Imagem da matéria: McDonald's na Suíça passa a aceitar bitcoin como pagamento; veja vídeo
Foto: Shutterstock

Uma unidade da rede McDonald’s na cidade de Lugano, na Suíça, passou a aceitar Bitcoin (BTC) e a stablecoin Tether (USDT) como forma de pagamento. O perfil no Twitter do Bitcoin Magazine publicou um vídeo de uma consumidora comprando sua refeição e pagando com criptomoedas.

Veja abaixo o vídeo:

Publicidade

Além da Suíça, as filiais do McDonald’s em El Salvador, país que adotou o bitcoin como moeda de curso legal em setembro de 2021, também aceitam a criptomoeda como forma de pagamento.

Os avanços em Lugano

Lugano vem se destacando como uma das cidades mais amigáveis às criptomoedas na Europa Ocidental. Em março, a prefeitura local anunciou uma parceria com a Tether, empresa por trás da stablecoin USDT, para darem início a ações que permitam o uso de bitcoin e USDT pelos cidadãos no pagamento de serviços e impostos.

Segundo comunicado, o memorando de entendimento determina às duas entidades o empenho na criação de um centro de excelência europeia para a adoção da tecnologia blockchain por meio da iniciativa batizada de ‘Lugano’s Plan ₿’.

“Lugano está investindo em seu futuro”, afirmou o prefeito da cidade Michele Foletti”, acrescentando que “a parceria estratégica com a Tether ajudará a construir uma cidade melhor, mais aberta, transparente e inteligente”. Na mesma nota, Paolo Ardoino, diretor técnico da Tether, disse que Lugano é uma cidade dinâmica cujas pessoas olham para o futuro e inovação.

Maior Exchange da América Latina, no MB você negocia tokens, DeFi, renda fixa digital, NFTs e, claro, criptomoedas. E tudo no painel de negociação mais seguro do mercado. Abra sua conta gratuita!

VOCÊ PODE GOSTAR
Moedas de ethereum à frente de ilustração de cadeado

A SEC vai finalmente aprovar os ETFs de Ethereum? Entenda

Vence no fim desta semana o prazo para a SEC aprovar ou não alguns pedidos de ETFs de Ethereum e a expectativa agora é mais positiva do que nunca
Cachorro Shiba Inu que inspitou Dogecoin

Kabosu, a cachorrinha que inspirou a Dogecoin, falece aos 18 anos

Kabosu sofria de doença crônica e já era muito idosa; segundo sua dona, a cachorrinha “faleceu silenciosamente”
Imagem da matéria: Ex-diretor da FTX deve pegar até 7 anos de prisão, pedem promotores dos EUA

Ex-diretor da FTX deve pegar até 7 anos de prisão, pedem promotores dos EUA

Ryan Salame foi um dos executivos da FTX que coordenaram a doação de milhões para campanhas políticas usando dinheiro dos clientes
CEO do MB Reinlado Rabelo em evento da CVM na USP

“A Bolsa é sim lugar de startups”, diz CEO do Mercado Bitcoin em evento da CVM

Reinaldo Rabelo participou do evento do “Tecnologia e Democratização dos Mercados de Capitais no Brasil”