Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) supera US$ 59 mil e Câmara aprova regime de urgência para votar PL que segrega cripto

mercado de criptomoedas segue a todo vapor nesta quarta-feira (28) e parte dos investidores já trabalha com a expectativa de que o Bitcoin possa superar sua máxima histórica de US$ 69 mil. Os futuros das bolsas em Nova York indicam uma abertura em baixa, com traders à espera de dados econômicos.

Bitcoin tem alta de 4,5% em 24 horas, para US$ 59.217,02, segundo dados do Coingecko.   

Publicidade

Em reais, o BTC ganha 3,6%, negociado a R$ 293.637,97, de acordo com o Índice do Preço do Bitcoin (IPB). 

Ethereum (ETH) mostra valorização de 3%, cotado a US$ 3.349,12. 

As principais altcoins também operam em terreno positivo, com destaque para BNB (+3,8%), XRP (+4,8%), Cardano (+2,3%), Dogecoin (+3%), TRON (+1,6%), Chainlink (+1%), Avalanche (+1,8%), Polkadot (+4,5%), e Shiba Inu (+5,5%). Solana (+0,4%) e Polygon (-0,3%) são negociadas com estabilidade.

Bitcoin hoje           

A forte demanda de investidores por fundos de índice (ETFs) de Bitcoin à vista nos EUA sinaliza maior confiança no mercado de criptoativos. O chamado Índice de Medo e Ganância atingiu a marca de 82 (no território de “ganância extrema”) nesta quarta-feira (28), o maior nível em mais de um ano.

Os nove ETFs de BTC recém-aprovados nos EUA agora possuem mais de 300 mil bitcoins – cerca de US$ 17 bilhões em ativos – sob gestão, mostram dados da K33 Research compartilhados pelo Decrypt.

O valor não inclui as participações da gestora Grayscale, que converteu seu Bitcoin Trust (GBTC), lançado em 2013, em um ETF spot depois de aprovado pela SEC, a CVM americana.

Publicidade

E, pelo segundo dia consecutivo, a BlackRock, maior gestora de recursos do mundo, voltou a registrar US$ 1,3 bilhão em negociações de seu ETF IBIT. Na terça-feira, a empresa já havia negociado esse volume.

Com os 300 mil bitcoins dos ETFs spot, a Coinbase se destaca como a principal exchange responsável pela custódia dos ativos.

Para desafiar a rival, a corretora cripto americana Kraken decidiu lançar uma marca institucional.

“A aprovação e o subsequente lançamento dos ETFs de Bitcoin apenas ressaltaram a necessidade de uma gama mais ampla de soluções de custódia”, disse ao The Block o diretor institucional da Kraken, Tim Ogilvie.

“O próximo lançamento da Kraken Custody é oportuno para superar o risco potencial de concentração com custódia multipartidária, diversificando o risco do ecossistema depender de um único custodiante”, acrescentou.

Publicidade

Segregação patrimonial no Brasil

A Câmara dos Deputados aprovou na terça-feira (27) o regime de urgência para um projeto de lei que obrigaria a segregação de ativos entre corretoras e investidores.

 O PL 4.932 foi proposto pela CPI das Pirâmides Financeiras, presidida pelo autor do requerimento, deputado Aureo Ribeiro (Solidariedade/RJ),  e cria regras para empresas que prestam serviços com ativos virtuais, impõe a segregação patrimonial para plataformas cripto e proíbe a oferta de derivativos sem a autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O PL também torna obrigatória a transferência de recursos entre usuários e prestadores de serviços por meio de contas de depósito ou de pagamento individualizadas.

Na época da criação do PL, a CPI justificou o projeto descrevendo situações envolvendo corretoras de criptomoedas que despertam “graves preocupações” no que se refere ao uso irregular de ativos, bem como a prática de lavagem de dinheiro ou remessa ilegal de recursos para o exterior.

Fundador da FTX pede redução da pena

O uso indevido de recursos de clientes pela FTX foi justamente apontado como um dos motivos para o colapso do império cripto de Sam Bankman-Fried (SBF).

