agentes da PF
DIvulgação/PF

A Polícia Federal (PF) se mobilizou nesta terça-feira (28) para cumprir 28 mandados de prisão, busca e apreensão em várias cidades do Brasil contra 72 pessoas e empresas. Eles são acusados de formar uma pirâmide financeira que teria movimentado cerca de R$ 1 bilhão em um esquema de arbitragem de criptomoedas.

Segundo comunicado da PF, os mandados estão sendo cumpridos através da “Operação Ouranós” nas cidades de Balneário Camboriú e Palhoça (SC), Porto Alegre (RS), Curitiba (PR) e São Paulo (SP). Dentre as determinações da justiça, estão o bloqueio e sequestro de aproximadamente R$ 400 milhões em bens como embarcações e veículos de luxo, mais de 111 contas bancárias, além de três fundos de investimento.

Publicidade

Imagens divulgadas pela PF mostram que além de carros de luxo e relógios, uma aeronave também foi confiscada:

Fotos: Divulgação/Polícia Federal

De acordo com um comunicado da PF, o esquema de pirâmide consistiu, pelo menos desde 2020, em fazer operar uma distribuidora de títulos e valores mobiliários para captar os recursos de cerca de 7 mil investidores de 17 estados brasileiros.

Por meio de uma oferta pública de Contratos de Investimento Coletivo (CIC), o dinheiro dos investidores eram supostamente aplicados em arbitragem de criptomoedas, com remunerações fixas e variáveis, sem qualquer controle, registro ou autorização dos órgãos competentes, como a Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

“A partir dessa captação bilionária, os recursos transitaram em várias contas de passagem, de diversas empresas, por meio de blindagem patrimonial, visando esvaziar o patrimônio da instituição financeira clandestina”, diz a PF.

O órgão ressalta também que o rastreamento dos recursos ilícitos mostrou que os investigados realizaram uma “centrifugação de dinheiro”, um sistema que consiste na utilização de vários níveis em contas de passagem, com fracionamento de transferências bancárias.

Publicidade

“As investigações identificaram, ainda, investimentos com possível origem no tráfico de drogas, crimes contra o sistema financeiro nacional e fraudes empresariais e fiscais”, destaca a PF.

A apuração, iniciada em 2020, constatou que o início das ações ilícitas ocorreu em Balneário Camboriú (SC), em seguida em Curitiba (PR), estendendo-se, posteriormente, para o centro econômico do país, em São Paulo.

“Os fatos investigados constituem, em tese, os crimes de lavagem de dinheiro, organização criminosa e crimes contra o sistema financeiro nacional, dentre eles, fazer operar instituição financeira sem autorização, oferta irregular de valor mobiliário, exercício ilegal de assessoria de investimento”, finaliza.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Em evento na Europa, Vitalik Buterin discute melhorias cruciais para evolução do Ethereum

Em evento na Europa, Vitalik Buterin discute melhorias cruciais para evolução do Ethereum

Além de uma palestra de Vitalik Buterin, evento focado em Ethereum mostrou a força do Brasil na comunidade e reconhecimento como um hub na América Latina
Lionel Messi jogador de futebol durante partida pela seleção da Argentina

Tokens da Argentina e Espanha despencam mais de 20% após títulos; entenda por quê

Tokens oficiais das seleções da Argentina e Espanha caíram entre 22% e 25% após as vitórias de domingo
Donald Trump é fotografado em comício nos EUA

Trump quase baniu o Bitcoin em 2020, mas uma pessoa o impediu

“Trump não acredita em nada além de si mesmo”, disse o executivo da Block Inc., Mike Brock
Imagem da matéria: Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code desta segunda (15)

Hamster Kombat: Veja o Daily Combo e Cipher Code desta segunda (15)

Procurando o combo diário e o código cifrado de segunda-feira, 15 de julho? Aqui está o que você precisa para ganhar moedas no jogo Hamster Kombat do Telegram