Imagem da matéria: A Nova História dos Bancos: A Decepção

No artigo anterior, examinamos as vantagens básicas do primeiro criptobanco peer-to-peer Datarius que surgirá no início de 2019. Portanto, é um ótimo momento para voltar para a complexidade do sistema bancário comum e encontrar quais foram as condições prévias e as principais razões para o desenvolvimento das tecnologias financeiras.

A história dos bancos provavelmente inicia-se com o aparecimento das primeiras pessoas que emprestavam dinheiro, que haviam trabalhado na Babilônia antiga desde o século 7 a.C. De acordo com a história desta região, eles conseguiram colocar em circulação as primeiras notas denominadas “hudu”. Desde então, a popularidade dos intermediários financeiros tem crescido rapidamente ao longo dos tempos até a invenção das tecnologias modernas, Blockchain, em particular, que proporcionou aos clientes novas oportunidades de gestão financeira.

Publicidade

Não é nem preciso dizer que o sistema atual já estabelecido de participação dos bancos nas relações modernas não pode mais atender às especificações da economia atual.

Os bancos atualmente vivem principalmente de regras desatualizadas de gestão com o cliente e sobrevivem apenas à custa das contribuições involuntárias dos clientes.

Todos aqui, mais ou menos, já se perguntaram: “Por que eu mesmo tenho que pagar a transação entre minhas contas para outra pessoa, não importa se é uma pessoa física ou jurídica?” E esse descontentamento não se refere apenas a bancos públicos e privados, mas também destaca a injustiça evidente na atitude das empresas dominantes especializadas em transferência de dinheiro.

A regulamentação conservadora dos fluxos de caixa dentro do sistema de circulação digital coloca um fardo irracional sobre os usuários, forçando-os a buscar uma solução melhor em questões relacionadas aos serviços financeiros. Especial preocupação a este respeito é escolher um sistema unificado baseado em tecnologias atualizadas e capaz de renovação contínua e adaptação aos requisitos recentes. Esse sistema deve fornecer aos usuários informações confiáveis ​​sobre suas transferências privadas de dinheiro e garantir que cada cliente seja tratado corretamente em comparação com os outros, e estes são os pontos que o Datarius planeja implementar melhor.

Publicidade

Embora as pessoas tenham se acostumado com os serviços de bancos tradicionais de prestígio, estes últimos geralmente são considerados impraticáveis, pouco confiáveis ​​e demorados. A fim de resolver essa insatisfação, o Datarius oferece serviços orientados para clientes baseados nas preferências pessoais deles, o que não incomodará os usuários com propostas excessivas e interferência com a equipe.

Considerando a importância prévia dos investimentos individuais, o Datarius servirá os clientes com um sistema que funcione com base na descentralização, o que, por sua vez, implica total ausência de controle sobre a plataforma por parte de um governo, já que não pertence a nenhuma jurisdição. Portanto, o criptobanco tem como objetivo operar sob os auspícios da igualdade, o que significa que todos os clientes devem ter oportunidades iguais para realizar suas ambições. O total critério para aproveitar as vantagens do banco peer-to-peer permite os usuários evitar impostos adicionais e transferir seus investimentos sem taxas. Ao fazê-lo, o criptobanco fornecerá aos seus clientes a chance de escolher suas taxas de juros que melhor lhe servirem.

Devemos também notar que o sistema bancário tradicional exclui a possibilidade de contato direto entre as partes em uma transação e, portanto, o Datarius incluirá uma plataforma de comunicação que agrupe os usuários para uma melhor escolha de seus investimentos e, este processo, não necessitará necessariamente de um gerente pessoal de risco, embora este serviço esteja disponível, se quiser.

É lamentável, mas o sistema bancário tradicional tornou-se obsoleto em desenvolvimentos tecnológicos. A relação entre os intermediários e os clientes tornou-se muito dispendiosa para os clientes, e é por isso que o Datarius se destina a remover as fraquezas do sistema financeiro ultrapassado e reverter as lacunas administrativas.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: BNB e Ethereum se destacam com parcerias, enquanto KangaMoon demonstra um potencial disruptivo

BNB e Ethereum se destacam com parcerias, enquanto KangaMoon demonstra um potencial disruptivo

Recentemente, MoonPay e BitPay, duas grandes organizações financeiras, uniram forças para agilizar…
Imagem da matéria: CoinEx comemora Bitcoin Pizza Day com campanha “Uma mordida de Bitcoin”

CoinEx comemora Bitcoin Pizza Day com campanha “Uma mordida de Bitcoin”

Uma fatia de pizza mudou as finanças globais. Em 22 de maio,…