Publicidade

Agora, o ex-CEO da FTX, considerado culpado de sete crimes, pode pegar até 100 anos de prisão. Mas, na terça-feira (27), advogados de Bankman-Fried defenderam uma pena de cinco a seis anos, alegando problemas de saúde de SBF, como autismo, segundo o Wall Street Journal.

Em memorando de quase 100 páginas, os advogados de Bankman-Fried o descreveram como alguém que dedicou a vida à filantropia e a viver de forma modesta, embora o ex-executivo morasse em uma luxuosa cobertura nas Bahamas.

A sentença de SBF será anunciada em 28 de março.

Outros destaques das criptomoedas

Ilya Lichtenstein, que arquitetou o hack de US$ 3,6 bilhões em bitcoins da Bitfinex em 2016, agora ajuda promotores federais dos EUA no processo contra o Bitcoin Fog, um dos serviços de mixagem de criptomoedas usados por ele para ocultar ativos, segundo a Bloomberg News. Na terça-feira (27), Lichtenstein disse a um júri em Washington que o Bitcoin Fog não era tão bom quanto alguns dos outros mixers que ele usava.

Lichtenstein se declarou culpado pelo crime de lavagem de dinheiro no ano passado juntamente com sua esposa e comparsa, Heather “Razzlekhan” Morgan. No caso do Bitcoin Fog, Roman Sterlingov, um cidadão russo-sueco, foi apontado como o operador do serviço de mixagem que teria recebido dezenas de milhões de dólares de mercados na darknet.

A senadora Elizabeth Warren, do Partido Democrata, voltou a criticar a indústria cripto, dizendo que o setor reluta em seguir regras do sistema financeiro nos EUA. “Eu quero colaborar com a indústria, o que não entendo é por que a indústria parece estar dizendo que a única maneira de sobreviver é se houver muito espaço para traficantes de drogas e de seres humanos, ah, e os terroristas, e o golpista de ransomware e os golpistas de consumidores…”, afirmou Warren em entrevista à Bloomberg Television.

Romain Carrere, CEO do Aura Blockchain Consortium – grupo fundado pelas principais marcas de luxo com foco em uma abordagem unificada para a tecnologia blockchain – diz que a indústria cripto tende a ganhar cada vez mais espaço no segmento. “Os clientes de web3 [de marcas de luxo] estão crescendo muito rapidamente – é exponencial”, disse Carrere ao Decrypt no Grand Palais Éphémère na NFT Paris no último fim de semana. “É por isso que estamos aumentando nossas funcionalidades e utilitários na web3 – porque estamos vendo mais envolvimento do cliente.”

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Robinhood planeja lançar contratos futuros de criptomoedas, diz Bloomberg

Robinhood planeja lançar contratos futuros de criptomoedas, diz Bloomberg

Produtos seriam lançados para mercado dos Estados Unidos e Europa em 2025 por meio das licenças da Bitstamp, comprada em junho
Imagem da matéria: Bittensor paralisa blockchain após suposto vazamento de chaves privadas de carteiras

Bittensor paralisa blockchain após suposto vazamento de chaves privadas de carteiras

US$ 8 milhões em tokens TAO já foram desviados por hackers
Ilustração de vários hamsters lado a lado vestidos de paletó e gravata

“Hamster Kombat é o serviço digital de crescimento mais rápido do mundo”, diz CEO do Telegram

Pavel Durov afirmou também que o jogo de criptomoedas atingiu 239 milhões de usuários mesmo sem uma data específica para o lançamento do token
Imagem da matéria: Ethereum sobe 2,3% e faz traders que apostavam na queda serem liquidados em US$ 20 mi

Ethereum sobe 2,3% e faz traders que apostavam na queda serem liquidados em US$ 20 mi

Um total de US$ 20 milhões em contratos de venda e US$ 1,9 mi em contratos de compra de Ethereum foram liquidados nas últimas 24 horas