Imagem da matéria: Manhã Cripto: Bitcoin (BTC) ganha força acima de US$ 34,5 mil; Gemini processa Genesis em US$ 1,6 bilhão 
Foto: Shutterstock

As maiores criptomoedas são negociadas no azul nesta segunda-feira (30), em linha com a valorização das bolsas europeias e futuros dos EUA, com traders mais calmos após a ofensiva cautelosa de Israel em Gaza e já de olho na decisão de juros do banco central americano na próxima quarta-feira, 1º de novembro. 

Bitcoin avança 1% em 24 horas, para US$ 34.551,75, segundo dados do Coingecko.    

Publicidade

Em reais, o BTC também sobe 1%, negociado a R$ 174.209,08, de acordo com o Índice do Portal do Bitcoin (IPB).   

Ethereum (ETH) registra alta de 1,7%, cotado a US$ 1.818,34.  

As principais altcoins operam em território positivo nesta manhã, entre elas BNB (+0,9%), XRP (+1,3%), Solana (+8,2%), Cardano (+1,6%), Dogecoin (+0,8%), TRON (+0,4%), Toncoin (+1,5%), Chainlink (+3,5%), Polygon (+3,2%), Polkadot (+3,5%), e Shiba Inu (+0,4%).  

Bitcoin hoje 

Grandes investidores de Bitcoin, as chamadas baleias, voltaram a entrar em ação, elevando o número de transações de pelo menos US$ 100 mil para 23.400 na semana passada, o maior nível do ano, mostram dados da empresa de análise blockchain IntoTheBlock. 

Na semana passada, a maior criptomoeda ultrapassou a marca de US$ 35 mil pela primeira vez desde maio de 2022, impulsionada pela expectativa do lançamento de fundos de índice (ETF) de Bitcoin à vista no mercado americano. 

Na avaliação de analistas do Cantor Fitzgerald citada em análise da Bloomberg, esses ETFs são o catalisador de curto prazo mais importante para o preço do Bitcoin. De qualquer forma, não há consenso sobre o principal fator por trás do recente rali da criptomoeda, segundo analistas ouvidos pelo Wall Street Journal. 

Publicidade

A equipe de análise da Coinbase, por outro lado, destacou o distanciamento do preço do Bitcoin neste mês na comparação com o desempenho do mercado acionário americano, principalmente em relação às ações de tecnologia. 

E em meio à pressão de parlamentares e autoridades do governo americano para combater o suposto financiamento de atividades ilícitas com criptomoedas, o mercado ficará atento nesta semana à reunião do Federal Reserve, o banco central dos EUA, em buscas de pistas do impacto da política monetária sobre os ativos de risco. 

Para muitas pessoas, o alto preço unitário do Bitcoin e sua volatilidade são fatores negativos e que as afastam de investir na criptomoeda. 

Mas enquanto o bilionário Elon Musk pode ter perdido o bonde ao preferir comprar o Twitter em vez de investir mais em Bitcoin, o brasileiro Bruno Oliveira investe em BTC a partir do dinheiro que ganha reciclando latinhas e óleo usado. Seu sonho é conseguir um dia ter 1 BTC, disse em entrevista ao Portal do Bitcoin

Publicidade

Gemini trava nova disputa com Genesis 

A perspectiva de conversão do Grayscale Bitcoin Trust (GBTC), maior fundo de Bitcoin do mundo e administrado pela Grayscale Investments, em um ETF de BTC à vista não passou despercebida pela Gemini. 

Na sexta-feira (27), a Gemini abriu um processo contra a plataforma de crédito cripto Genesis para resgatar US$ 1,6 bilhão em ações do Grayscale Bitcoin Trust. 

A exchange cripto trava uma batalha antiga com a Genesis, controlada pelo Digital Currency Group (DCG), que também é dono da Grayscale. Gemini e Genesis eram parceiras no programa de renda passiva Earn, mas os fundos de usuários foram bloqueados depois do “crash” do mercado no ano passado. 

A ação judicial aberta no Tribunal de Falências dos EUA, Distrito Sul de Nova York, mostra que a Gemini deseja recuperar o controle das ações do GBTC para reembolsar os clientes de seu programa Earn, informou o Decrypt

Participação de mercado da Binance 

De acordo com dados do The Block, a média móvel de sete dias dos volumes à vista nas maiores exchanges de criptomoedas superou US$ 24 bilhões em 26 de outubro, o maior patamar desde o fim de março. 

Publicidade

Mas a Binance, maior corretora cripto do mundo, não tem conseguido se beneficiar dessa recuperação. Sua participação de mercado entre exchanges que não oferecem suporte para negociações em dólares diminuiu de 74% em dezembro de 2022 para 50% este mês, aponta o The Block

Além disso, a Binance também perde espaço em outros segmentos e corre o risco de perder o posto de principal exchange de futuros de Bitcoin para a gigante CME, de acordo com o CoinDesk

Outros destaques das criptomoedas 

A exchange de criptomoedas Kraken já está pronta para compartilhar dados de dezenas de milhares de seus usuários com o Internal Revenue Service (IRS), o equivalente à Receita Federal dos EUA, em conformidade com uma ordem judicial de junho, anunciou a empresa, que também se prepara para expandir as operações no Reino Unido sob novo comando. 

O governo britânico, aliás, publicou nesta segunda (30) suas propostas finais para regular o ecossistema cripto. O plano é introduzir a regulamentação em etapas, com a legislação para stablecoins a ser implementada no início do próximo ano. 

Nos EUA, o vice-presidente de supervisão do FedMichael Barr, disse que as stablecoins precisam ser reguladas. Quando um ativo está atrelado a uma moeda emitida pelo governo e é usado como meio de pagamento e reserva de valor, ele “pega emprestada a confiança do banco central”, afirmou durante conferência na sexta-feira (27) em Washington. 

VOCÊ PODE GOSTAR
Cristiano Ronaldo veste camisa da Binance

Cristiano Ronaldo lança nova coleção de NFTs enquanto é alvo de processo de US$ 1 bilhão com a Binance

O anúncio do jogador chega 27 dias depois de os EUA condenarem o criador da Binance, Changpeng “CZ” Zhao, a 4 meses de prisão
ilustração mostra logo da pepecoin PEPE subindo ao céu

Trader transforma R$ 2 mil em R$ 17 milhões graças ao triunfo da Pepecoin (PEPE)

Ao comprar a memecoin após o lançamento, o trader teve um ganho de 7.368x no investimento
Ilustração da memcoin em Solana Bonk

Como criar uma memecoin em Solana com a Pump.fun

Protocolo viralizou ao permitir a qualquer pessoa criar uma criptomoeda por cerca de R$ 15
Tigran Gambaryan, chefe de compliance da Binance, posa para foto

Executivo da Binance preso na Nigéria vai parar no hospital após desmaiar em julgamento

O executivo da Binance Tigran Gambaryan passou mal durante seu julgamento na Nigéria e precisou ser hospitalizado