Imagem da matéria: Pesquisa Mostra que Meio Bilhão de Pessoas estão Minerando Criptomoedas sem Saber

A empresa por trás do programa que bloqueia anúncios, a Adguard, analisou os 100.000 sites mais populares para scripts de mineração de criptomoedas. Eles descobriram que mais de 500 milhões de pessoas tem minerado criptomoedas e “eles não tem ideia de que isso está acontecendo”.

Mais de meio milhão de pessoas afetadas

A Adguard, que produz um programa de bloqueio de anúncios com o mesmo nome, recentemente analisou sites para scripts de mineração de criptomoedas, seguindo a notícia de que alguns deles usaram os navegadores de seus usuários para minerar. Os top 100.000 sites classificados pela Alexa foram inspecionados. O co-fundador e o diretor de tecnologia Andrey Meshkov compartilhou as descobertas de sua empresa na quinta-feira.

Publicidade

“Nós procuramos os códigos para Coinhive e JSEcoin, as soluções mais populares para a mineração de navegadores em uso agora”, escreveu Meshkov. A análise revelou que 220 desses sites usavam scripts. Os quatro países mais visados são os EUA, Índia, Rússia e Brasil.

Meshkov detalhou:

Encontramos 220 sites que estão minerando quando um usuário abre sua página principal, com uma audiência agregada de 500 milhões de pessoas. Essas pessoas vivem em todo o mundo; Existem sites com usuários dos EUA, China, países da América do Sul e da Europa, Rússia, Índia, Irã … e a lista continua.

Substituindo anúncios com receita de mineração

Adguard estimou que cada site que executa um script desses ganhou cerca de US$ 43,000 no prazo de três semanas examinado. Embora não tenham feito milhões, disse Meshkov, “esse dinheiro foi feito em três semanas com custo quase zero”.

A maioria dos sites que usam scripts de mineração de criptomoedas são “sites de TV e vídeo piratas, rastreadores Torrent e sites pornográficos”, ele descreveu. As plataformas de streaming de vídeo são ideais para a mineração, explicou, citando “eles possuem uma grande audiência que mantém seu site aberto em seus navegadores por um longo tempo”. O maior motor de busca de torrents, The Pirate Bay, foi recentemente capturado usando Coinhive. Meshkov sugeriu:

A maneira ética de um site ganhar dinheiro extraindo através dos computadores do público é solicitar primeiro permissão ao público e permitir a possibilidade de exclusão. Na verdade, essa prática poderia tornar a mineração ainda mais ética do que os anúncios. Afinal, ninguém nos pergunta se gostaríamos de ver anúncios em um site.

Recentemente a Coinhive pediu aos sites que pedissem permissão aos usuários para usar seus processadores com a finalidade de minerar criptomoedas.

VOCÊ PODE GOSTAR
Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto

Executivo da Binance é transferido para prisão subterrânea na Nigéria 

A Justiça transferiu Tigran Gambaryan para presídio após fuga de seu colega da Binance que também estava detido na Nigéria
Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos cripto brasileiros ficam pela segunda semana consecutiva atrás apenas dos EUA em captação
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe 4% e Ethereum salta 7% puxados por ETFs em Hong Kong e alívio de tensões no Oriente Médio

Manhã Cripto: Bitcoin sobe 4% e Ethereum salta 7% puxados por ETFs em Hong Kong e alívio de tensões no Oriente Médio

Após forte queda no fim de semana, Bitcoin e Ethereum voltam a ganhar força com notícias de que Hong Kong aprovou ETFs das criptomoedas
piramide financeira criptomoedas

Ex-diretora da pirâmide OneCoin é condenada a 4 anos de prisão nos EUA

Onecoin foi criada pela búlgara Ruja Ignatova, a famosa “Rainha das Criptomoedas” foragida do FBI