Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin decola acima de US$ 71 mil e Ethereum bate US$ 4 mil
Foto: Shutterstock

As duas maiores criptomoedas disparam nesta segunda-feira (11), com investidores animados após a decisão do regulador do mercado financeiro britânico de liberar a negociação de títulos de dívida lastreados em BTC e ETH.

Os contratos futuros das bolsas em Nova York apontam uma abertura em baixa, em uma semana com dados econômicos importantes, como o índice de preços ao consumidor dos EUA, que sai amanhã (12). Na Ásia, o dia foi de perdas na Bolsa de Tóquio, com traders preparados para um possível aumento dos juros no Japão neste mês.

Publicidade

Bitcoin ganha 2,8% em 24 horas, cotado a US$ 71.682, segundo dados do Coingecko.   

Em reais, o BTC sobe 2,5%, negociado a R$ 358.924, de acordo com o Índice do Preço do Bitcoin (IPB). 

Ethereum (ETH) mostra valorização de 2,3%, a US$ 4.032. 

As principais altcoins ainda operam no azul, entre elas BNB (+1,3%), XRP (+0,9%), Solana (+1,3%), Cardano (+1,6%), Dogecoin (+2,5%), Chainlink (+7,8%), Avalanche (+4%), Polkadot (+3,8%), Polygon (+0,3%) e Shiba Inu (+0,7%). TRON vai na contramão, em baixa de 1,6%.

A Dogwifhat, memecoin recentemente listada no MB, também passa por uma correção nesta segunda, em queda de 2,8%, mas ainda mostra ganho de 18% em sete dias.

Bitcoin hoje

O Bitcoin já havia rompido a marca de US$ 70 mil na sexta-feira (8), recorde que foi seguido de um mergulho abaixo de US$ 67 mil.

Publicidade

Mas a maior criptomoeda se recupera nesta manhã após a Bolsa de Londres (LSE) anunciar que vai começar a aceitar pedidos para o lançamento de títulos de dívida negociados em bolsa (ETNs) atrelados ao Bitcoin e ao Ethereum no segundo trimestre deste ano.

O comunicado seguiu uma decisão da Autoridade de Conduta Financeira (FCA) do Reino Unido de não se opor às propostas para a criação de um segmento de mercado listado para as ETNs cripto, que permitirão aos investidores negociar títulos lastreados aos preços dos tokens durante o pregão em Londres.

Esses produtos só estarão disponíveis para investidores institucionais, segundo o regulador.

Mesmo com traders de varejo de fora, a notícia foi suficiente para impulsionar ainda mais o Bitcoin. O BTC chegou a subir 4,8%, para um recorde de US$ 71.677 nos mercados europeus, elevando os ganhos do ano para 70%, mostram dados da Reuters.

“Este rali chega após um pregão asiático fraco, em que as posições vendidas testaram a convicção das posições compradas – parece que as posições compradas deram uma resposta positiva bastante convincente”, disse à Bloomberg Richard Galvin, fundador da DACM, uma empresa de investimentos cripto com sede na Austrália.

Publicidade

Juiz autoriza reabertura de processo contra Binance nos EUA

Um grupo de investidores que tentou processar a Binance, o ex-CEO Changpeng Zhao e outros executivos ganharam uma nova chance depois que um tribunal de apelações reverteu uma decisão de uma instância inferior que havia rejeitado o caso.

Segundo informações do CoinDesk, o Tribunal de Apelações do Segundo Circuito decidiu na sexta-feira (8) que a proposta de ação coletiva contra a maior exchange de criptomoedas do mundo não deveria ter sido rejeitada por um juiz federal no Distrito Sul de Nova York.

A ação foi originalmente aberta em abril de 2020 por um grupo de investidores que alegaram ter comprado valores mobiliários na Binance, incluindo os tokens ERC-20 EOS, TRX, ELF, FUN, ICX, OMG e QSP. O token EOS é emitido pela Block.One, controladora da Bullish, que recentemente comprou o CoinDesk.

A decisão não determina se as criptomoedas mencionadas são valores mobiliários, o que poderá ser discutido caso o processo seja reaberto no tribunal distrital.

