Imagem da matéria: Monero, ZCash, Horizen e Dash sobem 20% após pressão da Receita da Austrália contra traders
Foto: Shuterstock

As moedas de privacidade Monero, ZCash, Horizen e Dash dispararam cerca de 22% nas últimas 24 horas, restaurando algumas das perdas sofridas na queda mais recente das criptomoedas. O aumento pode ter sido causado por um alerta fiscal da Receita Federal da Austrália.

Essas moedas podem ofuscar a origem das transações para proteger as identidades dos remetentes e destinatários. Monero, uma das moedas de privacidade mais populares, é amplamente usada nos mercados da dark web, onde drogas, armas e outros tipos de contrabando são comercializados livremente.

Publicidade

A ZCash, que observou ganhos de 22,89% no dia anterior, liderou a tendência. Começou a subir na sexta-feira (28) por volta das 6h; os preços continuaram subindo até por volta das 20h, momento em que caíram brevemente antes de subir novamente no início desta manhã para altas de US$ 186, de acordo com dados da CoinMarketCap.

Isso é cerca de metade do recorde de ZCash este ano: US$ 370, alcançado em 12 de maio, o mesmo dia em que Ethereum atingiu o maior recorde de cerca de US$ 4.362. Elon Musk e o governo chinês derrubaram o mercado depois de criticarem o Bitcoin, que caiu para US$ 30.000 na semana passada, embora tenha se recuperado.

Monero seguiu no sucesso da ZCash, atingindo máximas de US$ 293,73 no início desta manhã. Novamente, isso é muito menor do que seu preço antes de Musk avacalhar com o mercado; Monero atingiu uma alta de US$ 517 em 7 de maio, seu preço mais alto de todos os tempos.

Receita Federal e traders

No momento, Bitcoin vale US$ 35.228 e o Ethereum, US$ 2.424, um pouco mais da metade de seus recordes anteriores. Então, por que as moedas de privacidade dispararam enquanto o resto do mercado permanece tão quieto?

Publicidade

Pode ter algo a ver com a declaração do Australian Tax Office (equivalente da Receita Federal australiana) ontem, que instou os 600.000 traders de criptomoedas do país a pagar impostos sobre ganhos de capital sobre seus lucros e os lembrou que há maneiras de monitorar as atividades.

“Embora pareça que a criptomoeda opere em um mundo digital anônimo, rastreamos de perto onde ela interage com o mundo real por meio de dados de bancos, instituições financeiras e trocas online de criptomoedas para acompanhar o dinheiro de volta ao contribuinte”, disse o Comissário Assistente do órgão, Tim Lo, em uma declaração.

A capacidade das moedas de privacidade de ocultar as transações torna difícil para as repartições fiscais apontar a fraude fiscal. Portanto, quando as agências fiscais reprimem as criptomoedas, as moedas de privacidade às vezes podem ser estimuladas. Eles aumentaram 30% na semana passada, quando o presidente dos EUA, Joe Biden, anunciou planos fiscais para o mercado.

Nos EUA, o Internal Revenue Service (IRS) gastou milhões na tentativa de reprimir a fraude fiscal com moedas de privacidade. Em setembro de 2020, ela contratou a Chainalysis, uma empresa de investigações de blockchain que domina o setor público, para descobrir como rastrear moedas de privacidade.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin sobe 3% e não se abala após Mt. Gox enviar US$ 3 bilhões para corretora

Manhã Cripto: Bitcoin sobe 3% e não se abala após Mt. Gox enviar US$ 3 bilhões para corretora

A recuperação do Bitcoin ocorre após um período de incertezas que dominou os investidores no início de julho
Pessoa olha para scanner da Worldcoin

Worldcoin (WLD) sobe 40% após estender bloqueio de tokens por mais 2 anos

Parte dos tokens foi bloqueada para permitir que o protocolo amadurecesse, explicou a empresa
Imagem da matéria: Projeto irá ensinar blockchain e criptomoedas para povo indígena Paiter-Suruí

Projeto irá ensinar blockchain e criptomoedas para povo indígena Paiter-Suruí

Um projeto na Aldeia Gamir, na Floresta Amazônica, tem como objetivo promover a alfabetização digital de indígenas da etnia Paiter-Suruí
Tela de computador com logotipo da Binance e lente de aumento

Binance aumenta capital da B Fintech em 37.300%, indo de R$ 50 mil para R$ 18,7 milhões

B Fintech é o nome da Binance nos registros empresariais do Brasil