Imagem da matéria: Governos vão "banir" o Bitcoin, diz Ray Dalio, da Bridgewater
Ray Dalio (Foto: Roy Rochlin /Getty Images)

O bitcoin não é um bom ativo alternativo porque os governos acabarão por proibi-lo, disse o investidor bilionário Ray Dalio.

A maior criptomoeda por capitalização de mercado também é problemática por causa de sua volatilidade e da incapacidade de gastá-la em bens de uso diário, disse Dalio em entrevista ao Yahoo Finance no final de semana passado.

Publicidade

Dalio, que dirige o maior fundo de hedge do mundo, Bridgewater Associates, disse na entrevista que, em vez disso, espera que o mundo se volte cada vez mais para as moedas digitais do banco central – como o dólar, euro ou Yuan Digital.

“Teoricamente, [Bitcoin] é bom, mas existem três coisas básicas – uma moeda tem que ser um meio de troca eficaz, uma reserva de valor, e os governos querem controlá-la”, disse Dalio, descrevendo os problemas com o Bitcoin. “Hoje ainda não posso pegar meu bitcoin e comprar coisas facilmente com ele.”

Dalio também disse que o Bitcoin é “muito volátil” e isso o impede de ser útil como reserva de valor. Ele então acrescentou que os governos acabarão por “proibir” o Bitcoin.

“E eles [os governos] usarão todos os dentes que tiverem para fazer isso, eles dirão que você não pode negociar um Bitcoin, você não pode tê-lo”, disse ele. “Então você teria que ser tipo, um criminoso. Eu vou ser um criminoso? Eles baniram o ouro.”

Publicidade

“Eu não preferiria Bitcoin a ouro.”

Esta não é a primeira vez que Dalio critica o Bitcoin e elogia o ouro. Em janeiro, o investidor disse que a criptomoeda era muito volátil – mas disse que todos deveriam ter ouro em sua carteira. Ele também mostrou interesse na Libra do Facebook.

Seus comentários ocorrem em um momento em que os investidores institucionais estão demonstrando mais interesse na criptomoeda – que é parcialmente responsável pela explosão no preço do Bitcoin, de acordo com analistas de mercado.

A chave para um portfólio de sucesso de Dalio, disse ele ao Yahoo Finance, é “diversificar, diversificar, diversificar”. Evidentemente, porém, essa diversidade não se estende necessariamente ao Bitcoin, de acordo com o investidor bilionário.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
bitcoin brilhando na mão

Semler Scientific investe US$ 40 milhões em Bitcoin e ações disparam 25%

As ações da Semler Scientific subiram 25% após a entidade anunciar a adoção do Bitcoin como principal ativo de reserva do tesouro
Moedas de Bitcoin sobre mesa espelhada

Estudo mostra que 61% dos investidores brasileiros não pretendem vender Bitcoin

Pesquisa realizada pela Bitget releva otimismo pós-halving do Bitcoin
Sob um banco de madeira três criptomoedas ao lado de um celular com logo do Nubank

Nubank libera envio e recebimento de criptomoedas de carteiras externas

Já estão disponíveis para essas transações Bitcoin, Ethereum e Solana; outras moedas e redes serão adicionadas em breve
Moedas de bitcoin sob mesa escura com sigal ETF

ETFs de Bitcoin à vista já controlam mais de 1 milhão de BTC

Mais da metade dos US$ 70,5 bilhões em fundos está praticamente dividida entre Grayscale e BlackRock