Imagem da matéria: Membros do conselho da MicroStrategy serão pagos em Bitcoin
Foto: Shutterstock

O conselho da empresa MicroStrategy a partir de agora serão pagos em Bitcoin, de acordo com o CEO da empresa, Michael Saylor.

Segundo o anúncio, o Conselho de Administração “modificou os acordos de remuneração” para conselheiros que foram classificados como não funcionários. Esses diretores irão – daqui para frente – receber “todos as pagamentos” por seus serviços em Bitcoin em vez de dinheiro.

Publicidade

Ao aprovar essa mudança, o Conselho citou seu compromisso com o Bitcoin, “dada sua capacidade de servir como reserva de valor, apoiada por uma arquitetura robusta e de código aberto, livre de políticas monetárias soberanas”.

De acordo com o novo acordo, o valor a pagar a diretores não funcionários permanece o mesmo e, de acordo com o anúncio, será denominado nominalmente em dólares americanos. No momento do pagamento, as taxas serão convertidas de USD para Bitcoin e, em seguida, depositadas na carteira digital do diretor não funcionário aplicável.

Investimentos em Bitcoin da MicroStrategy

A notícia segue a longa linha de investimentos da MicroStrategy em Bitcoin, que começou em agosto de 2020. Até o momento, a empresa investiu mais de US$ 5 bilhões em Bitcoin, tornando-a uma das empresas públicas com as maiores participações em Bitcoin.

Empresas como a Tesla e a Square seguiram a MicroStrategy ao adicionar Bitcoin a suas reservas, algo que o CEO Michael Saylor descreveu como a “ponta do iceberg” para o investimento institucional em criptomoeda. Saylor prevê que uma “avalanche de empresas” seguirá o exemplo e lançou cursos online sobre ‘Bitcoin para Corporações’. Alguns especialistas argumentaram que os investimentos da MicroStrategy em Bitcoin a levaram a se tornar um ETF de Bitcoin de fato, na ausência de um nos Estados Unidos.

*Traduzido e editado com autorização da Decrypt.co
VOCÊ PODE GOSTAR
criptomoedas bitcoin ethereum e solana

Fatores macroeconômicos terão papel de peso no mercado cripto após o halving, diz Coinbase

Para a maior corretora cripto dos EUA, a tendência é que os mercados procurem novos catalisadores para sustentar a recuperação do primeiro trimestre
Paolo Ong, da SEC Filipinas

Termina prazo para saída da Binance das Filipinas e reguladores avisam: “Não há como sacar fundos após bloqueio”

“Não podemos endossar nenhum método de como retirar seu dinheiro agora que a ordem de bloqueio foi emitida”, disse o regulador filipino
Imagem da matéria: Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos de criptomoedas do Brasil captam mais R$ 50 milhões na semana

Fundos cripto brasileiros ficam pela segunda semana consecutiva atrás apenas dos EUA em captação
Pai Rico Pai Pobre Robert Kiyosaki posa para foto

Autor de “Pai Rico, Pai Pobre” explica por que não vai comprar ETF de Bitcoin

Robert Kiyosaki defende há anos Bitcoin, ouro e prata como as maiores reservas de valor