Evento do Portal do Bitcoin trará deputado responsável pela CPI das criptomoedas
O deputado Aureo Ribeiro (SD-RJ), (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)

Presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Pirâmides Financeiras, o deputado Aureo Ribeiro (Solidariedade-RJ) acredita que os Projetos de Lei sobre o mercado de criptomoedas propostos ao término dos trabalhos da comissão podem ser aprovados no Congresso ainda este ano.

Em entrevista ao jornal Valor Econômico, o parlamentar disse que já está conversando com presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), para acelerar a análise dos textos ainda este ano, apesar de restar pouco mais de um mês de trabalho no Congresso. “Os três PLs que tratam de cripto podem ser aprovados ainda este ano, enquanto o de milhas ficaria para 2024”, disse Ribeiro, que também confirmou a informação ao Portal do Bitcoin.

Publicidade

Encerrada há cerca de um mês, a CPI das Pirâmides pediu o indiciamento de 45 pessoas e ainda propôs quatro PLs, sendo três sobre o mercado cripto e um que trata de programas de milhagem.

Leia também: Entenda os três projetos de lei para o mercado cripto propostos pela CPI das Pirâmides

Nos projetos envolvendo o setor cripto as propostas são: aumentar a pena para o crime de pirâmide financeira; alterar o Marco Legal das Criptomoedas para criar novas regras para empresas atuarem no setor cripto e impor segregação patrimonial; e uma lei específica para quem divulga golpes envolvendo ativos virtuais e regras para “influenciadores”.

No segundo item, o projeto também fala em proibição da oferta de derivativos sem autorização da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), além de impor a segregação patrimonial, tema que chegou a ser debatido, mas acabou ficando de fora do Marco Legal das Criptomoedas após algumas exchanges e empresas não gostarem da proposta.

Ribeiro disse que agora o tema tem mais consenso e que deputados e senadores defendem a necessidade das corretoras segregarem o patrimônio dos clientes. “Está pacificado, porque tivemos a possibilidade de aprofundar as discussões. O banco tem um Fundo Garantidor. Temos que trazer a mesma segurança para os clientes que transacionam com ativos digitais”, disse o deputado ao jornal.

Leia também: “CPI foi o começo de um novo caminho para a criptoeconomia no Brasil”, diz Aureo Ribeiro

VOCÊ PODE GOSTAR
Imagem da matéria: Brasileiros importam R$ 8,9 bilhões em criptomoedas em abril apesar da queda do Bitcoin

Brasileiros importam R$ 8,9 bilhões em criptomoedas em abril apesar da queda do Bitcoin

Volume importado de criptomoedas mais que dobrou em abril em comparação com o mesmo período de 2023
Pessoa inserindo chip no celular

Justiça manda TIM pagar R$ 21 mil a cliente que teve celular clonado e perda de criptomoedas

A partir da clonagem do celular, os invasores tiveram acesso ao email e posteriormente a uma carteira cripto na Binance
Antônio Neto Ais e Fabrícia Campos, casal que lidera a Braiscompany (Foto: Reprodução/Instagram)

MPF faz nova denúncia contra donos da Braiscompany e doleiro por lavagem de dinheiro

Antônio Neto e Fabrícia Farias realizaram operações financeiras de grande porte com características de lavagem de dinheiro em pleno colapso da pirâmide
Imagem da matéria: Câmara dos EUA aprova projeto de lei para frear criação de CBDC

Câmara dos EUA aprova projeto de lei para frear criação de CBDC

O apoio à legislação ficou bastante dividido entre os partidos, com muito menos apoio dos democratas em comparação com outros projetos de lei envolvendo criptomoedas neste mês