Imagem da matéria: Mercado Bitcoin, Microsoft, Itaú e Visa vão moldar o Real Digital em laboratório do Banco Central
Foto: Shutterstock

Lift Challenge Real Digital, iniciativa pelo qual o Banco Central busca estudar a criação da moeda nacional digital, divulgou nesta quinta-feira (03) os nove projetos para acompanhamento enviados por empresas de oito países. Entre elas estão o Mercado Bitcoin, o Santander, Itaú, Visa, Microsoft e a Aave, protocolo que proporciona empréstimos via sistemas de DeFi (Finanças Descentralizadas).

Segundo comunicado do BC enviado à imprensa, os projetos de aplicações para o Real Digital foram os mais variados, cobrindo o universo proposto na chamada dos trabalhos, com aplicações de entrega contra pagamento (DvP), pagamento contra pagamento (PvP), internet das coisas (IoT), finanças descentralizadas (DeFi) e soluções de pagamentos quando ambos pagador e recebedor se encontram sem acesso à internet (dual offline). Foram 47 projetos enviados, dos quais 11 foram pré-selecionados e 9 escolhidos.

Publicidade

Propostas selecionadas

Aave 

Reúne recursos de vários poupadores (formando um pool de liquidez) com foco em oferecer empréstimo e garantir a aderência dessas operações às normas do sistema financeiro, empregando ferramentas de DeFi;

Banco Santander Brasil 

Trata de DvP e da conversão para o formato digital (tokenização) do direito de propriedade de veículos e imóveis;

Febraban

Trata de DvP de ativos financeiros.

Giesecke + Devrient 

Trata de pagamentos dual offline.

Itaú Unibanco

Trata de pagamentos internacionais, empregando método de PvP em uma aplicação com a Colômbia;

Mercado Bitcoin 

Trata de DvP de ativos digitais, com foco em criptoativos.

Tecban e Capitual

Apresenta solução de logística para e-commerce baseada em técnicas de IoT;

VERT (associada à Digital Assets e à Oliver Wyman)

Trata de financiamento rural baseado em um ativo tokenizado programável com valor atrelado ao do Real (stablecoin do Real);

Visa do Brasil (associada à Consensy e à Microsoft)

Trata de financiamento de pequenas e médias empresas com base em uma solução de DeFi.

Criação da moeda digital

Conforme aponta o Banco Central, esse portifólio de propostas se alinha às diretrizes do Real Digital.

“Ele permitirá que os participantes do Lift Challenge Real Digital e o Banco Central se deparem com as principais questões relevantes à implantação do Real Digital para debatê-las de forma a aprofundar em sua compreensão, amadurecer modelos de negócio baseados nessa tecnologia e, assim, dar continuidade ao processo de criação de uma moeda digital que possa agregar funcionalidades a nossos sistemas de pagamento e liquidação gerando benefícios para toda a sociedade”, afirma o BC.

Sobre o projeto do Mercado Bitcoin, a head de Business Development da BiTrust, Paloma Sevilha, umas das principais articuladoras do projeto, afirmou:

“Juntamos empresas que fazem parte da nova infraestrutura de mercado financeiro tech que estamos construindo ao longo do tempo aqui no Grupo 2TM, como o Mercado Bitcoin, Bitrust (custodiante cripto), MBDA (tokenizadora) e MeuBank, juntando força com CPQD e ClearSale num consórcio para fomentar e possibilitar o Real Digital junto ao Banco Central”.

Publicidade

O que é o Lift Challenge?

LIFT é a sigla para Laboratório de Inovações Financeiras e Tecnológicas. Realizado pela Fenasbac, em parceria com o Banco Central do Brasil (BC), trata-se de um desafio que reúne participantes do mercado interessados em desenvolver um produto minimamente viável (MVP) que atenda ao foco da edição.

Cada solução será desenvolvida para beneficiar o Sistema Financeiro Nacional e para trazer benefícios e inovações à sociedade brasileira.

Nesse caso específico, o desafio é viabilizar a criação do Real Digital.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: CEO da Grayscale deixa cargo: "Momento certo para transição"

CEO da Grayscale deixa cargo: “Momento certo para transição”

A Grayscale, uma das maiores gestoras de criptomoedas do mundo, anunciou que Michael Sonnenshein está deixando o cargo de CEO
dupla de homens sendo presa

Irmãos são presos por roubo de R$ 130 milhões em ataque de 12 segundos na rede Ethereum

O procurador americano Damian Williams disse que “este suposto esquema era novo e nunca havia sido acusado antes”
Moeda prateada da Chainlink com reflexo em um fundo roxo

Chainlink sobe 18% ao lançar projeto piloto em Wall Street com JP Morgan, BNY Mellon e DTCC

A DTCC anunciou que acaba de concluir um projeto piloto de tokenização com gigantes de Wall Street, como JP Morgan e BNY Mellon, aproveitando o CCIP da Chainlink
Imagem da matéria: Investidor acende alerta da comunidade ao ser hospitalizado após tentar fazer memecoin viralizar

Investidor acende alerta da comunidade ao ser hospitalizado após tentar fazer memecoin viralizar

O usuário foi atingido por fogos de artifício em uma live de divulgação do seu token