Imagem da matéria: Preço do bitcoin cai US$ 10.000 na maior queda diária da história
(Foto: Shutterstock)

O preço do Bitcoin caiu de US$ 58.000 para US$ 47.700 em 19 horas. Esta foi a maior queda em um único dia que o Bitcoin já viu.

Desde então, o preço se recuperou para US$ 53.000, com alta de 11%. A criptomoeda busca agora retomar a marca de valor de mercado de US$ 1 trilhão que perdeu durante a manhã.

Publicidade

A maior queda diária anterior do Bitcoin ocorreu há apenas um mês, em 11 de janeiro. Depois de quebrar a faixa de US$ 40.000 – que era então um recorde para o Bitcoin – a criptomoeda caiu para US$ 32.000, antes de se recuperar e continuar renovando suas máximas históricas.

Embora uma queda tão grande como essa possa causar dor para os traders de curto prazo – cerca de US$ 1 bilhão foi liquidado hoje como resultado da queda de preço – não é uma surpresa. A história nos diz que o Bitcoin está sujeito a correções de preço significativas durante fortes tendências de alta ou quando a criptomoeda está em território desconhecido.

Durante o bull run do final de 2017, o Bitcoin finalmente atingiu o que era até então sua máxima de quase US$ 20.000. Ao longo do caminho, o Bitcoin caiu pelo menos 20% em várias ocasiões distintas. Por exemplo, entre 9 de novembro de 2017 e 13 de novembro de 2017, o Bitcoin caiu 20% entre aproximadamente US$ 7.400 e US$ 5.900.

Essa queda de preço é obviamente muito mais dolorosa, visto que aconteceu dentro de 24 horas, em vez de quatro dias, mas os Bitcoiners não se assustam facilmente com a volatilidade.

Publicidade

Uma queda como essa é necessária”, tuitou Jason Deane, analista de Bitcoin da Quantum Economics, acrescentando:“ Vamos aproveitar e, quando acabar, estaremos mais revigorados, aliviados, energizados e prontos para ir de novo.”

Raoul Pal, um ex-administrador de fundos hedge que se aposentou aos 36 anos e que investiu 75% de seus ativos no Bitcoin, sugeriu que quedas de preços como essa são uma espécie de alívio.

“Só eu fico aliviado quando as vendas do BTC chegam? Você sabe que elas estão vindo, mas quando eles finalmente chegarem, você pode mudar para o modo buy the dip (comprar no fundo)”, Pal tuitou.

O precedente nos diz que correções de preços como essa continuarão a ocorrer, mas a questão agora é se as pessoas acreditam ou não que o Bitcoin atingiu seu teto nos US$ 58.000.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
Máquinas alinhadas em um centro de mineração

Gigante de mineração de Bitcoin em formação? Riot revela plano de aquisição da Bitfarms

A Riot Platforms fez uma oferta inesperada para comprar a Bitfarms em um movimento para criar a maior empresa de mineração de capital aberto
moeda do bitcoin com o logo da microstrategy ao fundo

MicroStrategy quer arrecadar US$ 500 milhões com notas conversíveis para comprar mais Bitcoin

A empresa de Michael Saylor já é a maior detentora corporativa de Bitcoin, com participações que excedem 1% da oferta circulante de BTC
Jerome Powell, presidente do Fed, mostrado em tela de computador

Bitcoin cai para a casa dos US$ 67 mil após Fed manter taxa de juros

Jerome Powell afirmou que a busca do banco central dos EUA pela meta de 2% de inflação ainda não acabou
moeda de bitcoin com bandeira dos EUA

O que faria os americanos comprarem mais Bitcoin? Regulamentações mais claras, afirma pesquisa

Pesquisa da Grayscale mostra que 44% dos eleitores dos EUA que não possuem criptos dizem que estão “esperando regulamentações adicionais”