A Binance ainda tem a opção de recorrer à Suprema Corte dos EUA, que pode ou não aceitar o recurso.

Publicidade

Outros destaques desta segunda

Ataques de phishing continuam a causar perdas significativas para usuários cripto, mostram dados da empresa de segurança Scam Sniffer compartilhados pelo The Block. Nos primeiros dois meses deste ano, cerca de 97 mil usuários foram afetados por incidentes de phishing, com prejuízo de US$ 104 milhões. O valor corresponde a US$ 57,7 milhões perdidos em incidentes de phishing em janeiro e US$ 46,8 milhões em fevereiro. Usuários de Ethereum têm sido o principal alvo, com US$ 78 milhões das perdas totais associadas a ativos como ETH e tokens ERC20.

Golpes ligados a investimentos em criptomoedas nos EUA resultaram em perdas de US$ 3,94 bilhões em 2023, um salto de 53% em comparação com os US$ 2,57 bilhões em 2022, de acordo com novo relatório do FBI. No total, fraudes associadas a investimentos cresceram 38% no período, para US$ 4,57 bilhões.

“Os fraudadores estão cada vez mais usando contas de custódia mantidas em instituições financeiras para exchanges de criptomoedas ou processadores de pagamentos de terceiros, ou fazendo com que indivíduos visados enviem fundos diretamente para essas plataformas, onde os fundos são rapidamente dispersos”, destaca o “Internet Crime Report 2023” da agência.

Kevin Rose, cofundador do projeto Proof, liquidou mais de US$ 1,2 milhão em tokens não fungíveis (NFTs), mas negou rumores de que está saindo totalmente do espaço web3. “Tenho vendido minha coleção de NFTs. Principalmente porque acredito que a adoção em massa ainda está mais distante e que criptomoedas clássicas terão melhor desempenho”, escreveu Rose em um post no X. “Dito isso, ainda estou colecionando.”

A empresa Proof de Rose foi adquirida no mês passado pela Yuga Labs, desenvolvedora da coleção Bored Ape Yacht Club e que assumiu a marca Moonbirds, um dos poucos projetos de NFTs de domínio público. O valor do acordo não foi revelado.

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts e ex-alunos de Harvard se uniram para lançar uma aceleradora de startups focada em apoiar fundadores de projetos web3 em estágio inicial, associados a qualquer uma das instituições. Batizado de MIT x Harvard Blockchain Accelerator, o programa se descreve como “não dilutivo”, ou seja, as startups não receberão nenhum investimento.

Publicidade

“Não temos planos de investir ou oferecer bolsas no curto prazo; estamos focados em pura orientação”, disse ao The Block Sam Lehman, um dos principais contribuidores da aceleradora, cujo primeiro programa começa em abril e termina em junho.

VOCÊ PODE GOSTAR
javier milei presidente da argentina

Milei é criticado por propor regulação cripto: “Sofrerá as consequências de não entender o Bitcoin”

“Javier Milei cometeu grande erro. Ele nunca reservou um tempo para entender o Bitcoin e irá sofrer as consequências”, disse Max Keiser
Imagem da matéria: Reserva de Bitcoin de mineradores bate mínima em três anos com vendas antes do halving

Reserva de Bitcoin de mineradores bate mínima em três anos com vendas antes do halving

Diferente do que aconteceu antes do halving de 2020, desta vez os mineradores aproveitaram a recente disparada do Bitcoin para vender parte de suas reservas
Imagem da matéria: Ripple vai lançar sua própria stablecoin lastreada ao dólar

Ripple vai lançar sua própria stablecoin lastreada ao dólar

Em seu lançamento, a stablecoin da Ripple estará disponível nas blockchains XRP Ledger e Ethereum, com planos de expansão
Imagem da matéria: Bitcoin, Ethereum e Solana desabam e R$ 1 bilhão são liquidados do mercado em uma hora

Bitcoin, Ethereum e Solana desabam e R$ 1 bilhão são liquidados do mercado em uma hora

O Bitcoin começou o dia cotado a US$ 71 mil; agora, seu preço desaba para a US$ 66 mil