Logo da Celsius
Foto: Shutterstock

A quebrada plataforma de empréstimo de criptomoedas Celsius anunciou nesta quinta-feira (29) que vai entrar com uma petição solicitando uma extensão de um mês no prazo para os usuários enviarem pedidos de reembolso dentro do atual processo de falência da companhia.

“A Celsius está se preparando para entrar com uma moção no final desta semana solicitando uma prorrogação da data-limite, que é o prazo para entrar com uma reclamação, de 3 de janeiro de 2023, até o início de fevereiro”, disse a empresa na noite de quarta-feira.

Publicidade

A empresa disse que a extensão é necessária “para fornecer aos titulares de contas mais tempo para apresentar quaisquer provas de reivindicação”.

A empresa acrescentou que a moção está programada para ser ouvida por um tribunal de falências em 10 de janeiro de 2023, com o atual prazo de reivindicações definido para a mesma data.

Os credores da Celsius, que acreditam ter direito ao reembolso dos fundos, entraram com mais de 17.200 reivindicações até hoje, de acordo com o agente de reivindicações da empresa, Stretto.

No início deste mês, o juiz de falências dos EUA responsável pelo caso Celsius ordenou que plataforma devolva cerca de US$ 44 milhões em criptomoedas aos clientes das contas de Custódia e Retenção.

Publicidade

Essas contas agiam na prática como carteiras cripto, sem tocar no serviço de empréstimo com juros da empresa.

Advogados caros

Além dos clientes, foi relatado recentemente que advogados e outros consultores no caso da Celsius também buscavam quase US$ 53 milhões em honorários advocatícios por seus serviços, penas quatro meses desde que a empresa entrou com pedido de falência.

Um desses escritórios de advocacia, Kirkland & Ellis, faturou quase US$ 20 milhões por seus serviços de julho a outubro, seguido pelo White & Case LLP, que representa o comitê de credores não garantidos, com uma conta de US$ 10,2 milhões.

Outros consultores notáveis no caso Celsius incluem Alvarez & Marsal North America LLC e M3 Advisory Partners LLP, que buscaram US$ 6,5 milhões e US$ 4 milhões por seus serviços, respectivamente.

*Traduzido com autorização do Decrypt

Como será o mercado de criptomoedas em 2023? Clique aqui e descubra no relatório gratuito do time de Research do MB

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: El Salvador já minerou R$ 154 milhões em Bitcoin usando energia de vulcão

El Salvador já minerou R$ 154 milhões em Bitcoin usando energia de vulcão

A mineração de Bitcoin é feita com energia do vulcão Tecapa, usando 300 processadores voltados para essa atividade
Imagem da matéria: Dogecoin está se aproximando de uma "cruz dourada": o que isso significa?

Dogecoin está se aproximando de uma “cruz dourada”: o que isso significa?

Média móvel simples de 50 semanas (SMA) do preço spot da Dogecoin está atualmente em alta e pode passar barreira das 200 semanas
criptomoedas, criptoativos, regulação, Brasil, projeto de lei

Banco Central anuncia próximos passos da regulamentação do mercado cripto no Brasil

Sem definir datas, BC diz que irá fazer mais uma consulta pública no segundo semestre e um planejamento interno sobre stablecoins
Cachorro Shiba Inu que inspitou Dogecoin

Kabosu, a cachorrinha que inspirou a Dogecoin, falece aos 18 anos

Kabosu sofria de doença crônica e já era muito idosa; segundo sua dona, a cachorrinha “faleceu silenciosamente”