Imagem da matéria: NodeMonkes supera Bored Ape em meio à febre dos Ordinals do Bitcoin
Artes do NodeMonkes e Bored Ape Yacht Club (Imagem: NodeMonkes/Yuga Labs)

A coleção de NFTs NodeMonkes ultrapassou a famosa Bored Ape Yacht Club nesta semana ao atingir uma capitalização de mercado de 7.300 BTC, cerca de US$ 490 milhões, de acordo com o marketplace Magic Eden. Em comparação, a capitalização de mercado do Bored Ape Yacht Club na época era de 136.500 ETH, cerca de US$ 483 milhões, de acordo com o site de análise NFTs, NFT Price Floor.

Os Apes baseados em Ethereum estão novamente no topo, no momento em que este texto foi escrito, mas as coleções permanecem próximas em valor — uma diferença de menos de US$ 30 milhões em cripto entre seus respectivos valores de mercado. A capitalização de mercado de um projeto NFT é o preço mínimo multiplicado pelo número de ativos na coleção.

Publicidade

Lançado em dezembro, o NodeMonkes é uma coleção baseada nos Ordinals do Bitcoin e é composta por 10 mil cards digitais com tema de macacos de 8 bits.

Em fevereiro, o NFT NodeMonkes #2769 foi vendido por 17 BTC, em torno de US$ 1,08 milhão na época. O preço mínimo do NodeMonkes subiu de 0,53 BTC para 0,83 BTC no domingo (17) em um período de apenas 12 horas, embora tenha recuado desde então para 0,67 BTC.

Bitcoin Ordinals

Os projetos de Bitcoin Ordinals têm visto uma demanda crescente nos últimos meses, à medida que o preço do próprio Bitcoin estabelece novas máximas históricas. Na última semana, os projetos Ordinals acumularam US$ 135 milhões em volume de negociação, segundo dados do CryptoSlam, enquanto os NFTs do Ethereum registraram US$ 113 milhões em volume de vendas.

O Runestone, outro projeto proeminente de Ordinals, também está se valorizando ultimamente. Após um airdrop no dia 14 de março, a coleção de 112.383 tokens de Bitcoin disparou para os três projetos NFT mais negociados, segundo dados do DappRadar, com US$ 5,3 milhões em volume de negociação em 24 horas.

Publicidade

Embora o airdrop do Runestone tenha sido um marco significativo para a coleção, o evento principal ocorrerá após o halving do Bitcoin em abril, quando o protocolo de token Rune do criador do Ordinals, Casey Rodarmor, estiver on-line.

“Runestone é um projeto pré-Runes em que a inscrição Runestone que os usuários recebem no airdrop será convertida em um token Rune no protocolo Rune de Casey quando ele for lançado em oito semanas”, disse Leonidas, historiador de NFTs e porta-voz da Runestone, ao Decrypt.

Antes do airdrop da semana passada, a expectativa pelo airdrop da Runestone era tão grande que uma única inscrição de Runestone, 63.140.674, foi vendida por 8 BTC, cerca de US$ 533.956, em um leilão.

Não querendo ficar de fora da onda inicial de interesse nos Ordinals em 2023, a empresa por trás do Bored Ape Yacht Club, Yuga Labs, lançou sua própria coleção de inscrições Ordinals chamada TwelveFold, uma série de 300 peças de arte NFT generativas.

Publicidade

“Estamos entusiasmados com as inscrições Ordinals e com o que o futuro reserva para os artefatos digitais em Bitcoin”, disse o cofundador da Yuga Labs, Greg Solano, na ocasião.

*Traduzido por Gustavo Martins com autorização do Decrypt.

VOCÊ PODE GOSTAR
moeda de bitcoin e ethereum com gráfico ao fundo

Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) supera US$ 72 mil com halving cada vez mais próximo; ETH dispara 6%

É a primeira vez que o Bitcoin bate a marca de US$ 72 mil desde meados de março
Senado, Congresso, Câmara dos Deputados, Brasília, Parlamento

Segregação patrimonial no mercado cripto será tema de audiência pública na Câmara

Na justificativa para a audiência, o deputado Aureo Ribeiro disse que práticas adotadas por algumas exchanges despertam “graves preocupações”
Imagem da matéria: Brasileira perde R$ 28 mil em golpe de falso consultor de criptomoedas

Brasileira perde R$ 28 mil em golpe de falso consultor de criptomoedas

Além do prejuízo com as criptomoedas, mulher relata que teve o celular e as contas bancárias invadidas pelo golpista
Imagem da matéria: Capiba: Recife lança moeda digital que gera recompensas para cidadãos

Capiba: Recife lança moeda digital que gera recompensas para cidadãos

Batizada em homenagem ao rio Capibaribe, a moeda social digital tem elementos de gamificação e seu funcionamento é todo pelo aplicativo Conecta Recife