Carro da Porsche destruído após incêndio
Shutterstock

Uma grande empresa como a marca de automóveis Porsche entrando no universo da tecnologia blockchain geralmente é motivo de animação entre os colecionadores de Tokens Não Fungíveis (NFTs). No entanto, a celebração rapidamente evoluiu um acúmulo de 1.800 tokens esta semana, quando o caro lançamento de NFTs da empresa alemã ficou muito aquém da venda, forçando a marca a anunciar planos para reduzir a marcha e cortar a oferta.

O projeto da nova coleção Porsche foi centrado no icônico modelo esportivo 911 da montadora alemã, com um drop previsto de 7.500 NFTs Ethereum que celebrariam o veículo e permitiriam aos titulares acesso a eventos e mercadorias exclusivas. Também iria garantir que os viciados em carros com experiência em criptomoedas — “ajudassem a projetar o futuro da Porsche no mundo virtual”, segundo um vago comunicado da empresa.

Publicidade

Mas o burburinho em torno do projeto deu uma guinada negativa na semana passada, quando a Porsche anunciou que iria vender os NFTs por 0,911 ETH cada, ou cerca de US$ 1.475 – ou por volta dos R$ R$ 7.400. Esse é um preço muito alto para um mercado NFT que perdeu muita daquela força desde as altas do início de 2022 – e particularmente para um projeto com milhares de NFTs em oferta.

A reação do Cripto Twitter foi rápida e sarcástica. Construtores e colecionadores conhecidos no espaço responderam chamando o movimento de “dissonante”, “sem noção” e uma “mera fonte de renda”, à medida em que o tweet da empresa acumulou mais de um milhão de impressões principalmente por meio de compartilhamentos fazendo piada com o assunto.

Alguns sugeriram que 0,0911 ETH (cerca de US$ 145) teria feito muito mais sentido. Mas a Porsche não reconheceu diretamente a reação em público e seus planos não mudaram.

Logo após o início da mintagem pública na segunda-feira (23), as vendas primárias desaceleraram bastante — e, no que é visto como uma sentença de morte para qualquer projeto recém-lançado, os NFTs estavam sendo rapidamente revendidos abaixo do preço de lançamento em mercados secundários, à medida que os proprietários fugiam da cena. Até esta manhã, apenas cerca de 1.500 dos NFTs haviam sido cunhados. A Porsche então fez sua jogada.

Publicidade

“Nossos detentores falaram”, a conta oficial do projeto twittou hoje. “Vamos cortar nossa oferta e parar a mintagem para avançar com a criação da melhor experiência para uma comunidade exclusiva. Mais informações nas próximas horas.”

Pouco mais de 1.850 NFTs já foram cunhados no momento em que esta reportagem foi escrita, com a venda agora definida para terminar às 6h. E.T. (8h no Horário de Brasília)  desta quarta-feira (25). O preço mínimo — ou seja, o custo do NFT listado mais barato em um mercado — flutuou, subindo brevemente acima da marca 0.911 ETH no OpenSea, mas novamente caindo abaixo desse preço. Atualmente, ele está sendo negociado em 0,905 ETH (cerca de US$ 1.465).

Como a Porsche prosseguirá com uma comunidade menor de proprietários de NFTs ainda veremos. A empresa não respondeu os pedidos de comentários do Decrypt, tanto antes como depois do anúncio.

Mesmo a decisão de anunciar planos para parar a cunhagem dos tokens – mas não imediatamente – foi criticada por alguns. Um dos CEOs da Rug Radio, Farokh Sarmad, respondeu as mensagens do projeto no Twitter, escrevendo, “Quem quer que esteja responsável pela @eth_porsche, você não está ajudando a marca @Porsche e você é péssimo.”

Publicidade

A Porsche é o exemplo mais recente de um empreendimento de marca no mundo Web3 que deu errado. Embora algumas empresas tradicionais tenham sido elogiadas pela parceria com projetos NFT existentes — como a Budweiser e a Adidas — ou usando a tecnologia de maneiras que não seja uma impulsionadora de receita (como o Starbucks e a Reddit), outros têm enfrentado críticas consideráveis.

A coleção “Mic Drop” da Pepsi é um exemplo notável — mesmo como uma mintagem gratuita, foi criticada por mensagens desajeitadas e obras de arte estranhas. Um lançamento recente dos NFTs do Game of Thrones foi amplamente ridicularizado por conta de artes toscas. E embora tenha se esgotado, uma coleção Tiffany & Co também não deu certo. Um drop de NFTs no ano passado ligado a pingentes temáticos de CryptoPunks também foi criticado por seu alto preço de cunhagem.

Os projetos NFT ligados a celebridades enfrentaram críticas semelhantes no passado, independentemente de terem vendido bem ou não. A recente coleção de Donald Trump, por exemplo, foi amplamente ridicularizada — mesmo por apoiadores de Trump — mas, em última análise, esgotou as vendas e aumentou em valor. Um projeto inspirado no ex-jogador Michael Jordan, lançado por seu filho em 2022 em Solana, cortou o seu próprio abastecimento depois de uma mintagem mais lenta do que o esperado.

Em termos gerais, os defensores da Web3 parecem cada vez mais interessados em que as marcas tentem construir no espaço, distribuindo NFTs ou tornando-os mais acessíveis e baratos. As tentativas de empresas e celebridades já consolidadas de simplesmente extrair valor por meio de preços altos e valor mínimo não tendem a cair bem.

O drop da Porsche, para muitos analistas, é mais um exemplo destes casos — e a marca pode ter aprendido uma primeira lição difícil na Web3, caso considere mudar um pouco o caminho pela frente.

Publicidade

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

  • Já pensou em inserir o seu negócio na nova economia digital? Se você tem um projeto, você pode tokenizar. Clique aqui, inscreva-se no programa Tokenize Sua Ideia e entre para o universo da Web 3.0!
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Avenged Sevenfold está transformando fãs de heavy metal em "Evangelistas da Blockchain"

Avenged Sevenfold está transformando fãs de heavy metal em “Evangelistas da Blockchain”

Plataforma descentralizada recompensa fãs do Avenged Sevenfold e gera recompensas por participarem de atividades ligadas à banda
Imagem da matéria: CEO da Binance afirma que está considerando "algumas jurisdições" para a sede global

CEO da Binance afirma que está considerando “algumas jurisdições” para a sede global

“Quais são as jurisdições que têm regulamentações que podem atender ao nosso conjunto de produtos?”, questiona Richard Teng
Ilustração de correntes ilustradas com pequenos zeros e uns

Degen Chain: a rede de camada 3 que está chamando atenção com a febre das memecoins

Novidade no mercado, a Degen foi construída na Base, uma rede de camada 2 do Ethereum, e já tem tido uma forte alta no número de transações
Imagem da matéria: Confira 3 criptomoedas que podem disparar com o halving do Bitcoin

Confira 3 criptomoedas que podem disparar com o halving do Bitcoin

O halving pode atrair a atenção dos investidores para projetos alternativos criados no ecossistema do Bitcoin