Imagem da matéria: Mercado Bitcoin lança calculadora que mostra ganhos com venda de tokens do Santos
Foto: Shutterstock

O Mercado Bitcoin lançou uma calculadora para que os donos de tokens do Santos calculem e sonhem o quanto podem ganhar com seus ativos.

Por enquanto o “Token da Vila” está disponível apenas para clientes da corretora, em mercado primário, custando R$ 50 a unidade. Quando passar para mercado secundário os donos poderão criar uma ordem de venda estipulando um preço pelo qual aceitam vender o ativo.

Publicidade

O assunto aqueceu nessa sexta-feira (07) com o anúncio do empréstimo pelo Barcelona do jogador da seleção brasileira Philippe Coutinho para o clube inglês Aston Villa. O meio-campo está na cesta de atleta tokenizados pelo Vasco.

Celeiro de craques

O Santos é notório por ser o maior formador de craques do Brasil e sua cesta é impressionante: basta dizer que Neymar (PSG), Gabigol (Flamengo) e Rodrygo (Real Madrid) fazem parte dela.

Caso Neymar fosse vendido hoje pelo mesmo preço que o Paris-Saint Germain pagou ao Barcelona em 2017, que são cerca de R$ 1,4 bilhões em valores corrigidos, o dono de cinco tokens do Santos iria receber R$ 416 em dividendos – o que dá R$ 83,35 por token.

Mas esse não parece ser um cenário plausível, já que Neymar só deve deixar o clube ao fim de seu contrato em 2025.

Publicidade

Porém, existe um horizonte bem mais factível: Gabigol, que fez cem gols em duas temporadas no Flamengo, vem sendo sondado por clubes europeus. O mais enfático é o próprio Barcelona e a imprensa esportiva estima que o negócio possa envolver R$ 128 milhões.

Caso a venda se concretize nesse valor, os investidores receberiam R$ 7,29 por token, o que renderia um lucro de quase 15%.

Na hipotética venda de Neymar o lucro seria estratosférico: 66% sob o capital investido.

Dividendos do Vasco

O acordo entre Barcelona e Aston Villa por Philppe Coutinho tem uma claúsula de preferência de compra para o clube inglês ao fim do empréstimo. Esse negócio, caso concretizado, deve ser na casa dos 40 milhões de euros.

Coutinho foi formado pelas categorias de base do Vasco e uma regra da FIFA impõe que o clube formador de um atleta sempre deve receber algo pela venda, empréstimo ou outra forma de lucro durante a carreira.

Publicidade

Assim, os donos de tokens do Vasco já começam a fazer as contas para ver os dividendos que poderão ser recebidos.

O “digital asset” do Vasco está cotado em R$ 20,49, com alta de 4,2%. São 12 atletas na cesta.

Foi justamente Coutinho que gerou o primeiro rendimento do token. Em abril do ano passado, o Mercado Bitcoin anunciou na que uma negociação envolvendo o atleta gerou um retorno de 1,63% sobre cada token. Naquele momento foram distribuídos pouco mais de R$ 800 mil aos investidores.

Depois, em novembro, os donos do Vasco Token começaram a receber rendimento relacionado à venda do jogador Marrony, para o clube dinamarquês Midtjylland, realizada em agosto deste ano. Foram distribuídos meio milhão de reais.

No mesmo mês, os investidores foram pagos pelo fato de o jogador Allan Loureiro ter batido sua meta de desempenho no clube inglês Everton Football Club, time da Premier League.

O total de recursos distribuídos proporcionalmente aos detentores de tokens foi superior a R$ 158 mil.

Fan token e non-security tokens

Ainda há uma grande confusão sobre a diferença entre fan tokens, que vários clubes têm, e non-security tokens, criado por poucos.

Publicidade

Fan tokens são vendidos sem que haja uma expectativa de lucro de quem os compra. É uma forma de apoiar um time, artista ou projeto. Em geral, os beneficiados promovem algumas ações como abrir uma votação sobre a cor de um uniforme, mas não existe obrigação nenhuma.

Já os non-security tokens são ativos alternativos que não se caracterizam como valor mobiliário, sendo normalmente ilíquidos, de alto retorno e tradicionalmente vendidos de forma exclusiva a grandes investidores. Na forma de ativos digitais, podem ser adquiridos em unidades de tokens e negociados a qualquer instante no mercado secundário, permitindo a democratização do acesso a pequenos poupadores.

*Texto alterado às 11h do dia 10/01/2022 para correção de informação. A versão anterior do texto deixava a entender que os tokens do Santos e do Vascos são security tokens; eles são na verdade non-security tokens.

VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas douradas à frente de bandeira do Brasil

Fundos de criptomoedas têm semana negativa, mas Brasil registra entrada de R$ 15 milhões

Brasil segue momento positivo para fundos de criptomoedas, enquanto produtos ao redor do mundo têm semana negativa com queda dos preços
Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos cripto brasileiros ficam pela segunda semana consecutiva atrás apenas dos EUA em captação
Imagem da matéria: ETF de Bitcoin da BlackRock deve superar o da Grayscale após o halving

ETF de Bitcoin da BlackRock deve superar o da Grayscale após o halving

Analista da Bloomberg, Eric Balchunas, aponta que o “GBTC atualmente mantém uma vantagem de US$ 2,3 bilhões,” metade do que era na semana passada
Imagem da matéria: Ex-conselheiro do Ethereum quer R$ 50 bilhões do governo dos EUA por ser preso injustamente

Ex-conselheiro do Ethereum quer R$ 50 bilhões do governo dos EUA por ser preso injustamente

Steven Nerayoff alega ter sido vítima de provas fabricadas em um suposto caso de extorsão de 10.000 ETH