Imagem da matéria: Moeda Digital, Venda Real: Corretora dos EUA Aceita Bitcoins em Imóveis de Luxo

Uma corretora de imóveis de Washington, a capital dos Estados Unidos, passou a aceitar bitcoins como opções de pagamento na compra de quatro imóveis. Segundo o jornal The Washington Post, a construtora Coloma River Capital e a corretora Alex Venditti Group, oferecem apartamentos de alto nível.

Como o jornal notou, comprar propriedades reais com criptomoedas não chega a ser uma tendência forte no mercado, mas já existem opções em Miami, Las Vegas e Austin — todas cidades americanas.

Publicidade

Zona nobre

As unidades à venda ficam na rua Girard, em uma zona nobre da cidade, e foram reformadas a partir de uma única casa. Todas têm chão de carvalho, bancadas de granito e eletrodomésticos em aço escovado. As unidades com um apartamento custam entre 569 e 665 mil dólares — ou entre 50 e 59 bitcoins. A unidade mais cara custa 89 bitcoins. Claro, o preço em criptomoedas varia conforme a sua cotação, cuja flutuação oscila bastante.  

O objetivo da corretora é atrair o público formado pela geração chamada de millennials. Pessoas que investiram cedo no mercado de criptomoedas e podem ter interesse em usar parte dos ‘ativos’ digitais na aquisição de imóveis. “Acreditamos que veremos mais transações desse tipo no futuro”, afirmou a empresa.

No Brasil, já existe inclusive uma imobiliária que trabalha com transações em bitcoins. Em Dubai, este ano, foram vendidos 50 apartamentos de um grande empreendimento no país, também em bitcoin. 

Leia também: US$ 9.000: Bitcoin Volta a Subir Após Carnaval; Altcoins Acompanham

VOCÊ PODE GOSTAR
Casa à beira de rio no Butão

Governo de Butão vai intensificar mineração de Bitcoin no Himalaia com investimento de R$ 2,5 bi

O governo do país asiático vai apostar em hardwares de ponta para compensar os efeitos do halving do Bitcoin que acontece este mês
Imagem da matéria: Manhã Cripto: Fundador da FTX recorre de sentença de 25 anos e Bitcoin (BTC) estaciona em US$ 70 mil

Manhã Cripto: Fundador da FTX recorre de sentença de 25 anos e Bitcoin (BTC) estaciona em US$ 70 mil

Mercado de criptomoedas opera sem tendência definida nesta sexta-feira (12), apesar do fluxo negativo de fundos com exposição direta ao Bitcoin
Imagem da matéria: ETF de Bitcoin da BlackRock é o 3º mais investido por brasileiros no exterior

ETF de Bitcoin da BlackRock é o 3º mais investido por brasileiros no exterior

Produto da BlackRock fica atrás apenas dos ETFs que seguem o índice S&P 500 e o setor imobiliário dos EUA
Ilustração de moeda gigante de Bitcoin observada por investidores e prestes a ser cortada ao meio

CEO da Morgan Creek Capital prevê Bitcoin a US$ 150 mil após o halving

Para o CEO da Morgan Creek Capital Management, o FOMO (medo de ficar de fora) deve ser um dos fatores que vão alavancar o preço BTC após o halving