Imagem da matéria: Opinião: A Empiricus nunca irá descobrir o novo Bitcoin
Foto: Shutterstock

Toda semana surge algum “expert” afirmando que determinada shitcoin vai substituir o Bitcoin. O discurso é sempre o mesmo: limitações da moeda 1.0, 2.0, que determinado projeto vai resolver.

É possível acabar com o gargalo da Ethereum, reduzindo o custo de transações e acabando com o problema do tamanho do banco de dados? Sim.

Publicidade

Como assim? Existe um projeto rápido, seguro e barato?

Sim, chama-se Amazon Web Services (AWS). É possível inclusive utilizar a tecnologia de validadores independentes que depositam valores para assegurar sua honestidade. A solução pode contar com criptografia, e qualquer usuário pode manter uma cópia do registro, de forma independente, se assim desejar.

Ficou triste? Achou que havia uma mágica para resolver o trilema da escalabilidade (segurança — velocidade — independência)? Pois é, não há milagre. Para ganhar em velocidade e segurança, abre-se mão da independência, isto é, da descentralização.

Solana e Cardano podem “melhorar” o Ethereum?

Sem dúvidas, é possível aumentar a escalabilidade, com um nível semelhante de segurança, porém abrindo mão da independência. Isso ocorre tanto pela necessidade de abandonar a mineração tradicional, quanto pela crescente dificuldade de usuários comuns, rodando o software em um equipamento doméstico, de acompanhar e validar individualmente todas as transações.

Existem centenas de “malabarismos” para evitar que agentes maliciosos se tornem validadores e passem a privilegiar ou censurar transações; no entanto, o modelo cria uma brecha para ataques. Nenhum sistema é perfeito, porém a tendência é que o grupo de validadores concentre-se nos grandes detentores de moedas, que inclui exchanges, fundos e intermediários.

Publicidade

A mineração do Bitcoin é ineficiente?

Sim, mas o sistema foi desenhado para isso. A prova de trabalho foi criada para tirar incentivos do spam nos e-mails. O gasto computacional, e energético, é proposital. Não há como garantir que o staker, que depositou garantias para atuar como validador, está “alinhado” com os interesses dos demais.

No Bitcoin, mesmo que grande parte dos mineradores apoiem uma mudança, são os usuários que ditam se vão ou não atualizar o software. Isso já ocorreu em 2015-2017 com o movimento NO2X, que se opôs ao aumento do tamanho do bloco, privilegiando o desenvolvimento da segunda camada.

Mas o André Franco já acertou o call de…

Não tenho nada contra o André Franco. Pelo contrário, ele estuda muito. No entanto, a jogada da Empiricus é puramente estatística. Se você escolher 50 shitcoins ao longo do ano, é bem provável que 10 dêem um salto absurdo. Basta marketear as campeãs e ignorar o retorno da carteira ante o benchmark, no caso, o Bitcoin.

Quanto ao argumento do “stop loss”, se você seguir a mesma regra, e eliminar os casos dentre as 10 campeãs, o resultado tende a piorar. Não acredita? Teste você mesmo escolhendo 4 shitcoins todo mês e acompanhe por um ano.

Publicidade

Sobre o autor

Marcel Pechman atuou como trader por 18 anos nos bancos UBS, Deutsche e Safra. Em 2017, se tornou trader e analista de criptomoedas. Maximalista convicto, assina também o canal no Youtube RadarBTC.

VOCÊ PODE GOSTAR
silhueta de executivo triste em frente a computador

Trader que lucrou milhões com manipulação de preços vai a julgamento; caso pode impactar setor DeFi

Trader que lucrou US$ 100 milhões manipulando preços na exchange descentralizada Mango Markets começa a ser julgado hoje nos EUA
javier milei presidente da argentina

Milei é criticado por propor regulação cripto: “Sofrerá as consequências de não entender o Bitcoin”

“Javier Milei cometeu grande erro. Ele nunca reservou um tempo para entender o Bitcoin e irá sofrer as consequências”, disse Max Keiser
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin ganha força à espera de dados de emprego nos EUA; Paraguai propõe suspender mineração cripto

Manhã Cripto: Bitcoin ganha força à espera de dados de emprego nos EUA; Paraguai propõe suspender mineração cripto

Bitcoin e Ethereum vão em direções opostas nesta sexta-feira (5), com investidores globais atentos aos dados do mercado de trabalho nos EUA
scanner plano digitaliza a palma de uma mão

TON oferece R$ 25 milhões para escanear mãos dos investidores

HumanCode se junta à The Open Network para oferecer um milhão de Toncoin como incentivo em programa de digitalização de palma da mão baseado em IA