Imagem da matéria: Polícia Espanhola Prende Cérebro de Grupo Que Roubou US$ 1 bilhão e Converteu em Bitcoin
Agentes esclareceram detalhes durante coletiva de imprensa (Foto: Divulgação/Polícia)

Os agentes da Europol, a polícia internacional da Europa, prenderam nesta segunda-feira (26), na Espanha, o cérebro por trás centenas de ciberataques a bancos. Dinheiro roubado — que chega a US$ 1 bilhão — era rapidamente convertido em Bitcoin na tentativa de apagar os rastros das atividades.

De acordo com o ministério do Interior espanhol, quatro pessoas foram presas, entre elas, um cidadão ucraniano identificado como Denis K., acusado de ser o cérebro por trás das operações. A polícia disse que os hackers infestavam os sistemas de entidades bancárias, sobretudo da Rússia, mas também da Bielorússia, Azerbaijão, Cazaquistão e Taiwan, com um malware que os permitia controlar caixas-eletrônicos remotamente, mudar saldos e modificar contas.   

Publicidade

No caso da Espanha, os criminosos realizaram extrações de meio milhão de euros no primeiro trimestre de 2017. A polícia afirma que o grupo começou a operar em 2013, com ataques a bancos que russos que surrupiavam por ação, em média, US$ 1,5 milhão. Imediatamente, o dinheiro era convertido em criptomoedas para facilitar movimentação internacional.

De dinheiro a Bitcoin

Embora complexa, a operação dos bandidos tinha limitações. Os hackers precisavam do apoio de outros pessoas — os encarregados de sacar o dinheiro vivo dos caixas atacados. Até 2015, era a máfia russa que fazia o serviço sujo. A partir de 2016, os moldavos assumiram a função.

Após os saques, a grana era trocada por Bitcoin em casas de câmbio da Rússia e da Ucrânia. Em seguida, eram transferidas para as carteiras de Denis K, que chegou a acumular 15 mil Bitcoins. O cérebro da operação usava plataformas financeiras em Gibraltar e no Reino Unido para carregar cartões pré-pagos e utilizar a criptomoeda para todo tipo de bens e serviços na Espanha.  

Na casa onde foi feita a prisão, na cidade de Alicante, foram encontradas joias no valor de 500 mil euros, carros de luxo e computadores. As investigações começaram em 2015 e tiveram o apoio do FBI e da Interpol.

Publicidade

Leia também: Globo Exibe Reportagem Positiva Sobre Bitcoin no Fantástico

 

BitcoinTrade

A primeira plataforma Brasileira que você pode comprar com segurança utilizando o seu Cartão de Crédito como forma de pagamento. Eles aceitam Visa e Mastercard. A BitcoinTrade ainda conta com certificação de segurança PCI Compliance, a única no Brasil. Acesse aqui: https://www.bitcointrade.com.br

VOCÊ PODE GOSTAR
silhueta de executivo triste em frente a computador

Trader que lucrou milhões com manipulação de preços vai a julgamento; caso pode impactar setor DeFi

Trader que lucrou US$ 100 milhões manipulando preços na exchange descentralizada Mango Markets começa a ser julgado hoje nos EUA
Fusão da imagem de uma moeda de bitcoin com a bandeira do Paraguai

Senadores do Paraguai querem pausar toda atividade ligada ao Bitcoin; entenda

Projeto de lei quer que atividades como mineração, compra e venda de Bitcoin sejam suspensas por 180 dias
scanner plano digitaliza a palma de uma mão

TON oferece R$ 25 milhões para escanear mãos dos investidores

HumanCode se junta à The Open Network para oferecer um milhão de Toncoin como incentivo em programa de digitalização de palma da mão baseado em IA
Paolo Ong, da SEC Filipinas

Termina prazo para saída da Binance das Filipinas e reguladores avisam: “Não há como sacar fundos após bloqueio”

“Não podemos endossar nenhum método de como retirar seu dinheiro agora que a ordem de bloqueio foi emitida”, disse o regulador filipino