Imagem da matéria: Porsche, BMW, Ferrari e outros carros de luxo dos donos da Indeal serão leiloados
Foto de um dos carros que irão a leilão (Imagem: Reprodução)

A Justiça Federal de Porto Alegre (RS) determinou para 1º de abril o leilão dos 34 carros de luxo dos donos da Indeal apreendidos na Operação Eypto em maio do ano passado. Na ação, a Polícia Federal prendeu vários acusados de aplicar golpe de pirâmide financeira com criptomoedas.

Segundo o Gaúcha ZH, na primeira tentativa de venda somente serão aceitos lances no valor de avaliação. Na segunda, porém, marcada para 13 de abril, haverá um desconto de 20% no lance mínimo.

Publicidade

O lote, avaliado em R$ 6,1 milhões, será oferecido no auditório da Justiça Federal, em Praia de Belas, Porto Alegre. No entanto, os lances também poderão ser feitos por meio da internet, pelo site www.leiloesjudiciaisrs.com.br

Carros de luxo na Indeal

Conforme mostra o página do leilão, o veículo mais caro é uma Ferrari California 2009 que está avaliada em R$ 670 mil.

Foto de um dos carros que irão a leilão (Imagem: Reprodução)

O leilão oferece também uma BMW X6 2017 na versão esportiva. O veículo está avaliado em R$ 420 mil. 

O Mustang GT blindado, fabricado em 2019, chama a atenção pelo estado quase zero — ele tem apenas 413 quilômetros rodados. Dentre os veículos também está um Nissan 370Z Nismo, 2012, avaliado em R$ 150 mil e um Porsche Cayenne que será oferecido por R$ 145 mil.

Foto de um dos carros que irão a leilão (Imagem: Reprodução)

Em resumo, Entre outros veículos que serão ofertados, estão: Dodge Challenger SXT, Porsche Cayenne, Jaguar Espace, Mercedes Benz e Land Rover Evoque.

Publicidade

Segundo o leiloeiro, os veículos estão em bom estado de conservação e poderão ser observados pessoalmente no dia 31 de março e nos dias 8, 9 e 10 de abril. Para isso, é necessário que o interessado faça um agendamento.

Ainda de acordo com o Gaúcha, os bens são de investigados ainda não condenados. Logo, os valores arrecadados com o leilão vão para uma conta judicial até o desfecho dos processos.

Se condenados os acusados, o dinheiro será usado para ressarcir vítimas e, em caso de absolvição, a Justiça lhes devolverá os fundos.

Caso Indeal

A Indeal atuou de forma ilícita se aproveitando de investidores que apostaram em rendimentos com criptomoedas.

Acreditando em promessas de rendimentos fora da realidade no Brasil, muitos investiram tudo o que tinham com o sonho de ficarem ricos.

Publicidade

A Indeal assumia o compromisso de retorno de 15%, ao menos, no primeiro mês de aplicação. Conforme a Polícia Federal, ela conseguiu ocultar R$ 600 milhões antes que os sócios fossem presos.

O fim da pirâmide veio com a intervenção da Polícia Federal. Em maio do ano passado, agentes da Operação Egypto prenderam vários suspeitos. No momento, todos respondem em liberdade.

De acordo com a investigação promovida pela Receita Federal e pela Polícia Federal do Rio Grande do Sul, a Indeal chegou a captar R$ 850 milhões no período de um ano, mas deixou um rombo de R$ 300 milhões. Mais de 55 mil pessoas foram prejudicadas.


Compre Bitcoin na Coinext 

Compre Bitcoin e outras criptomoedas na corretora mais segura do Brasil. Cadastre-se e veja como é simples, acesse: https://coinext.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
Foco em uma moeda dourada de Ethereum (ETH)

Aprovação do ETF de Ethereum pode acontecer antes do esperado, diz Coinbase

Maior exchange de criptomoedas dos EUA, a Coinbase está confiante de que a SEC aprovará ETFs de Ethereum à vista muito em breve, apesar do pessimismo mais amplo
Pessoa inserindo chip no celular

Justiça manda TIM pagar R$ 21 mil a cliente que teve celular clonado e perda de criptomoedas

A partir da clonagem do celular, os invasores tiveram acesso ao email e posteriormente a uma carteira cripto na Binance
homem segura com duas mãos uma piramide de dinheiro

CVM julga hoje pirâmide Atlas Quantum; veja detalhes da acusação

Procuradoria da CVM acusa Atlas Quantum de operação fraudulenta no mercado de valores mobiliários e embaraço à fiscalização da CVM
Fazenda de Mineração de criptomoedas Salto del Guairá Paraguai -ANDE

Paraguai usa inteligência artificial para encontrar fazenda ilegal de mineração de Bitcoin

Autoridades apreenderam 176 ASICs em Saltos de Guairá com ajuda de sistema que mede a tensão de redes elétricas