Letreiro da Microstrategy nos EUA
Shutterstock

A MicroStrategy teve um prejuízo de US$ 917,8 milhões no segundo trimestre de 2022 com encargos de depreciações, de acordo com sua apresentação trimestral de resultados na terça-feira (2).

Leia também: Evangelista do Bitcoin Michael Saylor deixa o cargo de CEO da MicroStrategy

Publicidade

Um encargo de depreciação descreve uma redução drástica ou perda no valor recuperável de um ativo. No caso das alocações em bitcoin (BTC) da MicroStrategy, o encargo de depreciação reflete a queda no preço da criptomoeda em comparação à quando a MicroStrategy a adquiriu.

A depreciação pode acontecer por conta de uma mudança nas políticas ou circunstâncias econômicas, como o atual inverno cripto.

O encargo de depreciação de US$ 917,8 milhões da MicroStrategy é um aumento drástico de seu encargo de US$ 170,1 milhões no primeiro trimestre de 2022.

Prejuízo com bitcoin

Desde agosto de 2020, a MicroStrategy comprou 129.699 BTC a um preço médio de US$ 30.664 por moeda. Quando o bitcoin atingiu seu recorde de US$ 68 mil em novembro de 2021, o valor total das alocações em bitcoin da empresa era de aproximadamente US$ 8 bilhões.

À medida que o bitcoin agora está precificado em US$ 23 mil por moeda, essas alocações totalizam US$ 3 bilhões.

A empresa também havia adquirido 421 bitcoins por US$ 20 mil.

O diretor financeiro Andrew Kang afirmou que 14 mil BTC estão sendo armazenados pela empresa-mãe da MicroStrategy e os 115 BTC restantes estão sob posse da subsidiária MacroStrategy. Desses, 85 mil BTC não estão penhorados e onerados.

Publicidade

“Temos garantias mais do que suficientes para [lidar com] qualquer volatilidade de preço”, explicou.

“Encargos de depreciação de ativos digitais a cada semestre sempre foram maiores do que prejuízos operacionais não GAAP [princípios de contabilidade geralmente não aceitos]”, acrescentou Kang. Dessa forma, a volatilidade do bitcoin é o principal fator para o prejuízo no balanço patrimonial da empresa.

“Antecipamos a volatilidade do bitcoin”, disse Michael Saylor, que atuou como CEO da empresa desde sua fundação em 1989, antes de a empresa anunciar sua transição para presidente executivo.

“A volatilidade indica que o bitcoin é mais interessante, então a MicroStrategy é mais interessante”, explicou ele. “A volatilidade é vitalidade.”

Volatilidade do bitcoin

Fundada em 1989, a MicroStrategy é a maior empresa independente de software em nuvem listada em bolsa e afirma ser a empresa mais famosa a possuir alocações em bitcoin.

Publicidade

“Visto que as pessoas têm medo da volatilidade e se aborrecem com a contabilidade, conseguimos desenvolver uma liderança como a maior empresa em operação com um padrão Bitcoin, e isso nos dá uma vantagem competitiva e diferenciação para gerar valor aos acionistas no futuro”, explicou Saylor.

Saylor será substituído por Phong Le, ex-presidente e diretor financeiro, que se tornará o diretor executivo a partir da próxima segunda-feira (8). Durante a apresentação de resultados, Le afirmou que a empresa não vendeu bitcoins até agora.

“A MicroStrategy está em uma categoria especial. Somos a maior holder corporativa de bitcoin do mundo”, disse. “Nossa estratégia é comprar e armazenar no longo prazo e já está.”

*Traduzido por Daniela Pereira do Nascimento com autorização do Decrypt.co.

Quer investir em ativos digitais, mas não sabe por onde começar? O Mercado Bitcoin oferece a melhor e mais segura experiência de negociação para quem está dando os primeiros passos na economia digital. Conheça o MB!

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Bitcoin sobe mais de 3% após dado de inflação dos EUA cair em abril

Bitcoin sobe mais de 3% após dado de inflação dos EUA cair em abril

Bitcoin, Ethereum e outras criptomoedas sobem nesta quarta-feira após o relatório do CPI dos EUA mostrar que os preços subiram mais lentamente que o esperado
Pessoa inserindo chip no celular

Justiça manda TIM pagar R$ 21 mil a cliente que teve celular clonado e perda de criptomoedas

A partir da clonagem do celular, os invasores tiveram acesso ao email e posteriormente a uma carteira cripto na Binance
Imagem da matéria: Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso lança carteira Web3 para facilitar conexão com aplicativos DeFi

Bitso Web3 Wallet suporta Ethereum, Polygon, Arbitrum, Base e Optimism e permite acesso a mais de 2 mil tokens
Ilustração da memcoin em Solana Bonk

Como criar uma memecoin em Solana com a Pump.fun

Protocolo viralizou ao permitir a qualquer pessoa criar uma criptomoeda por cerca de R$ 15