miniaturas de pessoas minerando bitcoin em meio a pedras e folhagens
(Foto: Shutterstock)

Especialistas afirmam que a enorme alta de preço do Bitcoin – interrompida, por ora, por uma forte queda – pavimentou um caminho seguro para as empresas de mineração de Bitcoin após o halving.

Em janeiro, a Cantor Fitzgerald estimou o custo total médio para minerar uma moeda para várias empresas de mineração de Bitcoin de capital aberto após o halving em abril, que reduzirá pela metade as receitas dos mineradores em termos de BTC. O Bitcoin era negociado a US$ 40 mil na época, deixando apenas duas de 13 empresas na zona de lucro.

Publicidade

Com o preço de hoje de US$ 67 mil, no entanto, todas as empresas analisadas – incluindo Marathon Digital (MARA), Riot Platforms (RIOT) e Iris Energy (IREN) – estariam firmemente no verde.

Os números de desempenho auto relatados pelos mineradores parecem confirmar isso.

Em sua “Atualização para Investidores” de fevereiro, a Iris Energy disse que seu custo de eletricidade por BTC era de US$ 20.158, implicando que gastará aproximadamente US$ 40 mil para minerar moedas após o halving.

É um sinal promissor para compradores de longo prazo de ações de mineração, cujos investimentos têm sangrado substancialmente desde o lançamento dos ETFs de Bitcoin à vista em janeiro.

Enquanto outros indicadores de desempenho do Bitcoin, como MicroStrategy (MSTR) e Coinbase (COIN), se recuperaram substancialmente da queda pós-lançamento, a maioria dos mineradores continua a cair à medida que temores em torno do halving assolam toda a indústria.

Publicidade

A CleanSpark (CLSK) é uma das únicas exceções, com alta de 57% desde o início do ano, mais ou menos em linha com os ganhos do próprio BTC. Tanto pelas medidas da empresa quanto pela análise da Cantor, o custo de mineração por moeda da CleanSpark permanecerá abaixo de US$ 37 mil – e provavelmente muito mais baixo.

“A CLSK está fazendo as coisas bem, crescendo rapidamente e fazendo isso por meio de diluição, o que provavelmente é a melhor maneira”, disse Anthony Power, CEO da Power Mining Analysis, ao Decrypt. “A CLSK cresceu 6.0 exahashes por segundo (60%) desde o início do ano – é por isso que o preço da ação está mais alto.”

Power nomeou a Bitdeer como outra concorrente altamente eficiente, dizendo que é “a empresa de mineração de BTC completamente integrada verticalmente.” Entre sua frota de mineração própria, serviços de hospedagem, mineração baseada em nuvem e produção de ASIC, o “custo em dinheiro” por Bitcoin minerado da empresa estava em apenas US$ 18.319 até o terceiro trimestre de 2023, segundo os cálculos dos analistas.

“Custos em dinheiro são tudo o que você precisa pagar com dinheiro”, explicou ele. “Exclui depreciação e compensação em ações.”

Publicidade

A estimativa de janeiro da Cantor colocou o custo por moeda minerada da Bitdeer em apenas US$ 17.744 após o halving, substancialmente mais baixo do que todos os concorrentes.

*Traduzido com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Grupo de bancos centrais lança projeto de tokenização para aprimorar sistema financeiro global

Grupo de bancos centrais lança projeto de tokenização para aprimorar sistema financeiro global

Projeto quer aproveitar contratos inteligentes e tokenização para acelerar os serviços que os bancos centrais oferecem às instituições financeiras globais
Imagem da matéria: Com halving a horas de acontecer, Bitcoin Cash bate maior preço desde 2021

Com halving a horas de acontecer, Bitcoin Cash bate maior preço desde 2021

Criptoativo registrou um aumento de 5% nas últimas 24 horas e um aumento considerável de 43% nos últimos 30 dias
graficos vermelhos em queda

Investidores sacam R$ 1 bilhão de projeto DeFi da Solana após renúncia de CEO

O fundador da Marginfi anunciou sua renúncia em meio a um turbilhão de controvérsia e desentendimento operacional
Uniswap, venture, criptomoedas, investimentos, web3

Manhã Cripto: Token da Uniswap despenca 17% após alerta de processo da SEC e Bitcoin recupera os US$ 70 mil

CEO da Uniswap, Hayden Adams, disse não estar surpreso, “apenas irritado, desapontado e pronto para lutar”