Imagem da matéria: Mineradores de bitcoin faturam US$ 4 milhões em 1 hora
Foto: Shutterstock

Os mineradores de Bitcoin ganharam mais de US$ 4 milhões em receita em um período de uma hora na quinta-feira (11). Esse é o nível mais alto já registrado no blockchain do Bitcoin. A informação foi compartilhada pela Glassnode, uma empresa de análise de blockchain.

Mineração é o processo pelo qual as transações são verificadas e adicionadas ao blockchain. Os mineradores operam computadores especializados que contribuem para a segurança da rede; a máquina que resolve o quebra-cabeça criptográfico primeiro é recompensada com Bitcoin recém-minerado. O processo recomeça a cada aproximadamente 10 minutos.

Publicidade

Os mineradores ganham duas coisas quando mineram um novo bloco: uma recompensa de bloco, que atualmente é de 6,25 BTC, mais taxas pagas por usuários do bitcoin para ajudar a priorizar suas transações.

Isso resulta em cerca de 37,5 BTCs em recompensas em bloco a cada hora – talvez mais se sete blocos forem processados ​​em vez de seis. Na taxa de hoje, isso equivale a US$ 2,1 milhões.

Muito do dinheiro que os mineradores estão ganhando, porém, vem de taxas de transação, que atingiram ontem a máxima de US$ 25,46 em três anos – com mais de 2.500 transações por bloco – adicionando outros US$ 400.000 ou mais. No entanto, as taxas variam muito de um dia para o outro e de uma hora para outra – e tendem a ser mais altas durante o horário comercial nos Estados Unidos.

Com toda a atenção dada à rede conforme o preço do Bitcoin sobe para US$ 50.000, há mais competição para fazer transações e mais incentivo para os usuários pagarem uma taxa mais alta. Isso pode ser uma chatice para os usuários comuns, mas claramente não é tão ruim para os mineradores.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
trader segura moeda de bitcoin em frente a grafico em computador

Bolsa de Chicago planeja lançar negociação de Bitcoin à vista, diz jornal

O objetivo é capitalizar a crescente demanda este ano entre os gestores de Wall Street para ganhar exposição ao setor de criptomoedas
Cofre dourado no formato de baleia receb moedas shiba inu SHIB

Baleias voltam a encher os bolsos de Bitcoin, mostra análise

A acumulação acelerada de baleias é um sinal de que o mercado altista do Bitcoin ainda está ativo
Michaël van de Poppe em vídeo no Youtube

“É hora de investir em altcoins como Ethereum além do Bitcoin”, diz Michaël van de Poppe

Citando o Ethereum com uma das opções, o analista diz que o mercado de altcoins já passou por correção e que a tendência agora é de alta
moeda de Bitcoin ao lado de letreiro com ETF

Estado dos EUA investe R$ 510 milhões em ETF de Bitcoin da BlackRock

O investimento foi confirmado hoje pelo Conselho de Investimentos do Estado de Wisconsin (SWIB)