Imagem da matéria: Polícia da Turquia apreende dezenas de mineradoras de criptomoedas em ação contra contrabando
Policiais da equipe anticontrabando posam com equipamentos apreendidos. Imagem: Reprodução

O Departamento de Polícia de Istambul, na Turquia, comunicou nesta quinta-feira (23) a apreensão de 157 mineradoras de criptomoedas nas províncias de Fatih e Ataşehir, durante uma ação coordenada da Unidade Anticontrabando (KOM), que ocorreu nos dias 20 e 22 deste mês. De acordo com a entidade, duas pessoas foram presas em flagrante.

Um vídeo da ação dos agentes, compartilhado nas redes sociais, mostra policiais desmontando várias rigs de mineração. De acordo com as imagens, os equipamentos se parecem com as placas de vídeo RTX, amplamente usadas por mineradores no mundo todo.

Publicidade

O órgão afirmou que os dispositivos entraram clandestinamente no país em desacordo com as leis do país. As mineradoras apreendidas e foram avaliados pela perícia do KOM em ₺ 1.256.000 (lira turca), o equivalente a US$ 140 mil, “o que fez com que o Estado perdesse impostos”, diz a nota da entidade.

Ainda segundo o DP de Istambul, a perícia avaliou que as operações de extração de criptomoedas realizadas pela dupla de mineradores geraram cerca de US$ 3.500 por mês. “As investigações continuam”, concluiu a nota.

Turquia declarou guerra ao Bitcoin

No último sábado, uma declaração do presidente da Turquia elevou o sentimento negativo do governo acerca do mercado de criptomoedas. “Estamos em guerra contra o bitcoin“, declarou o Recep Tayyip Erdogan, durante uma reunião com estudantes em Mersin, cidade que fica no sul do país.

A declaração, contudo, pode estar em consonância com uma estratégia do Banco Central da Turquia que lançou uma plataforma de colaboração para estudar a emissão de uma Moeda Digital de Banco Central (CBDC), a lira turca digital.

Publicidade

Governo tenta impedir avanço das criptomoedas

Em abril, o governo turco proibiu que o bitcoin e outras criptomoedas fossem usadas para fazer pagamento no país, alegando falta de mecanismos para regulação do setor, o que poderia trazer riscos irreparáveis aos usuários.

No mês seguinte, os reguladores exigiram por meio de decreto que as exchanges seguissem as mesmas diretrizes de segurança dos bancos tradicionais. Mesmo assim, o interesse da população turca pelo bitcoin só cresce no país que sofre a desvalorização da sua moeda nacional.

VOCÊ PODE GOSTAR
simbolo do dólar emergindo de placa de computador

Mercado Bitcoin lista duas novas stablecoins da startup Aryze

Ambas as moedas, devido à paridade com o dólar americano e à libra esterlina, representam estabilidade e diversificação na carteira dos investidores
Imagem da matéria: Transfero se une à Fuse Capital e lança joint venture para modernizar mercado financeiro com blockchain

Transfero se une à Fuse Capital e lança joint venture para modernizar mercado financeiro com blockchain

BRX Finance busca aproveitar as potencialidades da blockchain para criar uma infraestrutura financeira mais eficiente, acessível e transparente para todos os brasileiros
Imagem da matéria: Dogwifhat (WIF) cai 15% em meio à fase de baixa das memecoins

Dogwifhat (WIF) cai 15% em meio à fase de baixa das memecoins

Dogwifhat (WIF) caiu dois dígitos durante a noite e continua a se distanciar de sua máxima histórica
Moedas douradas à frente de bandeira do Brasil

Fundos de criptomoedas têm semana negativa, mas Brasil registra entrada de R$ 15 milhões

Brasil segue momento positivo para fundos de criptomoedas, enquanto produtos ao redor do mundo têm semana negativa com queda dos preços