Imagem da matéria: Novo padrão ERC-4626 do Ethereum pode ampliar crescimento do setor DeFi; entenda
(Foto: Shutterstock)

Se você conhece tokens não fungíveis (ou NFTs, na sigla em inglês), você sabe do que se trata o padrão ERC-721 — que torna os NFTs exclusivos e diferentes. Mas você já ouviu falar do padrão ERC-4626?

O valor total bloqueado (ou TVL) em todos os protocolos de Finanças Descentralizadas (ou DeFi) é de US$ 193 bilhões, segundo dados do DeFi Llama.

Publicidade

Desde a explosão das DeFi em 2020, um conceito chamado “yield farming” surgiu: Usuários depositam fundos em uma plataforma, como o protocolo de empréstimos Compound, e são recompensados com uma parte dos lucros à medida que seus depósitos são emprestados, assim como o pagamento de juros de um banco tradicional.

Mas yield farming era bem menos atrativo a usuários individuais que não tinham muito dinheiro ou conhecimento sobre o conceito, resultando no surgimento de “agregadores de retorno” (ou “yield aggregators”) — conjuntos de contratos autônomos que unem fundos de usuários e otimizam retornos —, que rapidamente ficaram conhecidos como “vaults”.

Porém, esses “vaults” não tinham padrões de implementação, resultando em diversas complexidades. “Yield aggregators”, “vaults”, mercados de empréstimo e tokens nativos de retorno sempre eram implementados com poucas variações.

Era difícil desenvolver aplicações em vaults e isso criou a possibilidade de haver vulnerabilidades de segurança. A escalabilidade também era limitada.

Publicidade

À medida que vaults operavam em contratos autônomos, usuários comuns não conseguiam interagir com eles, o que apenas aumentou a importância de haver aplicações descentralizadas (ou dapps) que poderiam ser desenvolvidas em vaults.

O padrão de “vaults”

Uma Proposta de Melhoria ao Ethereum (EIP) criada em 22 de dezembro e apresentada por Joey Santoro, fundador do protocolo Fei, desejava mudar isso. Pode entrar, EIP-4626.

 

Embora o principal objetivo da proposta fosse implementar padrões robustos de implementação para vaults, também evidenciou as possíveis falhas de segurança de vaults que não tinham um padrão específico.

A EIP-4626 foi aprovada em 18 de março (depois que passam a ser aprovadas, EIPs se tornam Pedidos de Comentário do Ethereum ou ERCs). Desde então, diversos protocolos DeFi — como Yearn Finance, Balancer, Rari Capital e mStable — começaram a implementar ERC-4626 em seus vaults.

Publicidade
 

Todas as aplicações desenvolvidas nos vaults padrão ERC-4626 funcionam com outros vaults de mesmo padrão e que geram rendimentos. Então, com a facilidade de integração desses contratos, novas inovações surgiram para estratégias de retorno.

Com o padrão ERC-4626, vaults agora são classificados em duas categorias principais: transferíveis e não transferíveis.

Em vaults transferíveis, um token ERC-20 representativo é emitido ao usuário. Esse token representará a fração do pool no vault pertencente ao usuário. Vaults não transferíveis não utilizam tokens.

Criar vaults padronizados apresenta novas possibilidades de interoperabilidade entre diferentes protocolos. Também pode pavimentar o caminho para uma compatibilidade melhorada de protocolos entre múltiplos blockchains.

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

VOCÊ PODE GOSTAR
notcoin jogo cripto telegram

Notcoin dispara 50% em 24 horas e fica em 4º lugar em volume negociado

Menos de um mês após seu lançamento, o Notcoin já superou US$ 2 bilhões de valor de mercado e se aproxima do grupo das 50 maiores criptomoedas do mundo
Imagem da matéria: Investidores da Ásia podem impulsionar crescimento do Runes Bitcoin

Investidores da Ásia podem impulsionar crescimento do Runes Bitcoin

Algumas empresas de investimento asiáticas, como o Newman Group, sediado em Hong Kong, já entraram de cabeça nas Runes
Ilustração mostra baleia mergulhando num mar de bitcoin

40% do fornecimento total do Bitcoin é mantido por baleias, diz levantamento

Acumulação pode estar alinhada ao fluxo contínuo e positivo de investimentos em ETFs de Bitcoin à vista
Imagem da matéria: Nova York processa minerador de criptomoedas e exchange cripto por fraude de US$ 1 bilhão

Nova York processa minerador de criptomoedas e exchange cripto por fraude de US$ 1 bilhão

Autoridades acusam a exchange cripto NovaTech e a empresa de mineração AWS Mining de “envolvimento em esquemas de pirâmide ilegais”