de entrada ideal para comprar Bitcoin: de 14 a 16 meses antes do halving, evento intrínseco da rede do Bitcoin que reduz pela metade a emissão de novas unidades de BTC.

Publicidade

“É por isso que o final de outubro de 2022 foi o momento de entrada perfeito, como nosso relatório sugeriu quando o Bitcoin estava sendo negociado a apenas US$ 17 mil”, ressalta o estudo.

Aprovações de ETFs podem ajudar na alta

Na semana passada, um relatório da Matrixport considerou a possível aprovação de ETF de Bitcoin à vista (spot) nos EUA, especificamente o da BlackRock, para estimar o quão longe o preço do Bitcoin poderia chegar.

Se o produto da maior gestora de ativos do mundo ganhar a benção dos reguladores para ser lançado, analistas preveem um forte impacto de alta, com o BTC sendo negociado entre US$ 42 mil, em uma estimativa conservadora, e US$ 56 mil, em um cálculo mais otimista.

VOCÊ PODE GOSTAR
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

ETF de Ethereum tem 50% de chance de ser aprovado em maio, diz JP Morgan

O gigante bancário é o último a reduzir suas expectativas em relação à revisão das propostas da SEC para oferecer fundos vinculados ao preço do ETH
Imagem da matéria: Reserva de Bitcoin de mineradores bate mínima em três anos com vendas antes do halving

Reserva de Bitcoin de mineradores bate mínima em três anos com vendas antes do halving

Diferente do que aconteceu antes do halving de 2020, desta vez os mineradores aproveitaram a recente disparada do Bitcoin para vender parte de suas reservas
Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos cripto brasileiros ficam pela segunda semana consecutiva atrás apenas dos EUA em captação
Imagem da matéria: Wormhole diz pagar mais de 999% na semana em staking de novo token

Wormhole diz pagar mais de 999% na semana em staking de novo token

Token W, lançado esta semana, está chamando atenção ao render mais de 999% em staking na plataforma Kamino