Imagem da matéria: Polícia Civil faz operação contra corretoras de criptomoedas em São Paulo
Foto: Polícia Civil de São Paulo/Divulgação

A Polícia Civil cumpriu na quinta-feira (22) seis mandados de busca na cidade de São Paulo e em Diadema, na região metropolitana, no âmbito da Operação ‘Exchange’, que investiga fraudes em corretoras de criptomoedas.

No total, R$ 172 milhões de duas pessoas físicas e 17 empresas foram bloqueados. Os nomes das exchanges e dos indivíduos envolvidos não foram divulgados.

Publicidade

Em apenas cinco meses, uma das exchanges transacionou cerca de R$ 10 milhões em ativos digitais com seis empresas falsas. Outras oito companhias ‘fake’ adquiriram R$ 15 milhões em criptomoedas no mesmo período.

De acordo com a investigação, tocada pela 1ª Delegacia de Polícia da Divisão de Investigações sobre Crimes contra a Administração, Combate à Corrupção e Lavagem ou Ocultação de Bens, Direitos e Valores, essas corretoras eram usadas para intermediar a compra e a venda de criptomoedas para empresas fictícias/inidôneas criadas em nomes “laranjas”.

Essas companhias falsas fazem parte de uma organização criminosa que busca lavar dinheiro por meio de ativos digitais.

Ainda de acordo com a polícia, as exchanges operam “conscientemente” com objetivo de facilitar o acesso ao sistema bancário e dar aspecto lícito ao dinheiro recebido.

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin dentro de armadilha selvagem

CVM faz pegadinha e descobre que metade das pessoas cairia em golpe com criptomoedas

Junto com a Anbima, a entidade criou um site de uma empresa fictícia que simulava a oferta de investimentos com lucros altos irreais
miniatura de homem sob pulpito e moeda gigante de bitcoin ao lado

Brasileiros não podem usar criptomoedas para fazer doações nas eleições municipais

A Procuradoria-Geral da República explicou as regras de doações para as eleições municipais de 2024
Sunny Pires surfando

Surfista brasileiro recebe patrocínio em criptomoedas de comunidade web3

Sunny Pires, de 18 anos, embarca neste mês em expedição à Nicarágua com apoio da comunidade web3 Nouns