Imagem da matéria: Cidade da Suíça fecha parceria com Tether para dar início à adoção do Bitcoin
(Foto: Shutterstock)

A Prefeitura de Lugano, cidade ao Sul da Suíça, anunciou na quinta-feira uma parceria com a Tether, empresa por trás da stablecoin USDT, para darem início a ações que permitam o uso do Bitcoin e da USDT pelos cidadãos no pagamento de serviços e impostos.

Segundo comunicado, o memorando de entendimento determina às duas entidades o empenho na criação de um centro de excelência europeia para a adoção da tecnologia blockchain por meio da iniciativa batizada de ‘Lugano´s Plan ₿’.

Publicidade

“Lugano está investindo em seu futuro”, afirmou o prefeito da cidade Michele Foletti”, acrescentando que “a parceria estratégica com a Tether ajudará a construir uma cidade melhor, mais aberta, transparente e inteligente”. Na mesma nota, Paolo Ardoino, diretor técnico da Tether, disse que Lugano é uma cidade dinâmica cujas pessoas olham para o futuro e inovação.

Também em comunicado da Tether na quinta, Ardoino disse:

 “Como a maior stablecoin do mundo, vislumbramos um futuro em que empresas de todos os tamanhos e escalas sejam capazes de alavancar plataformas blockchain para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos locais, fornecendo serviços financeiros e diários mais sustentáveis, transparentes e confiáveis. Estamos ansiosos para que Lugano se torne um modelo para adoção global”.

Stablecoin LVGA já é realidade 

“Lugano já acolhe várias iniciativas dedicadas à inovação e portanto permite que o Tether vá além da maioria das implementações atuais de blockchain trabalhando em conjunto

ao município para realizar os primeiros casos práticos à escala urbana”, diz o comunicado, se referindo à iniciativa LVGA Points, um token já em uso no município através do aplicativo MyLugano.

Publicidade

O argumento para a parceria com a Tether, segundo a nota da prefeitura de Lugano, é que até agora, a maioria dos projetos de blockchain se concentrou em questões fundamentais (teóricas, científicas, filosóficas), prestando pouca atenção nas comunidades locais e o desenvolvimento de aplicações práticas.

“O objetivo desta colaboração é aplicar a tecnologia blockchain de forma concreta em uma escalada municipal”, ressalta a nota.

Próximos passos para adoção do Bitcoin

Num futuro próximo, a cidade de Lugano pretende permitir que cidadãos e empresas paguem impostos, taxas, bens e serviços prestados pelo órgão público aceitando apenas Bitcoin— provavelmente por meio da Lightning Network — , Tether e stablecoins baseadas em francos suíços.

“Desta forma, Lugano será uma das primeiras cidades do mundo a implementar um sistema completo de pagamento com criptomoedas”, diz a nota, acrescentando que a Prefeitura garantirá a infraestrutura necessária e tecnologia para empresas locais que desejam integrar os novos serviços de pagamento.

Além disso, a Tether vai liderar um grupo de empresas líderes no setor de criptomoedas para criar um fundo de 3 milhões de francos para ajudar a financiar startups ativas no ramo do blockchain e focado na construção de serviços blockchain localmente. Bolsas de estudo também serão criadas, concluiu a prefeitura.

Publicidade

Polêmicas sobre a Tether

Ao contrário do Bitcoin — moeda descentralizada e sem lastro — a stablecoin Tether é centralizada e com lastro no dólar americano, ou seja, para cada 1 USDT deve haver em caixa US$ 1. Logo, deve haver US$ 79,8 bilhões em reservas para os 79,8 bilhões de unidades da stablecoin circulando atualmente no mercado de criptomoedas.

No entanto, até virar num processo de dois anos nos EUA, a Bitfinex, controladora da Tether, nunca havia provado a existência de tais fundos.

No ano passado, depois de uma ação da Procuradoria Geral de Nova York, a empresa foi multada em US$ 18,5 milhões e se comprometeu a emitir um relatório trimestral das reservas do USDT. O  órgão também baniu a Bitfinex e Tether do estado de Nova York.

O canal da Lugano Living Lab publicou um vídeo do evento que contemplou a parceria entre as entidades.

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Binance.US diz estar "ansiosa" para se defender na Justiça contra a SEC

Binance.US diz estar “ansiosa” para se defender na Justiça contra a SEC

A Binance.US disse na segunda-feira que está pronta para se defender depois que um tribunal permitiu que o processo da SEC contra a exchange cripto prosseguisse
Amy Webb,

IA e biotecnologia: Amy Webb fala sobre o lugar do Brasil no superciclo econômico global

Durante o Febraban Tech, Amy Webb falou que o mundo está passando por um superciclo econômico e que o Brasil precisa deixar de ser o eterno país do futuro
Imagem da matéria: Comércio pré-mercado de Hamster Kombat expande à medida que o lançamento se aproxima

Comércio pré-mercado de Hamster Kombat expande à medida que o lançamento se aproxima

Bybit é a mais recente exchange a entrar na disputa, permitindo a negociação de pontos do jogo antes do lançamento do token on-chain
Imagem da matéria: Polkadot gasta US$ 37 milhões com marketing e revolta parte da comunidade

Polkadot gasta US$ 37 milhões com marketing e revolta parte da comunidade

Quanto é demais para gastar em marketing de criptomoedas? Usuários e desenvolvedores da Polkadot debatem em meio às queixas