Telas de smartphone e computador sobrepostas mostram logo da corretora Mercado Bitcoin
Foto: Divulgação

O Mercado Bitcoin (MB) anunciou nesta quarta-feira (6) que suas demonstrações financeiras e custódia passaram a ser auditadas anualmente pela EY (Ernst & Young), uma das maiores empresas de auditoria e consultoria do mundo. A empresa é uma das poucas exchanges do mundo, e a única na América Latina, a contar com a auditoria anual da EY.

“O compromisso do MB com a transparência não é de hoje. A empresa já realiza auditorias independentes desde 2018, e a EY está conosco desde 2022. Agora, esse novo importante passo reforça o nosso pioneirismo em garantir segurança aos nossos clientes e ainda mais confiabilidade de nossas operações para parceiros e sociedade como um todo”, diz André Gouvinhas, CFO do MB.

Publicidade

A auditoria da EY é um processo rigoroso e minucioso que vai além da análise de planilhas e checagem em instituições financeiras. Para realizar esse trabalho para o MB, utilizou seu conhecimento em blockchain e criptoativos para poder examinar os milhares de wallets do MB e milhões de transações.

Isso incluiu checar os wallets declarados pelo MB para confirmar se são de fato da empresa, auditar blockchain e incorporar um processo novo e complexo no setor de auditoria. Para tanto, uma equipe especializada da EY foi a responsável por conduzir a auditoria.

“A EY Brasil conduziu com excelência o complexo e inédito desafio de examinar minuciosamente movimentações cripto em blockchain. Para isso, foi dedicada toda uma equipe com vasta experiência em auditoria de empresas de criptoativos. O MB se orgulha por fazer o certo e oferecer sempre novas camadas de segurança e proteção para nossos clientes. Para além, nosso compromisso ético se estende à sociedade e em prol do desenvolvimento de um mercado de criptoativos mais confiável”, afirma Gouvinhas.

“A EY atende dezenas de clientes da área tecnologia e atua com o mercado de blockchain, cibersegurança e cripto, tanto na área de auditoria, quanto de consultoria. É um mercado de fato complexo, novo, e que demanda uma atualização constante. Foi um prazer sermos parceiros do MB nesta jornada”, afirma Paula Colodete, Sócia de Auditoria de Instituições Financeiras.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem robótica surge em sala escura de informática

IA de Elon Musk tem a segurança mais fraca, enquanto chat da Meta se destaca, diz pesquisa

Pesquisadores usaram uma abordagem de manipulação lógica linguística para perguntar ao Grok como seduzir uma criança
Agentes da Polícia Federal emoperação contra russos radicados noBrasil

PF faz operação contra mexicano que se associou a pirâmide com criptomoedas no Brasil

Acusado também afirmava ser representante de uma marca italiana de carros, convencendo pessoas a investir em uma criptomoeda que ele mesmo criou
Imagem da matéria: Metade dos tokens em pré-venda na Solana são golpes, diz pesquisa

Metade dos tokens em pré-venda na Solana são golpes, diz pesquisa

Golpistas estão se aproveitando da pré-vendas de tokens na rede Solana para enganarem usuários em plataformas como Telegram
javier milei presidente da argentina

Milei é criticado por propor regulação cripto: “Sofrerá as consequências de não entender o Bitcoin”

“Javier Milei cometeu grande erro. Ele nunca reservou um tempo para entender o Bitcoin e irá sofrer as consequências”, disse Max Keiser