miniaturas de pessoas minerando bitcoin em meio a pedras e folhagens
(Foto: Shutterstock)

Será que os pools de mineração de Bitcoin são muito poderosos? Será que eles tornam o Bitcoin muito centralizado? O protocolo Stratum v2, uma revisão do sistema de mineração de Bitcoin, pretende tornar esses questionamentos coias do passado.

No último lançamento da versão de código aberto do Protocolo Stratum v2 (SV2), os desenvolvedores anunciaram que concluíram a “negociação de trabalho”, uma característica importante para a indústria Bitcoin mais ampla, porque dá aos pools de mineração menos poder sobre a seleção de transações.

Publicidade

A mineração é um componente-chave que faz o Bitcoin funcionar. Mineradores de todo o mundo colhem recompensas de Bitcoin em troca do poder de computação que usam para proteger a rede.

Mas, mesmo que qualquer pessoa com o hardware correto seja livre para minerar, os mineradores individuais provavelmente perderão dinheiro se operarem sozinhos. Os mineradores geralmente se inscrevem nos conhecidos “pools de mineração” para combinar seus recursos e aumentar suas chances de obter recompensas de Bitcoin.

Desde 2018, os desenvolvedores de Bitcoin têm trabalhado no SV2, que conecta mineradores com pools de mineração de uma forma mais perfeita, tornando a mineração mais eficiente e segura. Mas a “negociação de trabalho”, que aconteceu com a atualização mais recente, é a parte mais importante dela.

O Stratum v1 — que o SV2 está substituindo — tem os seus problemas. “Na mineração combinada, a rede inteira é propensa à censura, uma vez que os pools de mineração são um único ponto de falha — um terceiro confiável”, explicou Pavlenex, gerente pseudônimo do programa Bitcoin que trabalha com a equipe Stratum.

Publicidade

“Os reguladores poderiam forçar certos pools de mineração a não incluir certas transações em um bloco, por exemplo”

Essa atualização pode impedir isso.

Resistência à censura?

A razão do Bitcoin é ser um dinheiro que nenhuma empresa ou governo pode controlar. Mas a centralização tem uma tendência implacável de se infiltrar no cenário.

Muitos Bitcoiners se preocupam com os pools de mineração como uma força centralizadora. Hoje, por exemplo, apenas dois pools de mineração representam cerca de 60% da rede.

Quando os pools de mineração usam o protocolo Stratum v1, quem controla o pool de mineração tem o poder de interromper certas transações.

Os governos poderiam potencialmente usar pools de mineração como um ponto de estrangulamento para impedir transações que não gostam, por exemplo.

Publicidade

Este não é um medo imaginativo. Já sabemos que os pools de mineração censuram transações ao longo dos anos, inclusive anunciando este fato para fazer os reguladores felizes.

Mas com a atualização mais recente do Stratum, a tarefa de seleção de transações é dada a mineradores individuais, tornando os pools de mineração menos perseguidos.

O que isso significa é que, em vez de simplesmente ir direto para a Foundry USA e exigir que bloqueassem certas transações, um governo (ou outra entidade de censura) precisaria ir individualmente a todas as centenas de mineradores que compõem a Foundry para fazer tal pedido.

“Para toda a rede, a capacidade das mineradoras de selecionar transações significa que o poder volta de um punhado de entidades poderosas para milhares de mineradores individuais”, disse Pavlenex.

“Uma grande responsabilidade”

Mas, para ser claro, o SV2 ainda não foi adotado pelos pools de mineração. O SRI ainda está em desenvolvimento. Pavlenex também analisou que eles estão buscando os “early adopters” para testar o software como está hoje. “Gostaríamos de convidar mineradores, pools e fabricantes de firmware para nos ajudar a testar nossa última atualização, fornecer feedback e influenciar diretamente a direção de nosso desenvolvimento”, disse ele.

Publicidade

A Pavlenex acredita que os pools de mineração estarão ansiosos para adotar o novo protocolo SV2, não apenas pelos ganhos de eficiência, mas porque muitos deles não querem a responsabilidade de bloquear transações.

“Os Pools provavelmente adotarão o SV2 porque também não querem ser um ponto central de falha. É uma grande responsabilidade, e nossa última atualização os ajuda a se livrar dessa pressão e risco”, disse ele.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
Vitalik Buterin criador do Ethereum

A proposta de taxas de gás de Vitalik Buterin tornará o Ethereum mais parecido com a Solana?

Vitalik propõe “taxas de gás multidimensionais” e afirma que é uma busca para um sistema mais personalizado e equitativo
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin abre semana em alta de 2,8%; Grandes investidores do Japão e EUA ganham exposição ao BTC

Manhã Cripto: Bitcoin abre semana em alta de 2,8%; Grandes investidores do Japão e EUA ganham exposição ao BTC

Wells Fargo dos EUA e a Metaplanet do Japão anunciaram novos investimentos no Bitcoin
Imagem da matéria: Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador sortudo de Bitcoin resolve bloco sozinho e fatura R$ 1 milhão

Minerador solo completou o bloco 843.231 do Bitcoin usando software da CKpool
Imagem da matéria: Investidores aproveitam queda do Bitcoin para acumular ainda mais moedas

Investidores aproveitam queda do Bitcoin para acumular ainda mais moedas

As baleias de Bitcoin compraram avidamente a última queda; investidores de longo prazo agora aguardam a próxima alta para realizar lucros