Imagem da matéria: Por dentro do vulcão que minera Bitcoin em El Salvador; veja fotos e vídeo exclusivo
Imagem aérea da usina geotérmica de El Salvador (Foto: Twitter\reprodução)

Em sua segunda visita neste ano a El Salvador, o produtor de audiovisual paulistano Marcos Amaral, 40 anos, pôde conhecer por dentro a agora famosa usina geotérmica estatal LaGeo.

Situada 2h de da capital San Salvador, o complexo gera eletricidade com a força do vapor de vulcões, agora serve de base para uma fazenda de mineração de bitcoin do governo salvadorenho.

Publicidade

“Visitamos a planta inteira. Toda a parte do processo de captação e geração de energia. E no final mostraram o container com as mineradoras de bitcoin rodando”, disse Amaral ao Portal do Bitcoin.

De acordo com o produtor — e entusiasta do bitcoin — o retorno a El Salvador na última sexta-feira (12) teve duas motivações: acompanhar o ‘Adopting Bitcoin’ e a ‘Labitconf’, dois eventos sobre a maior criptomoeda do mundo que vão ocorrer nesta semana; e ver de perto o que mudou nos últimos dois meses após a aprovação da Lei do Bitcoin. 

Quando esteve em El Salvador em setembro, com o amigo André Velozo, parceiro no projeto de educação financeira Btreze, ele pôde tanto acompanhar de perto as manifestações contra a adoção da criptomoeda quanto experimentar pagar com BTC por produtos e serviços — na época, Amaral e Velozo notaram que a implementação do bitcoin estava sendo mais ágil em lugares de maior porte, como Mcdonald’s e Pizza Hut. 

Desta vez, ele foi além das expectativas e conseguiu adentrar na Lageo com um grupo de cerca de 40 estrangeiros e registrar vários momentos, como mostram as imagens enviadas à reportagem.

Publicidade
Grupo de estrangeiros, jornalistas e representantes do governo visitam a usina LaGeo

Segundo Amaral, acompanhando o grupo estavam também o presidente da Comissão Executiva Hidrelétrica de El Salvador (CEL), Daniel Álvarez, seu assessor Gustavo Cuellar, e também a embaixadora do país na Alemanha, Florencia Vilanova, que deram entrevista aos jornalistas presentes.

O assunto, contudo, ficou resumido à visibilidade no mundo de El Salvador tanto pela adoção do Bitcoin quanto pela estratégia de mineração com energia renovável e das ações do governo para atrair capital estrangeiro.

Veja como é por dentro a usina em El Salvador

Uma das imagens é a foto do container que abriga as máquinas de mineração de bitcoin. Um cordão de isolamento inibe a aproximação, mas Amaral conseguiu captar bem o seu tamanho e um pouco de sua atividade, inclusive em vídeo.

Fotos: Marcos Amaral\Btreze
Container de mineração
Modelo da rotor usado para manter a geotérmica
Estrutura interna da LaGeo captada por Marcos Amaral
VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Herdeiro paga R$ 2,2 milhões em Bitcoin para resgatar vítima de sequestro em Petrópolis, mas é enganado

Ao todo, vítima gastou quase R$ 5 milhões nos pagamentos: além do envio de Bitcoin, foram 40 depósitos bancários
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Análise: o preço do Bitcoin está novamente sendo ditado pela política do Fed

“Análise dos últimos 40 dias revela uma maior alinhamento com as expectativas de taxa de juros para junho”, diz firma de análises CoinShares
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta
CEO da Galaxy Digital, Mike Novogratz, em entrevista ao BNN Bloomberg no YouTube

O Bitcoin precisa de uma nova narrativa para voltar a subir, segundo CEO da Galaxy Digital

Mike Novogratz também acredita que o preço do BTC flutue entre US$ 55 mil e US$ 75 mil até que novos eventos ocorram